Angola troca (outra vez) Portugal por Espanha

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente de Angola, João Lourenço. Ao fundo, a figura de José Eduardo dos Santos

Angola cancelou a sua presença numa cimeira empresarial luso-angolana, marcada para este mês em Lisboa, para dar prioridade à visita de Mariano Rajoy em Luanda.

Segundo o Expresso, Angola não vai participar na cimeira empresarial luso-angolana, que estava agendada para dia 27 deste mês em Lisboa, para receber o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy. A cimeira empresarial ficou assim adiada.

A SIC Notícias, que cita a notícia do semanário, explica que depois de ter garantido a presença de um governante na conferência, o Presidente João Lourenço já tinha optado por circunscrever a representação angolana à presença simbólica do embaixador em Portugal, que nem sequer estaria mandatado para fazer qualquer intervenção.

Fonte do Executivo angolano adiantou ao semanário que se trata “um novo sinal político de endurecimento nas relações com Lisboa”, uma decisão que pode ser associada devido aos avanços da Operação Fizz, que acusa o ex-vice-presidente angolano de corrupção.

Em causa está o facto de o ex-procurador Orlando Figueira, ter deixado, em 2012, o Ministério Público para ir trabalhar para o banco BCP, com capital acionista angolano, e para o Banco Privado Atlântico. Para os investigadores, os empregos eram fictícios, servindo apenas de alibi para o pagamento de luvas em troca do arquivamento de uma investigação a Manuel Vicente. Ao todo, o arguido recebeu 760 mil euros pelos favores.

Em fevereiro, o Expresso também já tinha avançado uma “troca de Portugal por Espanha”, com o Governo angolano a parecer dar prioridade às visitas de Mariano Rajoy, Emmanuel Macron e Sergey Lavrov nos próximos seis meses, não havendo lugar para as visitas de Marcelo Rebelo de Sousa ou de António Costa.

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E eu com isso?….. Espanha virá cá comprar para vender a eles. Os Angolanos nitidamente preferem os produtos e serviços Portugueses, falam e têm os hábitos Portugueses, e não os de Espanha. Deixas-os ir,… deixas-os pousar. Vamos viver novamente o caso de Moçambique / Suécia. Passaram a comprar
    (muito mais caro, está claro) os produtos Portugueses aos Suecos. Durou pouco,.. quando viram que estavam a alimentar os Suecos com camarão e cajú ao preço da chuva,.. em pouco tempo lhes doeu. E a consequencia, até que voltassem,… foi o aumento de transacções PORTUGUESAS com a Suecia e com a Africa do Sul, (por sinal muito melhores pagadores) e de tabela a divulgação de muitos dos nossos produtos que continuam a ser exportados para lá.., até o camarão diga-se de passagem, passou a vir de Madagáscar, com muito melhor qualidade, e passamos com admiração, a exportar uns contentores de água mineral para lá. (Não para consumo de Madagascar, esta claro.)
    De igual modo veremos em pouco tempo, (e até os Angolanos compreenderem os volumosos impostos e custos que lhes cobrará Madrid) os capitais Angolanos regressar a Portugal via Espanha. Ou acreditam que os Banqueiros de ” nuestra hermana ” vão deixar sobreviver um Banco Angolano para guardar as fugas? Sem cobrar nada??? ( Não me façam rir !!!!). Acham que Espanha vai vender aos Angolanos as grandes Empresas ao preço da uva mijona? Ou que lhes vão vender o Algarve e o Estoril ao desbarato? Os meninos e as meninas de Angola vão estudar em Espanhol ? Com vivenda e chauffer???… não brinquem com coisas sérias…
    A vida, com o decorrer do tempo vai dando lições a todos nós, inclusivê aos Portugueses e aos Angolanos, e esta situação vai obrigar particularmente os nossos empresarios a não dormir à sombra da bananeira, isto é.. à consequente procura de outros mercados, nem mesmo que a título provisório, mas que cá ficarão. Esperemos…!

RESPONDER

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …

Casa onde Sócrates vive "pagou" salinas em Angola

O apartamento de luxo onde José Sócrates está a residir na Ericeira foi uma "dação em pagamento" de um empresário angolano ao primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa, que é suspeito de ser …

Caso Galpgate. Três ex-secretários de Estado não vão a julgamento

Os três secretários de Estado que se demitiram no ano passado na sequência do caso dos convites para assistirem a jogos de futebol do Euro 2016 em França não vão a julgamento. Os ex-governantes e outros …

Estado distribui agendas com castelhano como língua principal

O Estado português distribuiu agendas nas quais o "castelhano é a língua dominante" aos altos quadros da administração pública, revelou Luís Marques Mendes neste domingo, no seu habitual espaço de comentário na SIC.  "Será que …

Marcelo "totalmente alheio" ao envolvimento da namorada na queda do BES

Marcelo Rebelo de Sousa comentou a notícia sobre as eventuais responsabilidades da namorada Rita Amaral Cabral na queda do BES, no âmbito das funções que exerceu no Banco. "Sou totalmente alheio", garante o Presidente da …