Angela Merkel quer proibir uso da burca na Alemanha

Moritz Hager / World Economic Forum

Angela Merkel, chanceler alemã

Angela Merkel, chanceler alemã

A chanceler alemã discursou no congresso do seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU), no qual referiu que a burca deve ser proibida “onde for legalmente possível” na Alemanha.

Durante um discurso no congresso da União Democrata-Cristã (CDU), Angela Merkel defendeu que vai apoiar a proibição nacional do uso da burca.

“O véu que cobre todo o rosto não é aceitável no nosso país”, afirmou no congresso do seu partido, citada pelo The Independent.

Tem de ser banido, onde for legalmente possível”, acrescentou a chanceler alemã, que recebeu de imediato muitos aplausos.

Em agosto passado, o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, um dos maiores aliados de Merkel, já tinha proposto uma interdição parcial da burca.

O governante considerou que a lei devia ser aplicada em lugares onde isso “é importante para a coexistência da sociedade” como, por exemplo, entidades públicas, escolas, universidades e tribunais.

Recorde-se que, no mês passado, na Holanda, foi aprovada uma lei semelhante. Outro desses caso é a França, que já proíbe o véu islâmico desde 2011.

Merkel, que já anunciou a candidatura a um quarto mandato, sofreu uma queda significativa na sua popularidade depois da sua política de imigração.

A chanceler alemã abriu as fronteiras aos requerentes de asilo, o que provocou a chegada de quase um milhão de refugiados ao país.

Mesmo assim, a líder do CDU afirmou que “uma situação como a do verão deste ano não pode nem deve voltar a repetir-se”.

“Aleppo é uma vergonha”, declarou ainda no discurso do congresso, que está a acontecer na cidade de Essen.

“É uma vergonha termos sido incapazes de criar um corredor humanitário, mas temos de continuar a lutar por um”.

A chanceler lamentou que, ao mesmo tempo que se convocam manifestações contra o tratado de comércio livre entre a União Europeia e os Estados Unidos, não haja também protestos ou ações semelhantes contra os bombardeamentos na cidade síria.

Mais de 50 mil sírios fugiram nas últimas semanas de Aleppo devido à intensificação dos ataques das forças do regime à zona da cidade controlada pelos rebeldes.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …