André Ventura foi a um bairro de ciganos, mas evitou-os

PSD Loures / Facebook

André Ventura, candidato PSD à Câmara de Loures (ao centro).

No primeiro dia de campanha, André Ventura visitou o bairro Quinta da Fonte, uma das zonas de Loures que o candidato considera ter maiores problemas com a insegurança. Segundo os jornais que o acompanharam, o candidato do PSD evitou a comunidade cigana.

André Ventura deslocou-se ao bairro Quinta da Fonte, mas não foi sozinho. Com uma comitiva de cerca de 20 apoiantes e jornalistas, o candidato do PSD a Loures foi sempre seguido a meia distância por quatro agentes da PSP que fizeram, segundo as autoridades, o patrulhamento habitual sempre que alguém nestas circunstâncias visita o bairro, avança a TSF.

Começou a visita no espaço da Pastoral dos Ciganos que acolhe cerca de 60 crianças com idades compreendidas entre os 6 e o 15 anos, filhos de ciganos e africanos do bairro. Naquele local conseguiu conquistar alguns “votos” quando falou do Benfica.

Nas ruas do bairro, no entanto, conseguir apoio não foi tão fácil. Enquanto percorria as ruas, os apelos eram constantes. “Tem de nos arranjar uma casa melhor”, “É preciso luz nos prédios e limpar as fossas porque têm muitos mosquitos”, “Veja lá se o bairro fica mais limpo”, pediam inúmeras vozes.

Mas André Ventura não deixou a população sem resposta. “Foram os socialistas e comunistas, que governaram esta câmara durante 40 anos e que permitiram esta guetização”, justifica. “Quem precisa de casa, não tem e quem tem, não precisa, é o que eu tenho dito”.

De acordo com os jornais presentes na visita, o candidato ignorou alguns dos habitantes do bairro. Ao chegar ao cima da rua principal, viu um grupo de cerca de 15 ciganos e ciganas, do qual evitou aproximar-se, virando à esquerda.

Foi por uma “ponderação de segurança”, justificou depois André Ventura, que disse respeitar a liberdade de expressão de quem o insultou às janelas. O candidato repetiu que as críticas feitas em julho não foram uma generalização para a comunidade cigana.

No entanto, os habitantes do bairro sentiram as coisas de outra forma: “Cruzou o bairro todo, podia ter vindo ter connosco, não lhe íamos bater“. “Aqui ninguém lhe faz mal”, explicaram. “Ele pode estar aí. Tenho aqui um quarto para ele, se quiser. Está tudo em dia, tudo pago, água, luz”, sublinhava outro numa crítica às anteriores declarações do social democrata.

No entanto, mesmo evitando os ciganos, o candidato não se escapou aos gritos daqueles que o consideram racista. “Racista! Racista! És racista!”, diz uma mulher à janela. “Não sou racista, não! Está muito enganada!“, responde Ventura. “És racista!”, concluiu a mulher.

De acordo com o Público, que recolheu testemunhos no local, há, por outro lado, quem apoie Ventura porque “ele diz o que muita gente pensa e não diz“, conforme justificou uma mulher no local.

Na Quinta da Fonte, alega Ventura, 80% dos inquilinos não pagam renda. “É uma vergonha para os que trabalham e têm de cumprir”, diz, propondo acordos com os devedores.

“Queremos estabelecer com as famílias um plano de pagamento baseado no seu rendimento real. Haverá um acordo que as pessoas têm de cumprir. Se não cumprirem, têm de sair.” Estas medidas, continua, nada têm de racistas. “É uma questão de justiça social”, frisa.

A visita acaba com o reforço das promessas já feitas para aquele local: uma esquadra da polícia municipal e que “daqui a dois anos, os moradores vão agradecer a segurança”, assim como os serviços de limpeza.

Além disso, se for eleito, daqui a dois anos, Ventura trará de volta os jornalistas ao bairro. Desta vez para mostrar como “a população lhe ficou agradecida”.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. André Ventura, não sei porquê, faz-me lembrar aquele outro, do mesmo partido, do PSD, de nome Carlos Peixoto, deputado pela Guarda, que apelidou os velhos de ‘peste grisalha’ e de ‘contaminarem e fazerem apodrecer a Pátria’. Este toma como alvo os ciganos e quiçá os africanos. O outro, os reformados. Quanto ao v/escrito: não se tratará de problemas com a segurança e não com a insegurança, como escrevem? Claro que o homem ia protegido por 20, ia a dizer capangas, corrijo, correligionários, e 4 agentes da PSP, pagos por todos nós,e só por uma questão de ‘ponderação da segurança’. Claro que quem tem cu tem medo. Mas, mesmo blindado por todos os lados, não se livrou dos insultos de racista, insultos à distância, não vá o Diabo tecê-las. E mesmo assim o candidato raspou-se, com o rabo entre as pernas, de um democrático contacto coma a população. Claro que sob a batuta deste seráfico Ventura, por um toque de mágica ou por milagre, os problemas de limpeza e segurança, e todos os outro, desaparecerão. Claro que não deixa de haver, nos dias de hoje, populações geridas por câmaras do PSD, partido do dito cujo, que continuam, sem as mínimas estruturas básicas. Bem prega Frei Tomás?

  2. Grande HOMEM só tenho pena de na terra onde vivo não aparecer ninguém assim, que tinha o voto de muita gente sem dúvida nenhuma.
    A maior parte dos ciganos são pessoas que não contribuem em NADA para a nossa sociedade, são mal formados, provocadores, vivem à nossa conta, e têm lhes dado tudo, a que um comum cidadão que trabalha honestamente não tem direito.
    Olham para nós com a altivez de quem se sente protegido. Não pagam casa, água ou luz. Sabem os truques todos para receberem os subsídios, a maior parte das vezes em mais do que um sitio do país, pois não há controle absolutamente nenhum. Pavoneiam-se nos seus Mercedes e ainda gozam conosco
    Isto não é Democracia é Anarquia, muito fica por dizer, pois dava pano para mangas
    Só pela sua Coragem dou os Parabéns a André Ventura, pena tenho de não poder votar nele.

  3. Todos nós nos revoltamos com as injustiças e é pena mas nesta sociedade nem sempre se pode afirmar publicamente o que nos vai na alma, quando alguem com responsabilidades faz determinadas afirmações sujeita-se ás consequências, agora é assim, o partido desse senhor é responsável por algumas injustiças que existem neste País, não se compreende porque razão aqueles que nada ou pouco contribuiram usufruem mais que aqueles que levaram uma vida a contribuir, todos temos direito, á saude,habitação á reforma,etc. mas contribuimos para usufruirmos desses direitos e na saude por exemplo para se ter uma assistência médica temos de ir de madrugada para os postos de saude afim de se arranjar uma vaga, se não descontarmos não temos reforma etc. TEMOS DIREITOS MAS…. TAMBEM TEMOS DEVERES…….

  4. deviam ser todos como ele ,”REALISTA” é verdade, não sou racista nem têm nada a vêr com racismo mas sim com civismo em que é verdade, que em geral(não todos) mas a maior parte não trabalha, assim têm tempo de ir roubar quem trabalha e ainda podem levar os filhos, para os ensinar, como aquele que a policia apanhou em flagrante e em perseguição deles o filho morreu por culpa de um ladrão que o levou(pai) e a pessoa que trabalha e protejenos vai presa e ainda têm que dár indemenização, não dá para entender, VIVA AndréS Venturas

  5. A partir do momento que estão na lei a beneficiar uns a custa de outros é discriminação e os partidos de esquerda são apoiantes e levaram este bairro ao estado que está. Pior em Portugal existem leis que facilitam receber beneficios e muitas vezes mais do que quem trabalha em troca de nada e além de não contribuirem são mal agradecidos. Ricos ou pobres não devem ser permitidas leis que beneficiam um group, as leis devem ser iguais para todos. André Ventura simplesmente disse o que muita gente pensa há anos. Se não fosse ele ia ser outra pessoa qualquer porque este sistema é insustentável. Mais vale até ser agora porque quanto mais tempo levarmos neste sistema vai ser pior.

  6. O que o André Ventura diz é verdade. E muitos não o dizem porque têm medo, mas pensam o mesmo. Ou têm medo ou não estão para se chatear. Na verdade, foi gente que nunca pagou impostos, nunca trabalhou ou descontou para nada, mas têm montes de benefícios. À custa de quem? Claro que não defendo que sejam simplesmente escorraçados. Têm direito à vida como qualquer um. Mas também têm obrigações que não cumprem. Depois ainda aparecem por aqui uns comentários (poucos) que devem ser mesmo de ciganões. Se não são emitam muito bem!! Talvez de alguém que se arma em antirracista mas que de certeza que não os quer por perto. Muito menos no seu quintal.

  7. Será que você lucra com eles? Fala nos policias pagos por nós e quer encobrir os subsídios dados a estas pessoas sem nunca terem descontado.Para não falar em outras coisas, que todos sabemos mas não tem a coragem de mencionar.

RESPONDER

Turquia quer abrir embaixada na parte oriental de Jerusalém como capital palestiniana

O presidente da Turquia disse, este domingo, que o país planeia abrir uma embaixada em Jerusalém Oriental como capital de um futuro Estado palestiniano, depois dos EUA terem reconhecido Jerusalém como capital de Israel. “Já declarámos …

Sporting vs Portimonense | Leão sereno soma e segue

O Sporting subiu ao primeiro lugar da tabela na Liga NOS, de forma provisória, ao vencer, por 2-0, o Portimonense, em Alvalade. A equipa liderada por Jorge Jesus soube contrariar as adversidades impostas por um Portimonense …

Isabel dos Santos usou dinheiro da Unitel para controlar a Zon e criar a NOS

A empresária angolana utilizou dinheiro da maior operadora móvel do país para comprar ações da Zon e realizar a fusão entre a Zon e a Optimus, criando a NOS.  Segundo o Público, entre maio de 2012 …

Empresas de autocarro e comboio de acidente em França com versões contraditórias

A condutora do autocarro que, na quinta-feira, colidiu com um comboio, no sudoeste de França, diz que as cancelas da passagem de nível estavam levantadas quando atravessou a linha, mas a companhia ferroviária afirma o …

Santana Lopes "está a fazer as mesmas trapalhadas que fazia em 2004"

O antigo presidente da Câmara do Porto diz que, relativamente à questão dos debates na televisão, o rival à liderança do PSD só está a mostrar que continua "a fazer exatamente as mesmas trapalhadas que …

Equipa de Trump acusa Mueller de ter obtido milhares de emails ilegalmente

O Procurador Especial que investiga a interferência russa nas eleições presidenciais dos EUA em 2016 obteve de forma ilegal "dezenas de milhares de emails", segundo um advogado da equipa de transição de Donald Trump. Numa carta …

6 meses depois, ainda há quem pergunte pela "estrada da morte"

O chamado "turismo da desgraça" ainda persiste pela zona de Pedrógão Grande, mas com muito menos frequência do que nas primeiras semanas e meses após o incêndio de 17 de junho. Na estrada 236-1, seis meses …

Atentado contra igreja no Paquistão faz pelo menos 8 mortos e 30 feridos

Pelo menos oito pessoas morreram e 30 ficaram feridas, este domingo, durante um ataque suicida contra uma igreja no sudoeste do Paquistão a poucos dias do Natal, anunciou a polícia. O ataque foi perpetrado por dois …

Gravuras rupestres mostram que os cães ajudaram o Homem a sobreviver

Foram descobertas na Arábia Saudita gravuras rupestres que mostram que o Homem já caçava com cães há oito mil anos. Os cientistas continuam a tentar perceber quando e como é que começou a relação entre humanos …

Aves exóticas nasceram no Zoo de Lisboa de ovos apreendidos a traficantes

Mais de 20 aves exóticas, de nove espécies, cujo destino era o tráfico, nasceram no Jardim de Zoológico de Lisboa, onde chegaram em ovos apreendidos pelas autoridades no aeroporto da capital, nos últimos anos. Os ovos …