Angola troca (outra vez) Portugal por Espanha

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente de Angola, João Lourenço. Ao fundo, a figura de José Eduardo dos Santos

Angola cancelou a sua presença numa cimeira empresarial luso-angolana, marcada para este mês em Lisboa, para dar prioridade à visita de Mariano Rajoy em Luanda.

Segundo o Expresso, Angola não vai participar na cimeira empresarial luso-angolana, que estava agendada para dia 27 deste mês em Lisboa, para receber o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy. A cimeira empresarial ficou assim adiada.

A SIC Notícias, que cita a notícia do semanário, explica que depois de ter garantido a presença de um governante na conferência, o Presidente João Lourenço já tinha optado por circunscrever a representação angolana à presença simbólica do embaixador em Portugal, que nem sequer estaria mandatado para fazer qualquer intervenção.

Fonte do Executivo angolano adiantou ao semanário que se trata “um novo sinal político de endurecimento nas relações com Lisboa”, uma decisão que pode ser associada devido aos avanços da Operação Fizz, que acusa o ex-vice-presidente angolano de corrupção.

Em causa está o facto de o ex-procurador Orlando Figueira, ter deixado, em 2012, o Ministério Público para ir trabalhar para o banco BCP, com capital acionista angolano, e para o Banco Privado Atlântico. Para os investigadores, os empregos eram fictícios, servindo apenas de alibi para o pagamento de luvas em troca do arquivamento de uma investigação a Manuel Vicente. Ao todo, o arguido recebeu 760 mil euros pelos favores.

Em fevereiro, o Expresso também já tinha avançado uma “troca de Portugal por Espanha”, com o Governo angolano a parecer dar prioridade às visitas de Mariano Rajoy, Emmanuel Macron e Sergey Lavrov nos próximos seis meses, não havendo lugar para as visitas de Marcelo Rebelo de Sousa ou de António Costa.

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E eu com isso?….. Espanha virá cá comprar para vender a eles. Os Angolanos nitidamente preferem os produtos e serviços Portugueses, falam e têm os hábitos Portugueses, e não os de Espanha. Deixas-os ir,… deixas-os pousar. Vamos viver novamente o caso de Moçambique / Suécia. Passaram a comprar
    (muito mais caro, está claro) os produtos Portugueses aos Suecos. Durou pouco,.. quando viram que estavam a alimentar os Suecos com camarão e cajú ao preço da chuva,.. em pouco tempo lhes doeu. E a consequencia, até que voltassem,… foi o aumento de transacções PORTUGUESAS com a Suecia e com a Africa do Sul, (por sinal muito melhores pagadores) e de tabela a divulgação de muitos dos nossos produtos que continuam a ser exportados para lá.., até o camarão diga-se de passagem, passou a vir de Madagáscar, com muito melhor qualidade, e passamos com admiração, a exportar uns contentores de água mineral para lá. (Não para consumo de Madagascar, esta claro.)
    De igual modo veremos em pouco tempo, (e até os Angolanos compreenderem os volumosos impostos e custos que lhes cobrará Madrid) os capitais Angolanos regressar a Portugal via Espanha. Ou acreditam que os Banqueiros de ” nuestra hermana ” vão deixar sobreviver um Banco Angolano para guardar as fugas? Sem cobrar nada??? ( Não me façam rir !!!!). Acham que Espanha vai vender aos Angolanos as grandes Empresas ao preço da uva mijona? Ou que lhes vão vender o Algarve e o Estoril ao desbarato? Os meninos e as meninas de Angola vão estudar em Espanhol ? Com vivenda e chauffer???… não brinquem com coisas sérias…
    A vida, com o decorrer do tempo vai dando lições a todos nós, inclusivê aos Portugueses e aos Angolanos, e esta situação vai obrigar particularmente os nossos empresarios a não dormir à sombra da bananeira, isto é.. à consequente procura de outros mercados, nem mesmo que a título provisório, mas que cá ficarão. Esperemos…!

RESPONDER

Estrada onde morreram 6 pessoas espera por obras há oito anos

A requalificação do Itinerário Complementar 8, onde esta segunda-feira morreram mais seis pessoas numa colisão frontal, já é reclamada há, pelo menos, oito anos. Na edição desta terça-feira, o Jornal de Notícias avança que, há cerca …

Vale e Azevedo fugiu para Londres em jacto privado para escapar à prisão

Vale e Azevedo, ex-presidente do Benfica, fugiu à justiça, para não cumprir mais uma pena de prisão, anuncia o Correio da Manhã. O advogado terá viajado num jacto privado apesar de declarar que vive com …

Preço do petróleo atinge máximos de quatro anos. PIB pode derrapar

O preço do petróleo superou ontem a fasquia dos 80 dólares, o valor mais alto dos últimos quatro anos. A subida pode não ficar por aqui. Só nos últimos 12 meses, o petróleo valorizou cerca de …

Director da PJ Militar e comandante da GNR detidos no caso do roubo de Tancos

A Polícia Judiciária deteve, nesta terça-feira, o director da Polícia Judiciária Militar, coronel Luís Augusto Vieira, e o comandante da GNR de Loulé, sargento Lima Santos, numa investigação relacionada com o furto de armas de …

Taxistas no sétimo dia de protesto. Reunião com assessor de Costa foi "manobra de diversão"

Taxistas de Lisboa, Porto e Faro cumprem o sétimo dia de protesto, mantendo-se os motoristas parados contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte …

Professora condenada a 5 anos de prisão por maus tratos a alunos

O Tribunal Judicial de Barcelos condenou, nesta segunda-feira, uma professora de duas escolas do 1.º ciclo do concelho a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por dez crimes de maus tratos a alunos menores. A …

Fundadores do Instagram deixam a empresa em rutura com Zuckerberg

Os fundadores do Instagram, Kevin Systrom e Mike Krieger, vão deixar a empresa adquirida pelo Facebook em 2012 para "construir coisas novas". Em causa estarão também algumas tensões com o CEO Mark Zuckerberg.   “Vamos …

Universitários dormem na rua em protesto. "É urgente criar mais residências"

Esta segunda-feira, vários estudantes universitários do Porto dormiram na rua, uma iniciativa que pretende alertar para a situação que se vive devido à falta de alojamento. Estudantes da Universidade do Porto montaram, esta segunda-feira, um acampamento …

Infarmed vai continuar "forever and ever" em Lisboa

O presidente da câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta segunda-feira que "o Infarmed vai continuar forever and ever [para todo o sempre] em Lisboa", acusando o Governo, liderado pelo PS, de "sucumbir …

Europa cada vez mais quente. Portugal é o país que menos aqueceu

As temperaturas médias registadas nas cidades europeias estão cada vez mais altas. No topo da lista dos aumentos encontram-se os países nórdicos e no fim da lista as cidades portuguesas. Um estudo do Centro Europeu de …