Asimo, o robô mais fofinho do mundo, diz adeus

Vamos dizer adeus ao robô mais querido do mundo. A Honda vai colocar um ponto final em Asimo, tendo já anunciado a sua intenção de descontinuar o programa muito em breve.

Asimo foi o primeiro robô com personalidade real. O robô bípede da Honda fazia piadas, dançava, subia escadas e era, até, capaz de correr. Mas tudo isso chega agora ao fim.

A diversão acabou quando a Honda deu conta da sua intenção de descontinuar o programa Asimo brevemente. A decisão da empresa assenta na ausência de desenvolvimentos relevantes, como também na possibilidade de comercialização praticamente inexistente.

O desenvolvimento do robô mais fofinho do mundo começou em meados da década de 1980, com o primeiro modelo a ser lançado no início do ano 2000. Asimo não é tão jovem assim, mas foi, sem dúvida, uma façanha da engenharia.

Antes de a Boston Dynamics começar a fabricar os seus (assustadores) robôs, Asimo foi o primeiro robô livre, capaz de andar e subir escadas de forma completamente autónoma. Tornou-se o símbolo da secção de investigação da Honda e uma figura de destaque para o avanço da robótica nas últimas décadas.

A Honda nunca colocou o simpático Asimo em produção como um produto comercialmente viável, nem era esse o seu objetivo. Além de ajudar a impulsionar a indústria global no avanço da robótica, a sua tecnologia de sensores e navegação encontrou o seu próprio caminho na frota de veículos da Honda, explica o Alphr.

Mas o fim de Asimo não é sinal de que a Honda está a afastar-se da robótica. A empresa sentiu apenas que era altura de apostar em algo novo. As tecnologias de Asimo continuarão a ser aplicadas noutras áreas, nomeadamente na condução autónoma.

Segundo o Motor24, outra área em que a tecnologia do robô poderá ser bastante útil é na da criação de dispositivos para o auxílio à locomoção de pessoas ou idosos.

Até lá, Asimo vai continuar vivo nas nossas memórias e recordaremos com carinho o tanto que este robô nos proporcionou. Momentos como o jogo de futebol com o Presidente Barack Obama, ou a sua capacidade inigualável de ser um dispositivo de marketing indispensável aos anúncios da Honda, não serão esquecidos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …