Três meses depois da morte de Khashoggi, Arábia Saudita faz remodelação profunda

statephotos / Flickr

O rei saudita Salman bin Abdulaziz Al Saud

Três meses após a morte de Jamal Khashoggi, o rei saudita Salman bin Abdulaziz Al Saud levou a cabo uma remodelação profunda no Governo do país.

O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdelaziz, anunciou esta quinta-feira uma remodelação governamental, tendo substituído, entre outros, o ministro dos Negócios Estrangeiros, três meses após a crise desencadeada com o assassínio do jornalista Jamal Khashoggi.

O novo chefe da diplomacia de Riade é Ibrahim al Asaf, que até 2016 ocupou a pasta das Finanças, e posteriormente serviu como ministro de Estado. Ibrahim al Asaf substitui Adel al Yubeir passa a ministro de Estado para os Negócios Estrangeiros, cargo equivalente ao de vice-ministro.

O novo ministro dos Negócios Estrangeiros ocupa lugares na administração da companhia petrolífera estatal Saudi Aramco e no fundo soberano do reino, entidades lideradas pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, suspeito de envolvimento na morte do jornalista Jamal Khashoggi, a 2 de outubro, no consulado saudita em Istambul.

Salman bin Abdelaziz ordenou também a reformulação dos dois conselhos supremos que supervisionam os assuntos relacionados com a economia e a segurança e são chefiados também pelo príncipe herdeiro, cujos poderes, incluindo os cargos de vice-primeiro-ministro e ministro da Defesa, permaneceram intactos.

As mudanças parecem consolidar o poder político do príncipe herdeiro, uma vez que foram nomeados vários conselheiros e membros da família real que lhe são próximos. Foram ainda substituídos os ministros da Educação e da Comunicação Social, cargos que serão ocupados respetivamente por Hamad al-Sheikh e por Turki Shabbaneh, um apresentador da televisão saudita.

O príncipe Abdullah bin Bandar, filho do príncipe Bandar al Saud, antigo embaixador em Washington, foi nomeado chefe da Guarda Nacional, cuja principal missão é garantir a segurança da família real saudita.

Outra das mudanças importantes envolve outro colaborador próximo do príncipe herdeiro, Turki al-Sheikh, que foi nomeado presidente da Autoridade Geral para o Entretenimento, organismo criado recentemente para ajudar a organizar e promover concertos e outros eventos culturais, até há pouco tempo proibidos no país.

Com esta nomeação, al-Sheikh deixa de tutelar a agência de cibersegurança e programação, que era liderada por Saud al-Qahtani, próximo do príncipe herdeiro, que foi despedido por ter ajudado a elaborar o plano que levou à morte de Khashoggi.

O jornalista saudita, crítico do regime, foi morto e desmembrado por uma equipa de agentes sauditas no consulado do país em Istambul, na Turquia. A Arábia Saudita nega que Mohammed bin Salman soubesse do plano, mas os relatórios dos serviços de inteligência norte-americanos asseguram que uma operação desta natureza não poderia ter acontecido sem o seu conhecimento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …

Caso Marega. PGR tinha brigada anti-racismo no jogo de Guimarães

A equipa do Ministério Público estava de serviço, no jogo entre V. Guimarães e FC Porto, quando o jogador maliano decidiu abandonar o campo na sequência de cânticos racistas. De acordo com o semanário Expresso, a …

Cientistas descobriram o que comiam os primeiros australianos

Uma equipa de arqueólogos e anciões aborígines encontraram sobras carbonizadas de há 65 mil anos, que estão a mostrar o que comiam as primeiras pessoas a viver na Austrália. Os investigadores e anciões aborígines locais recuperaram recentemente …