Associações contra violência doméstica apelam a boicote a “50 Sombras de Grey”

dr Entertainment Weekly

Jamie Dornan e Dakota Johnson como Christian Grey e Anastasia Steele na "Entertainment Weekly"

Jamie Dornan e Dakota Johnson como Christian Grey e Anastasia Steele na “Entertainment Weekly”

Associações que lutam contra a violência doméstica sobre as mulheres estão a apelar ao boicote ao filme “50 Sombras de Grey”. A obra, que aborda aquilo que alguns definem como um sado-masoquismo “light”, já foi proibida, nalguns países, por ser considerada pornográfico.

A poucos dias da estreia do filme, agendada para o Dia dos Namorados, a campanha #50dollarsnot50shades (“50 dólares, não 50 sombras”) apela ao boicote ao filme, solicitando às pessoas para trocarem o preço do bilhete para ir ver o filme por um donativo para as associações e abrigos que ajudam mulheres vítimas de violência.

Estas activistas alegam que a protagonista do filme, Anastasia Steele, interpretada pela actriz Dakota Johnson, não é mais do que uma “vítima de abuso“.

“O dinheiro que gastaria em bilhetes de cinema, ou numa babysitter e em bilhetes de cinema, em pipocas e bebidas, servirá para apoiar vítimas de relações abusivas como a que é glamorizada nas séries “50 Shades”. Hollywood não precisa do seu dinheiro; as mulheres agredidas precisam“, eis o que se pode ler na página do Facebook desta campanha que já tem quase seis mil “Gosto”.

Realizado por Sam Taylor-Johnson, “50 Sombras de Grey” baseia-se no livro com o mesmo nome, escrito por E.L. James, e promete ser um verdadeiro sucesso de bilheteira. A ajudar esse dado estará, certamente, o tom proibido das temáticas abordadas, que já levou à censura do filme em países mais conservadores, como a Malásia, onde a sua exibição está impedida por o seu conteúdo ser considerado “sádico” e pornográfico.

A estreia está prevista para o próximo dia 14 de Fevereiro, nos EUA, e as perspectivas são de lucros da ordem dos 60 milhões de dólares só nesse fim-de-semana.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por um lado são feitas campanha contra a violencia domestica e violencia no namoro e depois é feita uma campanha super agressiva a favor do filme 50 sombras de Grey, nomeadamente nos telejornais etc. Como é?
    Qual o objectivo de fazer propaganda de um filme / livro que pretende transformar a mulher numa coisa a ser usada e agredida com o objectivo de dar prazer sádico ? Dinheiro?
    Penso que é mais que isso. Transformar o ser humano numa coisa descartavel para ser usado e deitado fora é muito conveniente nesta sociedade cujo Deus é o dinheiro e o poder. Não interessa dar ao ser humano a dignidade a que tem direito. A propaganda deste filme é mais um passo nesse objectivo.

RESPONDER

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …