Associações contra violência doméstica apelam a boicote a “50 Sombras de Grey”

dr Entertainment Weekly

Jamie Dornan e Dakota Johnson como Christian Grey e Anastasia Steele na "Entertainment Weekly"

Jamie Dornan e Dakota Johnson como Christian Grey e Anastasia Steele na “Entertainment Weekly”

Associações que lutam contra a violência doméstica sobre as mulheres estão a apelar ao boicote ao filme “50 Sombras de Grey”. A obra, que aborda aquilo que alguns definem como um sado-masoquismo “light”, já foi proibida, nalguns países, por ser considerada pornográfico.

A poucos dias da estreia do filme, agendada para o Dia dos Namorados, a campanha #50dollarsnot50shades (“50 dólares, não 50 sombras”) apela ao boicote ao filme, solicitando às pessoas para trocarem o preço do bilhete para ir ver o filme por um donativo para as associações e abrigos que ajudam mulheres vítimas de violência.

Estas activistas alegam que a protagonista do filme, Anastasia Steele, interpretada pela actriz Dakota Johnson, não é mais do que uma “vítima de abuso“.

“O dinheiro que gastaria em bilhetes de cinema, ou numa babysitter e em bilhetes de cinema, em pipocas e bebidas, servirá para apoiar vítimas de relações abusivas como a que é glamorizada nas séries “50 Shades”. Hollywood não precisa do seu dinheiro; as mulheres agredidas precisam“, eis o que se pode ler na página do Facebook desta campanha que já tem quase seis mil “Gosto”.

Realizado por Sam Taylor-Johnson, “50 Sombras de Grey” baseia-se no livro com o mesmo nome, escrito por E.L. James, e promete ser um verdadeiro sucesso de bilheteira. A ajudar esse dado estará, certamente, o tom proibido das temáticas abordadas, que já levou à censura do filme em países mais conservadores, como a Malásia, onde a sua exibição está impedida por o seu conteúdo ser considerado “sádico” e pornográfico.

A estreia está prevista para o próximo dia 14 de Fevereiro, nos EUA, e as perspectivas são de lucros da ordem dos 60 milhões de dólares só nesse fim-de-semana.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por um lado são feitas campanha contra a violencia domestica e violencia no namoro e depois é feita uma campanha super agressiva a favor do filme 50 sombras de Grey, nomeadamente nos telejornais etc. Como é?
    Qual o objectivo de fazer propaganda de um filme / livro que pretende transformar a mulher numa coisa a ser usada e agredida com o objectivo de dar prazer sádico ? Dinheiro?
    Penso que é mais que isso. Transformar o ser humano numa coisa descartavel para ser usado e deitado fora é muito conveniente nesta sociedade cujo Deus é o dinheiro e o poder. Não interessa dar ao ser humano a dignidade a que tem direito. A propaganda deste filme é mais um passo nesse objectivo.

RESPONDER

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

"Na última noite no Porto, fui sozinho à Ponte D. Luís e vieram-me as lágrimas aos olhos"

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagem: Livre caiu para metade, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …