Mulheres sauditas querem conduzir

Uma mulher saudita afirma ter pegado no volante de um carro este sábado e conduzido até uma mercearia sem ser parada ou incomodada pela polícia no caminho, dando início a uma campanha contra uma proibição que impede as mulheres de conduzir veículos na ultraconservadora Arábia Saudita.

Apesar de alertas feitos pela polícia e autoridades do governo saudita, pelo menos quatro mulheres conseguiram conduzir sem ser importunadas, segundo uma das promotoras da campanha, May Al Sawyan. Embora não haja uma lei específica sobre o assunto, mulheres não têm direito à carteira de habilitação no reino do Golfo Pérsico.

Religiosos poderosos com forte influência sobre a monarquia saudita reafirmaram  a proibição, sob o argumento de que desrespeitá-la espalharia a “depravação”.

Antes do início da campanha, a polícia avisou que “usaria a força” contra qualquer um que tentasse perturbar a ordem pública. Além disso, religiosos  ultraconservadores protestaram durante a semana contra uma petição online, oct26driving.org, que foi lançada no fim de setembro e já teria atraído mais de 16 assinaturas. O site da petição foi entretanto vítima de hackers, encontrando-se ‘tomado’ à hora desta edição. [screenshot]

Os ativistas colocaram no site um vídeo de quatro minutos mostrando, alegadamente, May Al Sawyan a conduzir em Riad, capital do país. Usava óculos escuros e tinha os cabelos cobertos pelo tradicional lenço preto usado por mulheres sauditas, mas o seu rosto era visível.

Como outras mulheres que desafiam a proibição na Arábia Saudita, May Al Sawyan afirma que obteve sua licença para conduzir no estrangeiro. “Estou muito feliz e orgulhosa de não ter havido nenhuma reação contra mim”,afirmou por telefone à Associated Press. Disse ainda, no entanto, que estava preparada para o risco de ser detida e que chegou a passar por um carro de polícia, mas a uma distância segura que não permitiu que  fosse vista.

A campanha é uma rara demonstração de desafio na Arábia Saudita. O primeiro grande protesto do género ocorreu em 1995. Na ocasião, 50 mulheres foram detidas por um dia depois de conduzirem, tiveram os passaportes confiscados e perderam o emprego. Em junho de 2011, cerca de 40 mulheres pegaram no volante em várias cidades do país, numa manifestação que teve início após a prisão de uma saudita que tinha divulgado um vídeo seu a conduzir.

Mas na Arábia Saudita nem todos apoiam a proibição de conduzir para as mulheres. Hisham Fahgee, artista e ativista, defende a posição das mulheres, recorrendo à comédia com este ‘No Woman, No Drive’, paródia ao tema quase homónimo de Bob Marley.  Veja o vídeo:

 

ZAP/MA/Agência Estado/Associated Press

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Hubble capta uma galáxia que tem 12 clones no céu

O telescópio espacial Hubble captou uma galáxia que parece ter sido duplicada várias vezes, aparecendo em regiões distantes do Universo. A galáxia, apelidada de Sunburst Arc, fica a a quase 11 mil milhões de anos-luz da …

Exoplanetas, explosões de estrelas e mais de mil objetos desconhecidos. Vídeo da NASA mostra "a beleza da paisagem cósmica"

https://vimeo.com/371950351 A NASA revelou esta terça-feira um panorama em vídeo do céu austral (hemisfério celestial sul), construído graças a 208 imagens captadas pelo caçador de planetas TESS (Exoplanets in Transit) durante um ano. Em comunicado, a …

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …