Aulas vão começar “anormalmente bem”

O ano lectivo vai arrancar sem os atrasos do ano passado, dizem os directores escolares, que referem que, em ano de eleições, as colocações de professores decorrem “anormalmente bem” e que estes estarão nas escolas “a tempo e horas”.

“Os professores estão a chegar a tempo e horas às escolas. O único problema são as substituições”, disse à Lusa o vice-presidente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), Filinto Lima.

O responsável explicou que as escolas com contrato de autonomia ou consideradas Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) ainda não foram autorizadas a contratar docentes substitutos para as baixas médicas, por exemplo, através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE).

Estes casos representam uma pequena fracção do total de colocações nas escolas.

Também Manuel Pereira, presidente da Associação Nacional de Directores Escolares (ANDE) diz que o processo de colocação de professores este ano está a correr “bastante bem” e que acredita que a 21 de Setembro, último dia para o arranque do ano lectivo, a grande maioria dos professores estará nas escolas.

“Isto é a prova provada que é possível fazer melhor [do que aconteceu no ano passado] disse à Lusa este representante dos directores.

Devia ser assim todos os anos“, disse, por seu lado, Filinto Lima.

Sobre a contratação de assistentes operacionais, ainda a decorrer, depois de o Ministério da Educação e Ciência (MEC) ter autorizado contratos para mais de 2.800 funcionários, os dois representantes associativos sublinharam que o processo decorre “com a burocracia normal”, o que, acrescenta Filinto Lima, significa que está a ser “pouco célere”.

É mais simples contratar um assessor de ministro do que um funcionário que vai ganhar cerca de 500 euros”, criticou Filinto Lima.

O vice-presidente da ANDAEP disse ainda que o Governo “investiu pouco” na contratação de psicólogos para as escolas, lamentando que se esteja ainda longe do rácio de um psicólogo para cada mil alunos: “Temos um para cada 1.700 alunos”.

Com a divulgação das listas de colocação de professores através da primeira Reserva de Recrutamento (RR1), na quinta-feira passada, já foram colocados nas escolas quase 17 mil professores.

Há ainda 7.573 horários em concurso através da BCE, para as escolas TEIP e com contrato de autonomia, aos quais os professores contratados podem candidatar-se desde o início de Setembro, cabendo aos directores colocar os docentes de acordo com as listas ordenadas de candidatos enviadas pela tutela.

A BCE foi responsável no ano lectivo passado por um dos maiores atrasos registados na colocação de professores, havendo ainda docentes por colocar e alunos sem aulas a algumas disciplinas no final do primeiro período escolar.

O ministro da Educação, Nuno Crato, assumiu no parlamento, em Setembro de 2014, que o processo de colocações de professores nas escolas pela modelo inicial da BCE tinha erros matemáticos na fórmula de cálculo das listas ordenadas, pelos quais pediu desculpa a pais, alunos, deputados e ao país.

O modelo foi revisto ainda nesse ano, com as colocações a passarem dos serviços do MEC directamente para os directores das escolas, com o objectivo de acelerar a chegada de professores aos estabelecimentos.

Este ano a tutela iniciou os procedimentos relativos à BCE mais cedo, alterou critérios de selecção de professores, simplificando-os e reduzindo-os a pouco mais de uma dezena, e permitiu às escolas iniciar a contratação e os contactos com os docentes logo no início de Setembro, duas semanas antes do que aconteceu em 201-2015.

A ano lectivo arranca este ano entre 15 e 21 de Setembro.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “É mais simples contratar um assessor de ministro do que um funcionário que vai ganhar 500 euros”.

    Lógico ! Um funcionário tem que saber ler e escrever !

  2. Comecam a tempo e horas??? Ainda nao repararam que por causa da eleicoeis o calendario escolar comeca escadalosamente dia 21 de Setembro???. O Ministerio alterou o calendario escolar para aumentar a probabilidade de ter os professores colocados. Deve ser o unico pais do mundo que o calendario escolar pode ser alterado com base no calendario eleitoral!
    Os meus filhos estao em casa ha’ 3 meses e quinze dias!!!

Ryanair despede 432 trabalhadores em Espanha

A companhia aérea irlandesa Ryanair confirmou esta quarta-feira a sua intenção de despedir em Espanha 432 trabalhadores das suas bases de Girona e Canárias, 327 tripulantes de cabine e 105 pilotos, informou o sindicato USO. Num …

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …

Lista candidata à Ordem dos Enfermeiros excluída por ter poucos homens

Uma das listas candidatas às eleições para a Ordem dos Enfermeiros foi excluída por ter poucos homens. A comissão eleitoral nomeada explica que a lista não respeita a lei da paridade, aprovada pela Assembleia da …

“É a desilusão”. PSD queria novos ministros na Saúde, Educação e Justiça

  O PSD defendeu esta quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Dobradinha poderá render 1,6 milhões de euros a Bruno Lage

Caso consiga alcançar a dobradinha, isto é, vencer o campeonato e a Taça de Portugal, o treinador do Benfica, Bruno Lage, receberá em prémios cerca de 1,6 milhões de euros brutos, avança a imprensa desportiva. A …

Lisboa aumenta seis vezes IMI de prédios devolutos nos centros

A Câmara de Lisboa vai aumentar, em 2020, seis vezes a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios devolutos nas zonas de maior pressão urbanística, anunciou esta quarta-feira o vereador das Finanças, …