Aulas de condução aos 17, menos tempo e mais baratas. Mudanças em França são bem vistas em Portugal

Em França, há novas regras que entram em vigor a partir desta segunda-feira para quem quer tirar a carta de condução em França. As mudanças são bem vistas em Portugal.

De acordo com a entrevista de Christophe Castaner, Ministro do Interior, ao jornal francês Le Parisien, e citada pelo Expresso, os jovens que escolhem a modalidade da aprendizagem da condução com acompanhamento de um tutor, por exemplo, já podem fazer o exame de condução aos 17 anos, quando antes tinham de esperar pelos 17 anos e meio.

Em 2018, 285 mil jovens escolheram esse formato, que garantiu uma taxa de sucesso de 74,5%, muito longe da média do estilo tradicional de ensino da condução (57,7%).

Mas este ponto suscitou algumas críticas, nomeadamente da Associação da Prevenção Rodoviária. “Ao fazerem o exame de condução aos 17 anos, não podem conduzir durante um ano. Se não continuarem a praticar, o que apenas podem fazer com os pais, correm o risco de perder os reflexos adquiridos durante a aprendizagem”, explicou ao Le Monde Anne Lavaud.

O recurso ao simulador passará de cinco para dez horas, algo que sai mais barato ao instruendo e que retira a pressão inicial aos novos condutores. O Governo francês indicou ainda que pretende baixar em 30% os custos para a conclusão da licença de condução, assim como a intenção reduzir o tempo de espera para a marcação de exames, que atualmente poderão ir até aos 60 dias.

Quanto ao ensino em veículos com caixa automática, é mais fácil, acessível e mais barato. Patrice Bessone, do Conselho Nacional da Indústria Automóvel, aplaudiu: “Nos próximos cinco anos, teremos apenas caixas automáticas. Isso é uma coisa boa, estamos a colocar-nos no perfil da transição ecológica e dos futuros veículos”.

Em Portugal, um instruendo pode inscrever-se na escola de condução aos 17 anos e meio. A partir daí, terá de concluir 28 horas de Código da Estrada e 32 horas de prática na estrada. Em média, um aluno conclui a formação em seis semanas. Se o candidato terminar a formação antes dos 18 anos de idade, terá de esperar pela maioridade para conduzir nas estradas portuguesas.

Cá também é possível investir na aprendizagem da condução com acompanhamento por tutor na categoria de ligeiros. Para tal, o tutor tem de estar habilitado a conduzir há pelo menos 10 anos e não ter sido condenado por crime rodoviário ou com contraordenação grave ou muito grave nos cinco anos anteriores.

O tutor terá, tal como o instruendo, de frequentar o módulo de segurança rodoviária com aproveitamento. Nesta modalidade, o futuro condutor licenciado não está autorizado a transportar passageiros e a circular em autoestradas ou vias equiparadas.

Nesta modalidade, o tutor ficará com toda e qualquer responsabilidade e eventual infração do instruendo, que terá obrigatoriamente de cumprir 32 horas de condução e 500 quilómetros na estrada. O automóvel usado para a aprendizagem da condução com acompanhamento por tutor terá de estar identificado com um dístico colocado no interior da viatura.

Jovens não podem conduzir à noite no primeiro ano

No Reino Unido é possível conduzir com apenas 17 anos, sem qualquer limitação, algo que, segundo o ministro do Interior francês, comporta um risco de acidente mortal 3,5 vezes maior em relação aos condutores de 18 anos.

O Ministério para os Transportes inglês está a considerar proibir os jovens que acabam de tirar a carta de conduzirem à noite. Um quinto dos recém-encartados em Inglaterra está envolvido num acidente no primeiro ano de carta.

O ministério está a ponderar criar um sistema gradual, em que o debutante nas estradas britânicas terá que ganhar valências e cumprir requisitos para poder estar apto a conduzir sem limitações. O novo sistema prevê ainda proibir que esses encartados não conduzam com passageiros abaixo de uma certa idade. Não é claro durante quanto tempo ficariam limitados.

Este tipo de sistema já funciona em Nova Iorque e Califórnia, nos EUA, Ontario e Columbia Britânica, no Canadá, e em Victoria e New South Wales, na Austrália

Os recém-encartados no Reino Unido não podem somar seis penalizações (pontos na carta) nos primeiros dois anos. Em Portugal, o período probatório é três anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …

Encontro secreto de bispos críticos do Papa Francisco em resort de luxo em Sintra

Uma centena de bispos de todo o mundo reuniu-se em Sintra, no resort de luxo Penha Longa, num encontro envolvido em secretismo que não contou com intervenientes portugueses. As razões ou o que se discutiu …

Quim Torra perde mandato de deputado. Catalunha arrisca ficar sem Governo

O presidente independentista da Catalunha perdeu o seu mandato como deputado regional, esta segunda-feira, o que levanta dúvidas sobre a sua continuação à frente do Governo regional. Quim Torra, do partido Juntos pela Catalunha de Carles …