Apple, Google e Tesla acusadas de lucrar com trabalho infantil

Microsoft, Tesla, Dell, Apple e Google estão entre as gigantes tecnológicas que estão a ser acusadas de compactuar com fornecedores de cobalto que usavam crianças para trabalhar nas minas na República Democrática do Congo.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, o trabalho de produção de um componente importante para as baterias causaram mortes e ferimentos graves a várias crianças.

O mineral, que é um componente essencial das baterias de lítio utilizadas em smartphones, tablets, computadores portáteis e veículos elétricos, provém maioritariamente (60%) do sudeste da RD Congo e tem vindo a registar uma forte procura nos últimos anos, acompanhando o desenvolvimento da tecnologia.

Este poderá ser um processo com implicações profundas no setor tecnológico mundial, desde logo porque as maiores empresas estão identificadas como clientes de empresas que usavam crianças para trabalhar nas minas.

O processo foi apresentando em Washington DC, nos EUA, pela International Rights Advocates em representação de 14 pais e crianças congolesas. “O boom tecnológico intensificou a procura de cobalto por parte das empresas”, explicou a International Rights Advocates, respresentante das famílias.

Os queixosos argumentam que as crianças estavam a trabalhar ilegalmente em minas de cobalto detidas pela britânica Glencore, que escoa parte da produção para a empresa Umicore que, por sua vez, vende este minério a empresas como as gigantes tecnológicas referidas.

As crianças tentavam fugir à pobreza extrema, trabalhando a troco de um a dois dólares (0,90 a 1,79 euros) por dia nas minas, escavando à procura de pedras de cobalto com ferramentas primitivas dentro de túneis subterrâneos escuros.

“O cobalto é minerado na RD Congo em condições extremamente perigosas”, explicou a associação. Aliás, estas condições de trabalho terão levado à morte e a ferimentos graves em várias crianças, algumas das quais terão ficado paralisadas na sequência de acidentes, como derrocadas nos túneis.

ZAP //

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. os 3 pedofilos bem protegidos pelo capitalismo sistema vampiro o tal sistema quando ha lucro e so para as bestas do costume e quando ha prejuizo ai viram logo comunistas e distribui-se o prejuizo pelo povo

    assim funciona o sistema as custas dos do costume

  2. e depois de podres de ricos à custa da desgraça e sofrimento alheio viram filantropos e constroem barracões em África a que chamam escolas. forca com esses escroques todos.

RESPONDER

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …

Uso de máscara pode salvar 130 mil vidas nos EUA até final de fevereiro, revela estudo

As medidas de distanciamento social, principalmente o uso de máscaras em público, podem salvar até 130 mil vidas nos Estados Unidos (EUA), revelou um novo estudo divulgado na sexta-feira. Em abril, o Presidente dos Estados Unidos …

A guerra contra o plástico está a distrair-nos da poluição invisível

O atual foco na poluição de plástico está a fazer com que as pessoas descurem o tipo de poluição que não é possível ver, alerta uma equipa de investigadores. O plástico é um material incrivelmente útil …