Angelina Jolie entre a vida e a morte

Georges Biard / Wikimedia

-

A atriz Angelina Jolie, enviada especial da ONU para os refugiados, em Cannes 2013

Há muito que tempo que a figura esguia da actriz e Angelina Jolie alimenta debates sobre anorexia, mas a situação parece ter-se agora agravado mais do que nunca.

O tablóide “The National Enquirer” voltou esta terça-feira a fazer capa com os problemas de saúde de Angelina Jolie, e avança desta vez que o seu peso desceu drasticamente para os 35 quilos, devido a “uma combinação de cancro, anorexia e paranóia”.

De acordo com o jornal, Angelina Jolie está “a perder a batalha” contra a morte.

Segundo fontes citadas pela publicação, o marido da actriz de 40 anos, o também actor Brad Pitt, está tão frustrado com a debilidade da sua mulher, e com a sua recusa em alimentar-se de forma saudável, que ameaçou pedir o divórcio.

Os problemas de saúde de Jolie têm sido debatidos pelos fãs e pela comunicação social há vários anos.

Recentemente, após a sua presença na antestreia de um filme, o jornal britânico “The Mirror” descrevia Angelina Jolie como “extremamente magra”, dolorosamente fina” e “ossuda”.

Na mesma altura, também a “OK! Magazine” a descreveu como “assustadoramente magra” e necessitada de “um hambúrguer com extra queijo”.

The National Enquirer

Angelina Jolie na capa do The National Enquirer

Angelina Jolie na capa do The National Enquirer

Em 2014, uma antiga ama de Angelina revelou que esta chegou a ser hospitalizada quando era adolescente, por sofrer de anorexia. No entanto, a actriz nunca se pronunciou sobre o assunto.

Recorde-se ainda que, em 2013, a actriz submeteu-se a uma dupla mastectomia, depois de exames genéticos terem concluído que havia uma elevada probabilidade de vir a contrair cancro da mama e dos ovários.

Mãe de seis crianças (três adotivas e três biológicas), em 2015 Jolie entrou novamente na sala de cirurgia, mas desta vez para remover os ovários e as trompas de Falópio.

Celebrizada no cinema por papeis icónicos como o de Lara Croft, e fora do grande ecrã pelas causas em que se envolveu, a Enviada Especial da ONU para os Refugiados parece estar a perder a luta na causa mais importante – a da sua própria vida.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Este mais um caso que deveria ser capaz de fazer pensar todos os que enfrentam situações limite por razões de diversa índole-Psicológica,física e familiar.
    São tantos os casos e os exemplos, alguns com final trágico,que se todos apoiassem seria criado um movimento que ajudasse estas pessoas e famílias para conseguirem persuadir a vontade dos que se vêm arrastados para estas situações.
    Este caso de Angelina Jolie é um grande sinal de alerta para quem de forma consciente procurou evitar o medo da morte pelo cancro e está em risco de vida pela obstinação de querer não continuar a viver.
    Um grande grito de todos de apoio ao marido e um apelo a Jolie para voltar á vida em nome de toda a sua luta e em prol dos seus filhos.

RESPONDER

Príncipe Carlos diz que temos 18 meses para salvar a humanidade

O príncipe Carlos admite que os próximos 18 meses serão cruciais para a sobrevivência dos seres humanos. Durante este tempo, os líderes mundiais terão de controlar as mudanças climáticas para evitar uma catástrofe irreversível. "Senhoras e …

Novo filme da saga Bond tem Agente 007 feminina

De acordo com jornais ingleses, o filme Bond 25 não terá um novo James Bond, mas sim uma nova Agente 007. No filme, que será uma homenagem ao legado de Roger Moore e de todos …

Manchester United não dá mais do que 33,5 milhões por Bruno Fernandes

O Manchester United só está disposto a pagar 33,5 milhões de euros pelo médio do Sporting Bruno Fernandes, escreve o jornal Mirror esta segunda-feira. De acordo com o diário britânico, a contratação de Harry Maguire …

Caso de ébola detetado em cidade com mais de dois milhões de habitantes

As autoridades de saúde detetaram o primeiro caso de ébola na cidade de Goma, na República Democrática do Congo, onde vivem mais de dois milhões de pessoas, confirmou no domingo o ministro da Saúde congolês. De …

Ordem dos Enfermeiros apresenta queixas contra inspetores da Saúde

A Ordem dos Enfermeiros (OE), liderada por Ana Rita Cavaco, vai apresentar queixas-crime contra a inspetora-geral das Atividades em Saúde e contra os inspetores que participaram na sindicância a esta associação profissional. Em causa está a …

Advogado de Mustafá acusa procuradora Cândida Vilar de terrorismo institucional

O advogado do líder da Juventude Leonina, Filipe Coelho, voltou a apontar baterias a Cândida Vilar, acusando-a de "terrorismo oficial" contra o seu cliente.  De acordo com o Tribuna Expresso, o advogado de Mustafá disse ainda …

Fenprof indignada com palavras cruzadas do Expresso exige pedido de desculpas

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) manifestou-se nesta segunda-feira “indignada” com um tópico nas palavras cruzadas do semanário Expresso, exigindo um pedido de desculpas aos docentes portugueses. Em causa um tópico das palavras cruzadas da …

Apenas 3% das máquinas de venda automática no ensino superior têm fruta

Foram analisadas 135 máquinas em todo o país. Todas tinham doces e apenas uma em cada três disponibilizava opções saudáveis. Deco diz que é preciso mudar disponibilidade alimentar destas máquinas. Apenas 3% das máquinas de venda …

Em 2018, cada português consumiu 3,3 quilos de açúcar em 60 litros de refrigerante

Cada português consumiu, no ano passado, 60 litros de refrigerantes, o que equivale a 3,3 quilogramas de açúcar, um valor menor do que no ano anterior, quando começou a ser aplicado o imposto sobre estas …

Agressões em estação de Sintra. Só havia 4 polícias disponíveis por causa do NOS Alive

Apenas quatro polícias acorreram à estação de comboios de Queluz-Belas, em Sintra, quando ocorreram agressões entre uma centena de pessoas no sábado à noite. A Equipa de Intervenção Rápida da PSP que deveria estar em …