Antigo advogado pessoal de Donald Trump regressa à prisão

Justin Lane / EPA

Michael Cohen, ex-advogado do Presidente dos EUA, Donald Trump

Michael Cohen, antigo advogado pessoal do Presidente norte-americano, regressou à prisão federal, semanas depois de ser colocado em casa.

O antigo advogado pessoal do Presidente norte-americano e a pessoa que lhe resolvia os problemas, Michael Cohen, regressou à prisão federal, semanas depois de ser colocado em casa, devido à pandemia de covid-19. A informação foi divulgada esta quinta-feira pelo serviço federal das prisões (BOP).

Em declaração enviada à AP, o serviço das prisões afirmou que Cohen tinha “recusado as condições do seu confinamento doméstico e, em consequência, regressou a uma instalação do BOP”.

O seu regresso à prisão acontece dias depois de o New York Post ter publicado fotografias com Cohen, mulher e amigos a desfrutar de uma refeição num restaurante nas proximidades da sua casa, em Manhattan.

Cohen, que se declarou culpado de evasão fiscal, fraude no financiamento eleitoral e mentir ao Congresso, foi retirado da prisão, para ficar em casa, como parte dos esforços de contenção da propagação do novo coronavírus nas prisões federais. Com 53 anos, começou a cumprir a sua sentença em maio de 2019 e deveria ficar preso até novembro de 2021.

A condenação de Cohen resultou de crimes como fuga ao fisco, em quatro milhões de dólares (3,5 milhões de euros) do seu negócio de táxis, mentir ao Congresso sobre o calendário das discussões de um plano, entretanto abandonado, de construir uma Torre Trump em Moscovo e de orquestrar pagamentos a duas mulheres para as impedir de falar em público sobre alegadas relações com o Presidente dos Estados Unidos.

Cohen foi um dos colaboradores mais próximos de Trump, mas tornou-se num destacado crítico depois de se ter declarado culpado.

Um juiz federal tinha negado a Cohen a pretensão da passagem à situação de prisão domiciliária ao fim de 10 meses e, em maio último, considerou que isso “parecia ser apenas outro esforço para [Cohen] se projetar a ele próprio no ciclo noticioso” Mas o BOP pode transferir presos para a detenção domiciliária sem uma ordem judicial.

Advogados de detidos e os líderes partidários do Congresso têm pressionado o Departamento da Justiça para transferir presos em situação de risco, com o argumento de que a orientação de saúde pública de guardar uma distância de dois metros de outras pessoas é praticamente impossível de cumprir nos estabelecimentos prisionais.

O procurador-geral, William Barr, ordenou ao BOP que aumentasse o uso da prisão domiciliária e acelerasse a transferência para detidos em situação de alto risco, começando com três prisões identificadas como foco da pandemia. Otisville, onde Cohen estava preso, não é uma das destas instalações prisionais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro diz estar de "consciência tranquila". Brasil com quase 100 mil mortos

O Presidente do Brasil afirmou, esta quinta-feira, que está de "consciência tranquila", num momento em que o país sul-americano está quase a chegar aos 100 mil mortos por causa da pandemia de covid-19. "Estamos de consciência …

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …