Atriz confessou que recrutava mulheres para rede de tráfico sexual. Pode ficar 20 anos presa

Allison Mack, a Chloe Sullivan da série Smallville, confessou, perante o tribunal federal de Brooklyn, Estados Unidos, esta segunda-feira, que recrutava mulheres para um grupo de tráfico sexual.

A atriz, acusada de conspiração de trabalho forçado e de tráfico sexual, teria ligações ao grupo de culto NXIVM, liderado por Keith Rainere – preso desde 27 de março de 2018. Mack seria um dos principais membros da seita e a sua principal função era recrutar mulheres com o argumento de se juntarem a um grupo feminista, admitiu num comunicado divulgado pelo seu representante legal, citado pela BBC.

“Tenho de enfrentar as responsabilidades pela minha conduta“, disse a arguida durante a audição. Allison Mack referiu ainda que foi instruída por Keith Rainere a recolher informações e imagens comprometedoras de mulheres com o objetivo de as obrigar a manter o silêncio sobre a organização. “Eu acreditava que a intenção de Keith Raniere era ajudar as pessoas”.

Para além da atriz, detida no ano passado pelo FBI, estão ainda a ser julgadas seis pessoas alegadamente envolvidas na rede de tráfico sexual. Mack enfrenta até 20 anos de prisão por cada acusação de que é alvo, mas a sentença só será conhecida em setembro.

Em 2015, de acordo com o Diário de Notícias, Raniere formou uma sociedade secreta dentro da organização NXIVM, chamada DOS, acrónimo em latim para “Amo das companheiras obedientes”, no qual era o único homem e o líder, enquanto Mack era “uma das mulheres no primeiro nível da pirâmide, imediatamente depois dele”.

O grupo DOS operava com as categorias de “mestres” e “escravas”, e esperava-se destas últimas que recrutassem novas mulheres, que ficariam na base da pirâmide e das quais se poderiam aproveitar quem estivesse num nível superior.

Mack e os outros “mestres” recrutariam “escravas” dizendo-lhes que se estavam a juntar a uma organização de luta feminista. Para além disso, como condição prévia para juntar-se à seita as mulheres precisavam de entregar determinadas garantias de compromisso, entras as quais informação “altamente prejudicial” sobre amigos e familiares, fotografias de nus e direitos sobre pertences seus.

De acordo com a procuradoria de Nova York, a empresa promovia “workshops” de autoajuda para famosos. Uma vez a frequentar estas aulas, os membros eram obrigados a frequentar aulas adicionais a um preço cada vez mais elevado e a trazer outras pessoas para a organização.

Raniere foi preso a 27 de março no México, para onde fugiu no ano passado depois de o jornal The New York Times revelar histórias de mulheres que tinham conseguido abandonar a seita, que se estima ter angariado cerca de 16 mil pessoas. A história do culto sexual vai agora ser contada numa série documental.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …