Após desacelerar durante décadas, a Terra está agora a girar mais depressa do que antes

Os 28 dias mais curtos registados – desde 1960 – ocorreram todos em 2020, com a Terra a completar as suas voltas em torno do seu próprio eixo alguns milissegundos mais cedo do que a média.

De acordo com o LiveScience, a rotação do planeta varia ligeiramente, impulsionada por variações na pressão atmosférica, ventos, correntes oceânicas e o movimento do núcleo.

Apesar destas mudanças não serem alarmantes, são inconvenientes para os cronometristas internacionais, que usam relógios atómicos ultraprecisos para medir o Tempo Universal Coordenado (UTC) pelo qual todos acertam os seus relógios. Quando o tempo astronómico, definido pelo tempo que a Terra demora a fazer uma rotação completa, se desvia em mais de 0,4 segundos, o UTC precisa de ser ajustado.

Até agora, esses ajustes consistiam em adicionar um “segundo bissexto”, também conhecido como “segundo intercalar” ou “segundo adicional” ao ano no final de junho ou dezembro, voltando a alinhar o tempo astronómico e o tempo atómico.

Estes segundos bissextos eram acrescentados porque a tendência geral da rotação da Terra tem diminuído desde o início da medição precisa dos satélites no final dos anos 1960 e início dos anos 1970.

Desde 1972, os cientistas adicionaram segundos bissextos a cada ano e meio, em média, de acordo com o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST). A última adição aconteceu em 2016, quando na véspera de Ano Novo às 23 horas, 59 minutos e 59 segundos, um “segundo bissexto” extra foi adicionado.

No entanto, de acordo com Time and Date, a recente aceleração na rotação da Terra fez os cientistas falarem pela primeira vez sobre um segundo bissexto negativo. Em vez de adicionar um segundo, podem precisar de subtrair um.

A duração média de um dia é de 86.400 segundos, mas um dia astronómico em 2021 será 0,05 milissegundos mais curto, em média. Ao longo do ano, isso representará um atraso de 19 milissegundos no tempo atómico.

“É bem possível que um segundo bissexto negativo seja necessário se a taxa de rotação da Terra aumentar ainda mais, mas é muito cedo para dizer se é provável que aconteça”, disse o físico Peter Whibberley, do Laboratório Nacional de Física do Reino Unido, em declarações ao jornal britânico The Telegraph.

“Também há discussões internacionais a ocorrer sobre o futuro dos segundos bissextos e também é possível que a necessidade de um segundo bissexto negativo impulsione a decisão de acabar com os segundos bissextos para sempre“, acrescentou Whibberley.

O ano de 2020 já foi mais rápido do que o normal – astronomicamente falando. A Terra bateu 28 vezes o recorde anterior do mais pequeno dia astronómico, estabelecido no ano de 2005.

No dia mais curto de 2005 – 5 de julho -, a Terra completou uma rotação 1,0516 milissegundos mais depressa do que 86.400 segundos. O dia mais curto em 2020 foi 19 de julho, quando o planeta completou uma rotação 1,4602 milissegundos mais depressa do que 86.400 segundos.

De acordo com o NIST, os segundos bissextos têm vantagens e desvantagens. Por um lado, são úteis para garantir que as observações astronómicas sejam sincronizadas com a hora do relógio, mas, por outro lado, podem ser um incómodo para algumas aplicações de registo de dados e infraestrutura de telecomunicações.

Cientistas da União Internacional de Telecomunicações sugeriram deixar a lacuna entre o tempo astronómico e atómico aumentar até que uma “hora bissexta” seja necessária, o que minimizaria a interrupção das telecomunicações.

O Serviço Internacional de Sistemas de Referência e Rotação da Terra (IERS) em Paris, França, é responsável por determinar se é necessário adicionar ou subtrair um segundo bissexto. Atualmente, o IERS não apresenta novos segundos bissextos programados para serem adicionados, de acordo com o Centro de Orientação da Terra do IERS.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

      • Claro que está parada!
        Diga-me o dia que sentiu a terra rodar? Não vale responder que foi depois de ter bebido algumas…espero que nem beba pela sua saúde.
        Não existem provas de que gira apenas especulações científicas. Ou ou serão “cinetíficas”?

        • A sério? Nos tempos de hoje ainda tem dúvidas se a terra gira?
          Só pode ser palhaçada!
          Como explica o dia e a noite?
          Será que também acredita que a terra não é redonda!?

          • A sério? Nos tempos de hoje ainda tem dúvidas se a terra está parada?
            Só pode ser palhaçada!
            Explico o dia e a noite quando quiser. Mas resumindo, o sol e a lua não têm o tamanho que você pensa.
            Será que também acredita que a terra não é plana!?

          • Mais uma Pedra com a mania que é superior… Caro Pedro P ecos? Prefiro ouvir um eco da verdade do que a acreditar na cinência, sim não me enganei a escrever, cine de cinema, ou então CGI, abra os olhos pois não existem provas de que a Terra gira, apenas especulações. Infelizmente o Zap censura certos termos e links porque senão poderíamos debater com mais precisão. Mas leia um exemplo, o Pêndulo de Foucault foi feito de aço doce que possui grandes propriedades magnéticas e um pequeno campo magnético poderia mover o pêndulo. O pêndulo contraria a própria lei da inércia que alega que a rotação da Terra não interfere no movimento dos corpos presentes na superfície ou atmosfera terrestre. O lcal onde o pêndulo foi montado não possui uma suposta rotação em 360º e a localização que poderia servir para comprovar a experiência seria no norte ou no sul, ou seja nos polos, e o movimento seria então circular, mas foi realizada em França. Antes de insultar as pessoas chamando de palhaço, veja se você não é um antes de chamar os outros de…

            • Deves andar a dormir… um pêndulo num ponto de uma superfície esférica, NUNCA fará uma rotação de 360º.
              A terra não roda sobre o eixo dos polos mas sim sobre o eixo magnético. A experiência dos pêndulos foi INICIADA pelos franceses, repetida pelos ingleses e depois demonstrada por quase todos os países do planeta.
              Achas que a falar assim enganas alguém? Aproveita a quarentena para ler e aprender algo sobre a realidade, deixa-te de teorias de conspiração. Palhaço não que é insultar os palhaços que são bem inteligentes… voce é mas é inculto ou gosta de tirar sarro da cara dos outros

            • Afinal o caso é mesmo grave!…
              “Prefiro ouvir um eco da verdade do que a acreditar na ciência”
              A ciência não é nenhuma religião ou crença para se acreditar!
              Na ciência comprova-se; não se acredita!!

          • É verdade, o caso é mesmo grave…você nem sabe ler quanto mais argumentar.
            Eu escrevi cinência, na ciência verdadeira acredito pois apresenta provas.

            • Pedro P, você continua a não querer pensar, teorias de conspiração? Ahahahaha, por esta pergunta vejo bem que você é mais um que não pesquisa e só quer responder pois no fundo sabe que o seu argumento não tem nada que contradiz o que eu escrevi. O que é que prova você escrever que a experiência foi demonstrada por quase todos os países? Nada.
              O aço doce mostra que essa experiência pode ser facilmente corrompida pelo magnetismo. Faça essa experiência no polo norte ou polo sul e depois falamos.
              Os seus insultos demonstram quem você é de facto, nem preciso fazer nada nesse sentido. Teoria não é uma conspiração, mas da forma como você escreveu duvido que saiba a diferença entre ambas. Entretanto, uma teoria é dizer que a terra gira, não existem provas.

            • Pedro P arranja alguém com quem falar, pois eu ando ocupado com coisas mais importantes. Outra coisa, eu aqui não falo, escrevo. Quanto ao assunto aguardo as suas provas, se não as tem não me faça perder tempo.
              Adeus

            • Mandas barro à parede a ver se cola, como não cola saltas fora. Coisa de miúdo. Sim vai lá brincar com o joguinho

            • Pedro P, eu salto fora? Ah ah ah!!!
              Você está a responder um mês depois. É verdade, coisa de miúdo. Sinceramente há como cada um…

  1. Há gostos para tudo: terraplanistas, terraparadistas… que mais se seguirá? Mas eu acho que deve ser uma brincadeira.

RESPONDER

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …

Os milionários estão a fugir de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque está a preparar-se para enfrentar para um êxodo dos seus residentes mais ricos após as autoridades terem aprovado um orçamento que fará com que paguem a maior taxa de impostos …

Costa recusa responder a Sócrates. Carlos César reafirma "tristeza" e "raiva"

O primeiro-ministro António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates. Carlos César, presidente do PS, reafirma o que disse em 2018. Este sábado, António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates e …

Cientistas sugerem que os gorilas não batem no peito apenas para se exibir

Os cientistas sugerem que o ato de bater no peito permite aos gorilas machos sinalizar o seu tamanho e assim evitar brigas desnecessárias. De acordo com o jornal The Guardian, cientistas que estudam gorilas-das-montanhas (Gorilla beringei …

Médicos alertam que Navalny pode sofrer paragem cardíaca "a qualquer momento"

Alexei Navalny está cada vez mais em risco de insuficiência renal. Médicos próximos do opositor russo alertam que pode sofrer uma paragem cardíaca "a qualquer momento". Médicos próximos do opositor russo Alexei Navalny, detido e em …

Perto de sequenciar 1 milhão de genomas, cientistas querem desvendar segredos genéticos

O projeto All of Us está a recolher informações genéticas, registos médicos e hábitos de saúde de mais de um milhão de pessoas. Os dados podem ser usados para desvendar segredos genéticos. O primeiro esboço do …

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …