Terapia revolucionária pode tratar uma das causas mais comuns de cegueira

NIHR Oxford BRC / Twitter

Pela primeira vez no mundo, uma equipa de cirurgiões do Hospital John Radcliffe, no Reino Unido, recorreu a uma terapia genética para tratar a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), uma das doenças mais associada à cegueira.

A equipa, liderada pelo professor de oftalmologia da Universidade e de Oxford, Robert McLaren, injetou num paciente de 80 anos um vírus que continha um gene sintético para reverter a doença, tal como relata o Hospital Universitário de Oxford em comunicado.

De acordo com a mesma nota, o vírus injetado ataca a as células epiteliais pigmentares da retina (EPR), corrigindo o defeito genético e faz com que as células produzam proteínas hiperativas que atacam as células da retina como se fossem bactérias, em vez das proteínas necessárias ao sistema imunológico. Por sua vez, o ADN que contém o vírus injetado estimula a produção das proteínas corretas, recuperando a visão do paciente.

Simplificando: o vírus injetado infecta as células da retina e libera o gene, permitindo que o olho produza uma proteína que visa impedir que as células morram, mantendo assim a mácula saudável.

Esta foi a primeira vez que uma terapia genética foi utilizada para tratar este tipo de patologia que leva à cegueira. Até então, este método era utilizado para curar algumas doenças hereditárias menos frequentes como a choroideremia ou a amaurose de Leber congénita, doenças degenerativas que afetam também a visão.

Método utilizado pela equipa de Oxford

“Um tratamento genético precoce para preservar a visão em pacientes que, sem intervenção cirúrgica perderiam a visão, seria um enorme avanço na oftalmologia e, certamente, é algo que espero num futuro próximo”, afirmou MacLaren citado pela BBC.

O DMRI é, até então, considerado um transtorno irreversível, podendo mudar caso este caso clínico seja bem sucedido. Caso se comprove a efetividade do tratamento, explicaram os cientistas, o procedimento só poderá ser aplicado uma vez em toda a vida.

Estima-se que em 2020 haverá 196 milhões de pessoas no mundo afetadas por esta doença, número este que deverá aumentar para 288 milhões em 2040. Em Portugal, estima-se que 12% da população com mais de 65 anos sofra de DMRI.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …

Enquanto Flamengo afasta regresso de Jorge Jesus, o "Galo" vem ao ataque

O treinador benfiquista afasta o cenário de uma saída precoce do Estádio da Luz. O Flamengo rejeita o regresso de Jorge Jesus, enquanto o Atlético Mineiro manifesta o seu interesse. Jorge Jesus foi categórico: "Não vou …

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …