“Ar abençoado de Fátima” à venda por 3 euros

Sergiy Pankovets / Facebook

Um ucraniano a viver em Portugal há 16 anos abriu um negócio de enlatar e vender ar de Portugal. Há o de Fátima – que é abençoado – e o de Lisboa, mas em breve poderá haver mais.

A latinha, com pouco mais de meio palmo de comprimento, vem embrulhada em papel celofane transparente e está à venda em algumas lojas de recordações e artigos turísticos.

Na embalagem, as letras impressas anunciam: “Ar abençoado de Fátima“. Cada unidade custa três euros.

O produto foi posto no mercado há poucos meses e a ideia, que vem de Moscovo, na Rússia, está a ter muito sucesso em Portugal, sobretudo junto dos turistas asiáticos e sul-americanos, afirma Sergey Pankovets, um ucraniano a viver em Portugal há 16 anos, ao Jornal de Notícias.

O imigrante garante que “todas as latas passam pelos locais para encher e só depois são seladas”, têm validade de 99 anos e são “uma experiência sensorial única”.

O empresário quer enlatar o ar do Estádio da Luz, do Porto, da ilha da Madeira e do Algarve. E em Lisboa, quer abrir um quiosque em forma de lata para vender os seus produtos.

“Os estrangeiros é que acham mais piada, porque é um artigo bonito, transporta-se bem e é simbólico”, conta Eduardo Jordão, proprietário do café Mestre Afonso, na Batalha, um dos locais onde se pode adquirir a lembrança.

A iniciativa não é única em Portugal. Em 2011, o Teatro Municipal da Guarda apregoava a venda de “ar puro da Guarda“, “o ar da cidade mais alta de Portugal, de elevada pureza e com benefícios para a saúde cientificamente comprovados”.

O ar da Serra da Estrela era embalado em frascos de vidro, e “disponibilizado ao público em doses individuais, para respirar em qualquer parte e a qualquer hora”.

O “ar puro da Guarda”, lançado numa edição exclusiva e limitada a 200 frascos, inclui ainda um galardão onde se pode ler “Best Air in the World”.

ZAP

3 COMENTÁRIOS

  1. Só sei que na China estão também a comprar ar enlatado mas para puderem respirar ar saudável, porque aquilo que lá respiram já não é ar, é um fumo sujo…

  2. Ainda a Santa Sé manda fazer umas latas com o cheiro das velas do tocheiro do santuário.
    Pois se agora só em cera aquilo rende uma pipa de massa onde as velas são compradas sem recibo nem factura, vão a derreter e são novamente feitas com a mesma cera. A mesma cera é vendida eternamente sem factura nem contas ao estado, mas depois a igreja para restaurações, pagar ordenados a padres e freiras isentando-os de impostos, etc por ai fora já sabe vir pedir ao estado até nas manifes dos amarelos a igreja andou metida.

  3. É preciso é haver parolos dispostos a comprar e certamente aparecem sempre porque chicos-espertos para o negócio não faltam, é mais ou menos como aquelas romenas que passam pelo recinto do Santuário com uma imagem em papel creio que de uma criança e depois voltam atrás a recolher o papel mais uns trocos que alguns sempre vão caindo em lhes dar.

RESPONDER

O secretário geral da NATO, Jean Stoltenberg

Ciberataque poderá desencadear mecanismo de defesa mútua da NATO

O secretário geral da NATO, Jean Stoltenberg, lembrou esta quarta-feira que um ciberataque pode ser objeto de aplicação do artigo 5 do tratado da NATO e que se está a estabelecer o âmbito "ciber como …

"A Fila" da série de quadros The Vulnerability Series

Artista sírio pinta líderes mundiais como refugiados

E se os grandes líderes mundiais fossem, na verdade, refugiados? Foi assim que o artista sírio Abdalla All Omari os imaginou e mostrou ao mundo. "The Vulnerability Series" é o nome do projeto criado por Abdalla Al …

-

Polícias realizam manifestação nacional contra falta de respostas do Governo

Os polícias realizam esta quarta-feira, em Lisboa, uma manifestação nacional para protestar contra a falta de respostas do Governo às principais reivindicações e demonstrarem indignação pela forma como estão a ser tratados. A manifestação, que vai …

Salvador Sobral atua no Festival Confluências, no Marco de Canaveses

Salvador Sobral pede desculpa por comentário "inoportuno"

O cantor pediu desculpa pelo comentário "inoportuno" que fez, esta terça-feira, durante a atuação no evento solidário "Juntos por Todos", no MEO Arena, em Lisboa, para reforçar o apoio às populações afetadas pelos incêndios. Salvador Sobral …

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa faz sucesso no Facebook dos The Doors

Marcelo Rebelo de Sousa é uma inusitada "estrela" na página oficial da banda The Doors no Facebook. O Presidente de Portugal destaca-se numa imagem que está a fazer sucesso na rede social. "O Presidente de Portugal, …

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

Governo defende SIRESP e culpa PSP e Protecção Civil pela tragédia de Pedrógão Grande

O Governo critica a PSP e a Protecção Civil. A Protecção Civil e os bombeiros falam em falhas no SIRESP. Mas ninguém assume culpas pela tragédia em Pedrógão Grande, onde morreram 64 pessoas num incêndio …

Donald Trump

Revista Time pede a Trump que retire capa "fake" dos seus clubes de golfe

Donald Trump está envolvido em mais uma polémica. Depois de passar tanto tempo a criticar os media por fazerem aquilo a que chama de "notícias falsas", o próprio foi apanhado numa capa falsa da Time …

Imagem retirada do filme E.T., de 1982, do realizador Steven Spielberg

NASA desmente que "vai anunciar brevemente" descoberta de vida extraterrestre

Thomas Zurbuchen, administrador associado e director científico da NASA, clarificou esta segunda-feira nas redes sociais que a agência espacial norte-americana "não tem nenhum anúncio pendente" sobre a descoberta de vida extraterrestre. Num post publicado esta segunda-feira …

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer

Temer diz que denúncia contra si é “uma ficção”

O Presidente do Brasil disse, esta terça-feira, numa declaração ao país que a denúncia de corrupção contra si, apresentada na segunda-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral, Rodrigo Janot, é "uma ficção". "A denúncia é …

Edifício do Ministério das Finanças em Lisboa

Mão humana no apagão de 10 mil milhões para offshores "é improvável”

A auditoria da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) concluiu ser "extremamente improvável" que a falha informática que permitiu a saída de dez mil milhões de euros para offshore sem a análise do fisco tenha sido causada …