Angela Merkel quer proibir uso da burca na Alemanha

Moritz Hager / World Economic Forum

Angela Merkel, chanceler alemã

Angela Merkel, chanceler alemã

A chanceler alemã discursou no congresso do seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU), no qual referiu que a burca deve ser proibida “onde for legalmente possível” na Alemanha.

Durante um discurso no congresso da União Democrata-Cristã (CDU), Angela Merkel defendeu que vai apoiar a proibição nacional do uso da burca.

“O véu que cobre todo o rosto não é aceitável no nosso país”, afirmou no congresso do seu partido, citada pelo The Independent.

Tem de ser banido, onde for legalmente possível”, acrescentou a chanceler alemã, que recebeu de imediato muitos aplausos.

Em agosto passado, o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, um dos maiores aliados de Merkel, já tinha proposto uma interdição parcial da burca.

O governante considerou que a lei devia ser aplicada em lugares onde isso “é importante para a coexistência da sociedade” como, por exemplo, entidades públicas, escolas, universidades e tribunais.

Recorde-se que, no mês passado, na Holanda, foi aprovada uma lei semelhante. Outro desses caso é a França, que já proíbe o véu islâmico desde 2011.

Merkel, que já anunciou a candidatura a um quarto mandato, sofreu uma queda significativa na sua popularidade depois da sua política de imigração.

A chanceler alemã abriu as fronteiras aos requerentes de asilo, o que provocou a chegada de quase um milhão de refugiados ao país.

Mesmo assim, a líder do CDU afirmou que “uma situação como a do verão deste ano não pode nem deve voltar a repetir-se”.

“Aleppo é uma vergonha”, declarou ainda no discurso do congresso, que está a acontecer na cidade de Essen.

“É uma vergonha termos sido incapazes de criar um corredor humanitário, mas temos de continuar a lutar por um”.

A chanceler lamentou que, ao mesmo tempo que se convocam manifestações contra o tratado de comércio livre entre a União Europeia e os Estados Unidos, não haja também protestos ou ações semelhantes contra os bombardeamentos na cidade síria.

Mais de 50 mil sírios fugiram nas últimas semanas de Aleppo devido à intensificação dos ataques das forças do regime à zona da cidade controlada pelos rebeldes.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Venezuelanos acordam com menos zeros nas suas contas e o país paralisado

Os venezuelanos acordaram hoje com menos zeros nas suas contas bancárias devido à reconversão monetária que se iniciou esta segunda-feira por ordem do Governo, que também decretou o dia como não laboral, razão pela qual …

Pelo menos 13 mortos em sismo nas ilhas indonésias de Lombok e Sumbawa

Pelo menos 13 pessoas morreram na sequência de vários sismos que abalaram as ilhas indonésias de Lombok e Sumbawa, indicou um novo balanço das autoridades locais. O sismo de magnitude 6,9 na escala Richter foi um …

"Vergonha e arrependimento". Papa escreve carta a condenar abusos sexuais

O Papa Francisco publicou, esta segunda-feira, uma carta dirigida a todos os católicos do mundo, condenando o crime de abuso sexual por parte de padres e o seu encobrimento e exigindo responsabilidades. A carta do Papa …

Autópsia confirma que Pedro Queiroz Pereira sofreu um enfarte

A autópsia realizada a Pedro Queiroz Pereira confirma que terá sido um ataque cardíaco que fez o empresário português cair de uma escada com oito degraus. A autópsia realizada esta segunda-feira  que Pedro Queiroz Pereira sofreu …

"Propaganda norte-coreana". Varoufakis, Galamba, PSD e Bloco criticam vídeo de Centeno

O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo está a ser fortemente criticado, da esquerda à direita, pelo vídeo, partilhado esta segunda-feira, no qual aborda a saída da troika da Grécia, depois de oito anos …

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …