“Animais não são prendas.” Há associações que param as adoções no Natal

A apenas duas semanas do Natal, a União Zoófila fecha a porta a quem queira adotar um animal de estimação. “Nenhum animal pode ser encarado como uma prenda de Natal.”

Para Lurdes Pimenta, tesoureira da União Zoófila, um animal de companhia “não pode ser um peso imposto” que é escondido debaixo da árvore de Natal. “É uma vida e é uma responsabilidade para a vida”, diz ao Público a responsável.

Mas a União Zoófila não está sozinha e é apenas uma das várias associações que, apesar das instalações sobrelotadas, negam os pedidos de adoção nesta altura do ano. O Cantinho dos Animais Abandonados, em Viseu, “entre 18 de dezembro e 1 de janeiro” não aceita adoções.

Ana Vaz, presidente da associação, refere que nos primeiros dezembros deram animais quase até à véspera de Natal “e muitos eram devolvidos pouco tempo depois”.

Segundo o jornal, por ano, os centros de recolha oficiais (CRO), que não existem em 131 municípios portugueses, recolhem mais de 30 mil animais. Destes, só 35% são depois adotados, adianta a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.

Ainda que a relação entre as adoções no Natal e as devoluções nos primeiros meses do ano seja pouco expressiva, “principalmente por causa de todas as medidas ainda mais criteriosas” que as associações começaram a tomar”, é no Verão e nas férias grandes que se continuam a registar mais abandonos.

Contudo, os animais continuam a ser uma das prendas mais desejadas nesta altura festiva. Segundo um estudo da GFK, divulgado no ano passado, em Portugal, mais de metade dos lares tem um animal de companhia.

A Asaast, associação dos amigos dos animais de Santo Tirso, não permite “que os animais sejam devolvidos porque são um presente que correu mal“, e negam também adoções neste período, há já quatro anos.

A União Zoófila, que conta com 250 voluntários, propõe, para quem está a pensar oferecer um animal este Natal, que levem a pessoa a um abrigo para que ela mesma escolha a sua futura companhia. Ou, caso não queiram estragar a surpresa, aconselham a “oferecer a cama e os brinquedos para o animal ter tudo quando chegar”.

Pelas barreiras, não pedem desculpa. “A partir do momento em que entram nós passamos a ser responsáveis por eles.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fernando Pimenta conquista medalha de prata em K1 1000

O canoísta português conquistou, esta quarta-feira, a medalha de prata na prova de K1 1000 dos II Jogos Europeus, elevando para 10 o número de pódios de Portugal em Minsk, igualando Baku 2015. Na central pista …

Cientista revela por que os mosquitos só picam algumas pessoas

O cientista Joop van Loon revelou o motivo pelo qual os mosquitos costumam picar mais algumas pessoas do que outras. De acordo com o especialista, são os compostos químicos presentes na pele dos humanos que …

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …