Aulas de condução aos 17, menos tempo e mais baratas. Mudanças em França são bem vistas em Portugal

Em França, há novas regras que entram em vigor a partir desta segunda-feira para quem quer tirar a carta de condução em França. As mudanças são bem vistas em Portugal.

De acordo com a entrevista de Christophe Castaner, Ministro do Interior, ao jornal francês Le Parisien, e citada pelo Expresso, os jovens que escolhem a modalidade da aprendizagem da condução com acompanhamento de um tutor, por exemplo, já podem fazer o exame de condução aos 17 anos, quando antes tinham de esperar pelos 17 anos e meio.

Em 2018, 285 mil jovens escolheram esse formato, que garantiu uma taxa de sucesso de 74,5%, muito longe da média do estilo tradicional de ensino da condução (57,7%).

Mas este ponto suscitou algumas críticas, nomeadamente da Associação da Prevenção Rodoviária. “Ao fazerem o exame de condução aos 17 anos, não podem conduzir durante um ano. Se não continuarem a praticar, o que apenas podem fazer com os pais, correm o risco de perder os reflexos adquiridos durante a aprendizagem”, explicou ao Le Monde Anne Lavaud.

O recurso ao simulador passará de cinco para dez horas, algo que sai mais barato ao instruendo e que retira a pressão inicial aos novos condutores. O Governo francês indicou ainda que pretende baixar em 30% os custos para a conclusão da licença de condução, assim como a intenção reduzir o tempo de espera para a marcação de exames, que atualmente poderão ir até aos 60 dias.

Quanto ao ensino em veículos com caixa automática, é mais fácil, acessível e mais barato. Patrice Bessone, do Conselho Nacional da Indústria Automóvel, aplaudiu: “Nos próximos cinco anos, teremos apenas caixas automáticas. Isso é uma coisa boa, estamos a colocar-nos no perfil da transição ecológica e dos futuros veículos”.

Em Portugal, um instruendo pode inscrever-se na escola de condução aos 17 anos e meio. A partir daí, terá de concluir 28 horas de Código da Estrada e 32 horas de prática na estrada. Em média, um aluno conclui a formação em seis semanas. Se o candidato terminar a formação antes dos 18 anos de idade, terá de esperar pela maioridade para conduzir nas estradas portuguesas.

Cá também é possível investir na aprendizagem da condução com acompanhamento por tutor na categoria de ligeiros. Para tal, o tutor tem de estar habilitado a conduzir há pelo menos 10 anos e não ter sido condenado por crime rodoviário ou com contraordenação grave ou muito grave nos cinco anos anteriores.

O tutor terá, tal como o instruendo, de frequentar o módulo de segurança rodoviária com aproveitamento. Nesta modalidade, o futuro condutor licenciado não está autorizado a transportar passageiros e a circular em autoestradas ou vias equiparadas.

Nesta modalidade, o tutor ficará com toda e qualquer responsabilidade e eventual infração do instruendo, que terá obrigatoriamente de cumprir 32 horas de condução e 500 quilómetros na estrada. O automóvel usado para a aprendizagem da condução com acompanhamento por tutor terá de estar identificado com um dístico colocado no interior da viatura.

Jovens não podem conduzir à noite no primeiro ano

No Reino Unido é possível conduzir com apenas 17 anos, sem qualquer limitação, algo que, segundo o ministro do Interior francês, comporta um risco de acidente mortal 3,5 vezes maior em relação aos condutores de 18 anos.

O Ministério para os Transportes inglês está a considerar proibir os jovens que acabam de tirar a carta de conduzirem à noite. Um quinto dos recém-encartados em Inglaterra está envolvido num acidente no primeiro ano de carta.

O ministério está a ponderar criar um sistema gradual, em que o debutante nas estradas britânicas terá que ganhar valências e cumprir requisitos para poder estar apto a conduzir sem limitações. O novo sistema prevê ainda proibir que esses encartados não conduzam com passageiros abaixo de uma certa idade. Não é claro durante quanto tempo ficariam limitados.

Este tipo de sistema já funciona em Nova Iorque e Califórnia, nos EUA, Ontario e Columbia Britânica, no Canadá, e em Victoria e New South Wales, na Austrália

Os recém-encartados no Reino Unido não podem somar seis penalizações (pontos na carta) nos primeiros dois anos. Em Portugal, o período probatório é três anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Queda de avião ligeiro causa três mortos no Brasil

Um avião ligeiro caiu hoje na cidade brasileira de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, deixando três mortos e três pessoas feridas, segundo informações do corpo de bombeiros divulgadas pela imprensa local. O acidente aconteceu em …

Austrália pressionada a restituir 5000 milhões de dólares a Timor-Leste

A Austrália deve devolver cinco mil milhões de dólares (4470 mil milhões de euros) a Timor-Leste, defenderam entidades que foram depor num inquérito no Parlamento australiano, responsável por examinar a conduta do país durante as …

Joacine deverá ter tolerância devido a gaguez

Uma fonte parlamentar disse ao Expresso que Joacina Katar Moreira, deputada eleita pelo Livre, deverá ter "flexibilidade" pela mesa da Assembleia da República durante o seu discurso. A entrada de novos partidos para no Parlamento traz …

"Gostaram da geringonça." Manuel Alegre diz que eleitores de esquerda estão "desiludidos"

Em entrevista à Rádio Renascença, Manuel Alegre disse que quem votou à esquerda pode sentir-se desiludido por não haver uma nova geringonça. Manuel Alegre considera que, para existir um novo acordo entre os partidos de esquerda, …

Em Portugal, há 153 idosos para cada 100 jovens

O retrato estatístico da Pordata revela que há em Portugal 153 idosos por cada 100 jovens, o que equivale ao terceiro maior rácio da União Europeia. São 10,2 milhões, mais velhos que novos, num país em …

Estamos a viver um "apartheid climático" (e quem tem menos dinheiro vai sofrer ainda mais)

O mundo está a viver um "apartheid climático" e no futuro, serão os mais pobres os que mais vão sofrer as consequências das alterações climáticas. O alerta é do cientista Alexandre Quintanilha. "Estamos a viver um …

Catalunha. Manifestações provocam 199 detidos e 289 polícias feridos numa semana

Quase 200 pessoas foram detidas e 289 agentes da polícia ficaram feridos desde a passada segunda-feira nos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, segundo fontes policiais. Desde a passada segunda-feira, …

Quase metade do rendimento das famílias na Grande Lisboa é para pagar renda

A prestação derivada da compra de uma casa na Área Metropolitana de Lisboa (AML) representa uma taxa de esforço de 28% para as famílias. Contudo, arrendar é ainda mais dispendioso, com as rendas a representarem …

Portugal conquista ouro no basquetebol nos INAS Global Games

Portugal conquistou hoje quatro medalhas no último dia dos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, através da seleção de basquetebol (ouro) e do ciclista Carlos Carvalho (três medalhas de prata). A equipa …

Benfica e FC Porto doam receitas ao Cova da Piedade e Coimbrões

O Benfica e o FC Porto decidiram entregar a sua receita, correspondente à bilheteira e à transmissão televisiva, aos seus adversários da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Na semana passada, jogou-se a terceira eliminatória da Taça …