Assis admite segunda volta para Ana Gomes (e ataca “projeto de pequeno Mussolini”)

pseuropeias2014.pt

Francisco Assis entrou esta quinta-feira na campanha eleitoral de Ana Gomes. Perto de seis mil pessoas assistiram ao primeiro comício virtual.

No comício virtual desta quita-feira, Manuel Alegre voltou a apontar o dedo ao PS por ter “desvalorizado as eleições presidenciais” e ter deixado Ana Gomes, que “representa os valores do socialismo democrático e a liberdade”, a correr sozinha. “Afinal, onde anda o PS?”, questionou o histórico socialista.

Alegre aproveitou a intervenção para contrariar Eduardo Ferro Rodrigues, que disse que a eleição de 24 de janeiro “não é entre a esquerda e a direita”. “É sim senhora”, garantiu.

Segundo o Expresso, entre elogios à candidata, o último orador foi o mais contundente. Francisco Assis era o único dos intervenientes do comício que acompanhava Ana Gomes, em direto e ao vivo, no Coliseu do Porto.

Ninguém divergiu mais do que eu, nos últimos anos. Há momentos em que tempos de superar divergências, pequenas irritações e qualquer tipo de hesitação”, assumiu Assis.

No próximo domingo, apontou, “vamos ter várias disputas ao mesmo tempo”. A primeira é o duelo pelo lugar de Presidente da República: “A nossa ambição é passar à segunda volta”, disse, salientando que a meta permite ter um novo combate eleitoral “entre dois candidatos civilizados, que travem um combate que dignificará a nossa democracia”.

O segundo combate – e, neste, Assis convoca toda a esquerda democrática – é o de afastar o mais possível o resultado de André Ventura do obtido por Ana Gomes. “Não é um voto útil que estou a pedir”, mas sim “um voto de convicção mais profunda, que apela aos valores, às referências e à nossa Historia”.

Apelidado de “personagem proto-fascista” e “pequeno Mussollini“, ventura é, para Assis, “um perigosíssimo candidato de extrema-direita” que “não podemos ignorar”.

“Fiquei abismado com o que fui ouvindo dia após dia” ao longo da campanha eleitoral, confessou, referindo-se às declarações “racistas, xenófobas” e outras intervenções “absolutamente inaceitáveis numa sociedade democrática e civilizada” por parte do líder do Chega.

“Está a ensaiar a criação de um personagem verdadeiramente proto-fascista”, “começa a ser um projeto de um pequeno Mussolini”, “nunca tivemos em Portugal um líder de direita que convidasse Le Penn ou que fizesse as propostas indecorosas e racistas que ele faz”, atirou, citado pelo semanário.

Sublinhando que não se trata apenas das eleições à Presidência da República, o socialista garantiu que “é um combate pela afirmação de um conjunto de valores democráticos e constitucionais que estão, hoje, a ser postos em causa”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Isto de ter mandatários suspeitos de pedofilia diz muito da candidata.
    Não percebo é como o Assis e o Alegre se sujeitam a apoiar uma candidatura destas…

RESPONDER

Descoberta a mais curta explosão de raios gama já observada

A nova descoberta destaca a necessidade de uma nova classificação de explosões de raios gama, não baseada apenas na sua duração. Uma equipa de cientistas descobriu uma rara emissão de raios gama, denominada GRB 200826A, relacionada …

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …