Árabes revoltados com mulher vista num estádio de futebol

Uma adepta de futebol saudita lançou a revolta nos homens do seu país. Motivo: ter estado presente num estádio de futebol.

Num vídeo publicado no YouTube, a mulher, vestida com um niqab – uma túnica e um véu a cobrir o rosto, que deixa ver apenas os olhos – aparece nas bancadas, a gesticular para o relvado, irritada com uma falta cometida sobre um jogador da sua equipa favorita, o Al Hilal.

O jogo era a semifinal da Liga dos Campeões da Ásia entre o Al Hilal, da Arábia Saudita, e o Al Ain nos Emirados Árabes. A equipa da adepta árabe perdeu o jogo por 2-1.

O vídeo já foi visto mais de 400 mil vezes no YouTube e tem mais de 1.500 comentários – a maior parte deles de homens indignados que criticam a mulher não identificada por estar num estádio repleto de homens.

“As mulheres não se interessam por futebol, então por que vão a um estádio para ver um jogo ao vivo?”, escreveu um deles.

“Esta mulher não tem um marido? O lugar dela é em casa”, diz outro.

Vários outros utilizadores, que são contra a presença de mulheres nos estádios, comentam que a atitude da saudita “incentiva o comportamento imoral e pecaminoso“.

E outros referem ainda que a atitude coloca as mulheres em risco de serem assediadas.

Críticas

Na Arábia Saudita, as mulheres não podem frequentar jogos de futebol, mas a partida em questão decorria nos Emirados Árabes Unidos. Várias mulheres sauditas estavam no estádio a apoiar a equipa da casa, o Al Hilal.

arabsaga / blogspot

A ex-atleta saudita Lina Al Maeena

A ex-atleta saudita Lina Al Maeena

Citada pela BBC, Lina Al Maeena, ex-atleta que defende o direito das mulheres praticarem desporto na Arábia Saudita, lembra que “as mulheres são assediadas todos os dias, nos shoppings, nas ruas.

“Então, não entendo por que no estádio seria diferente”, diz Maeena.

Apesar das críticas à atitude da mulher apanhada em flagrante no estádio, Lina Al Maeena acredita que começa a haver um pouco de abertura no mundo do desporto na Arábia Saudita.

“Hoje há muito mais aceitação da participação das mulheres no desporto do que havia há uma década atrás”, diz Maeena.

Segundo a imprensa saudita, o governo do país está a considerar a possibilidade de construir sectores separados no estádio para mulheres.

E um dia, as mulheres sauditas talvez até possam conduzir até ao estádio para ir ver um jogo da sua equipa favorita.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E um absurdo as mulheres não poder ver futebol no campo !!!! como diz o outro as mulheres é em casa .e por que não os dois para compartilharem as tarefas !!

RESPONDER

Relação volta a contrariar Ivo Rosa. Depoimentos de Salgado nos casos BES e Monte Branco podem ser usados na Operação Marquês

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) autorizou a utilização na Operação Marquês dos depoimentos do banqueiro e arguido Ricardo Salgado, prestados nos processos Monte Branco e Universo GES/BES, contestando a decisão de Ivo Rosa, …

Carga fiscal subiu aos 35,4% em 2018. É o valor mais alto desde 2000

A carga fiscal em Portugal subiu dos 34,3% do PIB em 2017 para os 35,4% em 2018, o valor mais elevado desde 2000, acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento …

Família da jornalista assassinada apresenta queixa-crime em França contra várias figuras maltesas

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e a família da jornalista maltesa assassinada em 2017 disseram, esta quarta-feira, que apresentaram uma queixa-crime em França por “cumplicidade em homicídio” e “corrupção” contra várias figuras maltesas implicadas …

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …