António Costa explica Orçamento com mini-vídeos no YouTube

(cv) República Portuguesa / YouTube

O primeiro-ministro decidiu recorrer à Internet para explicar aos portugueses a proposta do Orçamento de Estado para 2016.

Para já estão disponíveis dois vídeos, depois de terem sido publicados este domingo à tarde no Twitter do Governo, mas António Costa já anunciou que ao longo da semana vão surgir ainda mais.

Com cerca de um minuto e meio de duração, os dois fazem parte de uma iniciativa do Governo para explicar aos portugueses a proposta do Orçamento de Estado.

“Quero explicar-lhe pessoalmente a nossa proposta para o Orçamento de Estado para 2016”, diz Costa no primeiro vídeo.

O primeiro-ministro continua a apresentação, classificando este Orçamento como “exigente” mas “responsável” e que consegue “cumprir os objetivos eleitorais” a que se propôs.

Na perspetiva do líder do Partido Socialista, a ideia é que este Orçamento traga ao país três focos essenciais: “mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade”.

Costa refere que o Governo já está a tomar medidas para atingir estes objetivos, como é o caso do aumento do salário mínimo, a aceleração da execução dos fundos comunitários e o regresso do Simplex.

O chefe do Executivo garante que a proposta “cria condições para termos mais crescimento e melhor emprego, maior proteção social e permite uma gestão de rigor que diminua o défice e ainda diminua a dívida pública”.

No segundo vídeo, Costa diz novamente que este é um Orçamento “responsável” e “que quer virar a página da austeridade”.

O primeiro-ministro explica que, para isso, quer “fazer as escolhas certas” e dá como exemplo a diminuição do IRS para 99,7% dos portugueses, enquanto que a tributação da Banca para o Fundo de Resolução foi aumentada.

Ainda um outro exemplo dado por António Costa é a redução do IVA da restauração, em contrapartida com o aumento dos impostos especiais sobre o consumo.

“Não queremos que sejam os mesmos a pagar. Queremos que o esforço seja distribuído com justiça e com equidade”, afirma.

Ainda não se sabe quando será publicado o próximo vídeo e se outras figuras do Governo vão aparecer nestes vídeos explicativos.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Este é o tipo de “lavagem ao cérebro dos humanos”. Dantes o PCP nos países comunistas colocavam “cassetes” nos locais de trabalho das pessoas, estes novos politicos fazem o mesmo mas através da internet o que os coloca pela n/ casa dentro. Foi este tipo de “lavagem” que o Chavez fez na Venezuela e o que o s/ sucessor continua a fazer. Agora em vez de comunicações ao país pela televisão(como se fazia no tempo do fascismo) temos comunicação pela internet. É muito mais fácil, não tem de se dar a cara aos jornalistas nem aos camara mens. Esta politica de NOJO está a tomar proporções nunca vistas. Os seres humanos p/ estes politicos cada vez representam menos p/ eles, aos poucos estamos a deixar de ser pessoas. é NOJENTO.

    • Cfr. você é o tipo de pessoa pra quem tudo está mal. Aliás n é a 1ª vez q leio comentários feitos por si. Deve ser 1 pessoa muito infeliz e cheia de recalcamentos. Consulte um psicologo

  2. Psicologia política para manter o mora das tropas, o senhor 1º ministro é originário lá daqueles lados do Kim Jong-un talvez esteja a implementar algumas formas eficazes para que não hajam desertores.

  3. O vilão
    Este ” primeiro” está a chamar burros aos portugueses e portuguesas…como ele diz. Ja toda a gente percebeu no que isto vai dar…só estamos à espera da fatura.

  4. O Senhor Primeiro Ministro não precisa de estar preocupado com explicações esfarrapadas sobre as medidas que diz vai tomar com o objectivo de “virar a página da austeridade”.Qualquer cidadão normal da aldeia mais recôndita de Bragança até á mais estival do Algarve tem consciência de que Portugal nas condições exigidas hoje pela TROIKA NUNCA IRÁ PODER PAGAR A DÍVIDA QUE CONTRAIU COM O RESGATE como o Senhor 1º Ministro sabe melhor do que eu.Portugal já pagou em juros mais de metade dos 78 mil milhões de euros que lhe “emprestaram” em 2011 e continua a dever mais do que isso(só em 2016 vai pagar quase 9 mil milhões de juros).
    A teimosia em não renegociar/reestruturar a nossa dívida (aliás como fazem particulares e empresas com a banca) só irá prolongar o inevitável-um 2ºresgate a curto prazo.E o país continuará parado.O ESTADO não faz uma obra pública desde 2012, e nem sequer acaba as que o Sócrates começou, !!!O que tem feito são remendos vergonhosos.Sem este arranque de obras não haverá dinamização do mercado de trabalho.É uma pena que os portugueses que tanto se queixam de falta de trabalho não arregaçarem as mangas e pôr as terras abandonadas a produzir.Portanto se quer dar futuro a Portugal tome medidas que dinamizem a economia e evite a tentação fácil de arranjar dinheiro aumentando sempre impostos sejam eles quais forem.
    NOTA-a todos os comentadores gostava que não se escondessem no pseudónimo quando fazem os seus justos e necessários comentários

  5. Este 1º Ministro brinca com a direitalha, quando eles pensam que ele vai já ele vem de volta. a direitalha pensava que tinha as televisões na mão e Ele aparece no you tube, twiter etc. tão a ser muito bem comidos. espertos são os cães que caçam coelhos este Sr. 1º Ministro é muito inteligente.

RESPONDER

Detetadas outras nove misteriosas rajadas rápidas de rádio que se repetem

Foram detetadas nove outras Rajadas Rápidas de Rádio (FRB) que se repetem entre as 700 já identificadas desde outubro de 2018 pelo projeto científico CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment), que se baseia num telescópio localizado …

"Não é completamente de loucos" pensar que há vida em Mercúrio

Há a possibilidade, ainda que pequena, de que Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol, possa abrigar vida, concluiu uma nova investigação. "É possível que, enquanto houver água, as temperaturas [no planeta] sejam apropriadas para …

O porta-aviões mais avançado do mundo tem um problema inesperado nas suas casas de banho

O porta-aviões de propulsão nuclear USS Gerald R. Ford, o mais avançado da Marinha dos Estados Unidos, tem um problemas nas suas casas de banho, que precisam de ser lavadas com ácido regularmente. De acordo com …

Retirada dos ricos, colapso dos transportes e medo do contacto. As cidades no pós-pandemia

Mesmo depois de a pandemia do novo coronavírus diminuir e voltar a ser seguro estar com outras pessoas, a sociedade pode nunca mais ser a mesma. A atual pandemia de Covid-19 está a mudar rapidamente a …

"Quando a Alemanha disser que há eurobonds, os holandeses vão pastar para outras paragens"

Ana Gomes mostrou-se satisfeita com a atuação de António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa durante esta pandemia. A ex-eurodeputada deixou ainda duras críticas aos holandeses, que diz irem pastar para outras paragens quando os …

Coreia do Norte diz não ter casos de covid-19 (mas terá pedido ajuda secretamente)

Apesar de negar ter casos de infeção por covid-19, o novo coronavírus oriundo da China, a Coreia do Norte terá discretamente solicitado ajuda a outros países no combate da doença. As autoridades do país asiático terão …

Seguranças chineses usam óculos inteligentes que detetam pessoas com febre

Os seguranças do Parque Hongyuan, em Hangzhou, na China, conseguem detetar a temperatura corporal de todos os visitantes à distância de até um metro. Como? Graças a uns óculos inteligentes. De acordo com o jornal South …

"O cisne negro de todos os cisnes negros". Vírus é global, mas Portugal e Itália serão mais prejudicados

A grande pandemia motivada pelo coronavírus vai ser económica, consideram especialistas que acreditam que no pós Covid-19, o mundo mudará de forma significativa em várias áreas. Certo é que a crise económica vai afectar os …

"Tiro da rua muitos miúdos". Ex-Benfica cria clube com ajuda de Saviola, Di María e Maxi

O ex-Benfica José Shaffer criou um clube na Argentina, onde diz que tira muitos miúdos da rua. O antigo futebolista conta com o apoio de Saviola, Di María e Maxi Pereira. José Shaffer foi campeão nacional …

Mapa mostra queda abrupta da poluição na Península Ibérica

Um mapa desenvolvido por uma equipa da Universidade Politécnica de Valencia, em Espanha, mostra a diminuição da poluição do ar na Península Ibérica em 10 dias. Com as fábricas encerradas, menos automóveis nas estradas e as …