AstraZeneca atrasa entrega de metade das vacinas na UE

Fred Tanneau / AFP

A farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca vai atrasar a entrega de metade das vacinas contra a covid-19 programadas para esta semana na União Europeia (UE), anunciou esta sexta-feira um porta-voz do grupo.

“Comunicámos à Comissão Europeia [CE] e aos Estados-membros na semana passada que um dos dois lotes [de vacina] para entrega nesta semana precisa ainda de ser testado e que será entregue em breve”, disse o porta-voz citado pela agência francesa France-Presse.

A vacina da AstraZeneca tem estado no centro de uma polémica, depois de ter sido conhecido um parecer da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que concluiu existir uma “possível relação” entre a administração do fármaco e a formação de “casos muito raros” de coágulos sanguíneos, mas que insistiu nos benefícios do fármaco.

“A AstraZeneca continua no bom caminho para cumprir os seus planos de entrega para o segundo trimestre”, disse o porta-voz num comunicado enviado por e-mail à AFP.

Na declaração, o porta-voz da farmacêutica anglo-sueca acrescenta que as entregas semanais implicam, “geralmente, pequenas oscilações”, dependendo de “uma série de fatores operacionais”, como a “distribuição ou uma boa definição nos testes de segurança e de qualidade”.

Segundo o Financial Times, que cita documentos oficiais, o grupo farmacêutico tem agora previsto entregar 1,3 milhões de doses aos 27 Estados membros da UE, mais Islândia e Noruega, contra 2,6 milhões que estavam planeados para esta semana, “um decréscimo distribuído de forma justa de acordo com os países”.

Os atrasos na entrega têm sido um problema recorrente, bem como criado atritos entre a UE e a empresa farmacêutica e o Reino Unido.

Também esta sexta-feira, a EMA anunciou que vai examinar uma possível ligação entre a vacina anti-covid da Johnson & Johnson e casos de coágulos sanguíneos, e expandir a investigação à AstraZeneca, já implicada para os mesmos sintomas.

Quarta-feira, a EMA já reconhecera que os coágulos sanguíneos deveriam ser listados como um efeito colateral “muito raro, mas grave” da vacina AstraZeneca, principalmente em indivíduos jovens.

A desconfiança em relação à vacina AstraZeneca tem levado muitos países a estabelecer limites de idade para o seu uso, ou mesmo a suspendê-lo.

Por exemplo, está reservada para maiores de 30 anos no Reino Unido, onde tem sido amplamente administrada, para maiores de 65 na Suécia e maiores de 60 em Portugal, Alemanha, Países Baixos e Filipinas.

A Alemanha está já a considerar comprar a polémica vacina russa, Sputnik V, caso o regulador europeu aprove a sua administração.

Ainda esta sexta-feira, antes do anúncio da EMA, as autoridades de saúde francesas indicaram que as 533 000 pessoas com menos de 55 anos já vacinadas com uma primeira dose de AstraZeneca receberiam uma vacina diferente para a segunda dose.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais oito mortes e 930 novos casos de covid-19. Incidência sobe

Portugal registou, esta sexta-feira, mais oito mortes e 930 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 930 novos …

A ministra da Cultura, Graça Fonseca.

De "propaganda" a "manipulação populista". Tweets polémicos do Ministério da Cultura causam alvoroço nas redes sociais

O Ministério da Cultura, tutelado por Graça Fonseca, usou a conta oficial no Twitter para enaltecer os investimentos do Governo PS no setor, e foi mais longe, comparando-os aos do Governo PSD/CDS. Na terça-feira, foram publicados …

Parlamento aprova novo decreto sobre inseminação post mortem após veto de Marcelo

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um novo decreto sobre a inseminação post mortem, com propostas de alteração do PS, BE, PCP, PAN e PEV para responder às dúvidas levantadas pelo Presidente da República no veto …

PJ faz buscas na provedoria da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) efetuou, na manhã desta sexta-feira, buscas na provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa para "recuperação de documentação", no decurso de uma investigação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção. Fonte …

Combate à corrupção e ao branqueamento recebe apenas "migalha" da bazuca

Dos 266,9 milhões de euros do PRR que serão investidos pelo Governo na área da Justiça, apenas 0,37% é destinado à PGR e ao DCIAP. O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê um investimento de …

Auditoria às sondagens das autárquicas. Não houve erro, mas "mecanismos" que mudaram opiniões

A auditoria interna realizada pela Intercampus às sondagens pré-eleitorais das últimas eleições autárquicas, que foram muito criticadas, não detetou erros. Assim, o que pode explicar as divergências são "mecanismos" que fazem mudar a opinião das …

Partidos alertam que demora no leilão do 5G está a atrasar a rede de alta velocidade em Portugal

O leilão para a quinta geração de comunicações móveis (5G) dura há quase 200 dias e está a atrasar a implementação da rede de alta velocidade em Portugal. Neste sentido, os partidos, tanto à esquerda como …

Rainha Isabel II está "bem-disposta" depois de passar noite no hospital e já voltou a Windsor

A visita ao hospital de Isabel II foi preventiva e nada teve a ver com a covid-19, confirmou a família real. A monarca vai continuar a descansar nos próximos dias. Depois de ter passado uma noite …

Caso Gabby Petito. Restos mortais encontrados pertencem ao namorado da jovem

As autoridades norte-americanas confirmaram que os restos mortais encontrados na quarta-feira são de Brian Laundrie. Identificação foi feita através de registos dentários. “No dia 21 de outubro de 2021, uma comparação de registos dentários confirmou que …

Rui Rio, líder do Partido Social Democrata (PSD)

Rui Rio apresenta hoje recandidatura à liderança no Porto

Depois de semanas a manter o tabu sobre a sua recandidatura, Rio decidiu mesmo avançar contra Paulo Rangel. O eurodeputado já saudou a decisão. O presidente do PSD, Rui Rio, apresenta hoje publicamente a sua recandidatura …