Assassinato de casal de polícias em Paris foi ato terrorista

Larossi Abballa / Facebook

Larossi Abballa, o militante do Estado Islâmico que assassinou um casal de polícias perto de Paris

Larossi Abballa, o militante do Estado Islâmico que assassinou um casal de polícias perto de Paris

O Governo francês já confirmou que o assassinato ocorrido na noite desta segunda-feira foi claramente um ato terrorista.

O assassinato de um polícia e da sua mulher durante a noite desta segunda-feira, na cidade de Magnanville, foi “sem dúvida um ato terrorista”, afirmou o presidente francês Francois Hollande, citado pela BBC.

O homem, que esfaqueou o agente até à morte com uma arma branca e fez como reféns a esposa e o filho, teria ligações à Jihad no Paquistão e já tinha sido condenado a três anos de prisão por terrorismo.

Larossi Abballa, de 25 anos, foi abatido pelas forças de intervenção da policia francesa, horas depois de ter publicado no Facebook um vídeo em direto no qual jura fidelidade ao grupo extremista e mostra a cena do crime.

“Ainda não sei o que vou fazer com ele”, dizia o atacante sobre a criança de três anos, que conseguiu escapar ilesa.

Após o raide policial, as autoridades entraram na residência e encontraram a companheira do polícia sem vida, aparentemente morta com um tiro.

As duas contas do Facebook com ligações a Abballa foram suspensas esta terça-feira de manhã. O militante seria responsável por recrutar jovens para se juntar ao Daesh.

A Amaq, agência com ligações ao Estado Islâmico, confirmou que um dos seus soldados realizou o ataque.

“Um combatente do Estado Islâmico matou um vice-comandante da polícia da cidade de Les Mureaux, assim como a sua mulher com armas brancas perto de Paris”, escreveu.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rochas antigas de Vénus apontam para origem vulcânica

Uma equipa internacional de investigadores descobriu que alguns dos terrenos mais antigos de Vénus, conhecidos como "tesserae", têm camadas que parecem consistentes com atividade vulcânica. A descoberta pode fornecer informações sobre a enigmática história geológica …

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …