Andaluzia avança com “independência” (e quer roubar-nos o Alentejo e o Algarve)

O Grupo Independentista Assembleia Nacional Andaluza anunciou que irá avançar com uma declaração de independência virtual esta segunda-feira.

A Assembleia Nacional Andaluza, grupo independentista liderado pelo poeta, dramaturgo e pintor Pedro Ignacio Altamirano, defende uma Europa de povos, mais do que uma Europa de Estados e fronteiras.

É por esta razão que a ANA vai avançar, já esta segunda-feira, com uma declaração de independência virtual, cuja data já havia sido revelada.

“Dia 4 de Dezembro vamos criar uma espécie de governo da República – virtual – para que os andaluzes possam observar como se governa a Andaluzia a partir da Junta de Andaluzia e de Madrid e como se poderia governar a Andaluzia a partir de um governo de uma República”, explicou Pedro Altamirano à TSF.

A intenção consiste em formar um governo virtual, com ministros, delegados e um presidente da república de forma a mostrar aos habitantes da região como funcionaria uma república independente – caso esta fosse real.

Apesar de ser um projeto meramente simbólico, Pedro Altamirano defende a independência da Andaluzia. “Consideramos que uma reforma da Constituição de 1978 não é suficiente para garantir a governação da Andaluzia. É necessário romper com o atual modelo de Estado e conseguir a independência“, explicou à TVI24.

A 4 de dezembro de 1977 ocorreu uma grande manifestação nas ruas da Andaluzia, em que um milhão e meio de pessoas protestaram a autonomia da região. A data do anúncio da declaração de independência virtual não foi, assim, escolhida por acaso.

(dr)

Após a crise da Catalunha, este assunto mereceu as atenções da comunicação social. Sobre este assunto, Altamirano afirma que se a Catalunha se tornar independente, haverá “uma verdadeira cascata de nações que atualmente fazem parte da Espanha a querer a independência”. E Andaluzia será uma delas.

Mas, mais do que defender a independência da região, Altamirano defende “a visão romântica de que a Europa é feita de povos, unidos pela cultura e pelas tradições, deixando os Estados, limitados pelo modelo de fronteiras, de lado.

Assim, a independência da Andaluzia iria basear-se na constituição de uma república de Estados-províncias, designada de Países Andaluzes. Portugal não iria ficar de fora: o território inclui o Alentejo e o Algarve.

ZAP //

PARTILHAR

35 COMENTÁRIOS

  1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH A independência da Catalunha já está a correr tão beeem… EHEHEHEHE É preciso ser-se mesmo masoquista, para além de ignorante!

  2. Mas agora os espanhóis estão com a febre de independência ? E agora quer anexar estados que nem são deles ? Então mas que palhaçada é essa?!
    Além da questão da Catalunha , Europa já fiz o que tinha a que fazer e disse que não serão considerados parte da união europeia .
    E concordo plenamente com essa decisão.

    Estes valores morais que se transmite na escola , universidade devem ser revistos pois eles não são preparados mentalmente para agir de forma lógica e justa.

  3. Virtualmente, eu e minha esposa (presidente e 1a ministra do grupo “Familia de minha casa”) declaramos a nossa casa como “republica da minha casa”, ate ja temos um tapete do IKEA na entrada a referir que estão a entrar na “republica da minha casa”.
    Actualmente atravessamos uma fase de discórdia e temos planeado um referendo para independentizar o salão, tendo o sofá, a televisão e mesa da sala como estados principais, a discussão em curso prende-se com qual sera a capital.

      • O problema esta que neste referendo existe muito ruído de fundo, os mais novos ( 4 menores) estão a fazer ” lobby” na maquina de gelados.
        Se calhar, á semelhança de Andaluzia, vou ter que virtualmente anexar a cozinha dos vizinhos, Um casal gay muito simpático e os dois loucos por Cerveja e Gin.

  4. Ora o espertalhão do espanholito que nos devolva para cá Olivença e se tem de facto quezílias com os ditadores de Madrid que resolvam lá a coisa entre eles e não metam a vizinhança à mistura porque pode-lhes acontecer uma batalha de Aljubarrota ou uma janela aberta para deitar o gajo janela fora como aconteceu ao Miguel de Vasconcelos.

  5. Como Galego ficaria imensamente contente se vcs trocarem o Alentejo e o Algarve polo meu país e voltassemos a estar juntos. A Galiza atual que está a morrer devagar e conseguiria viver. E, aliás, já agora, a independência dos povos, sempre que for pacífica e democrática, é um direito das maiorias desse povo em questão.

    Saudações irmãs.

    • Pessoalmente até gosto muito das galegas 🙂
      São bem mais simpáticas do que as alentejanas e as algarvias. Por mim… troco.

  6. eu quero o meu ALGARVE independente pois desde que os portugas o ocuparam tem sido sempre a roubar o algarve viva o algarve independente viva a F.P.L.A FRENTE de LIBERTACAO DO ALGARVE fora os gatunos do algarve queremos a via do INFANTE sem portagens queremos a nossa pescas de volta assim como as fabricas de peixe que o malfadado mario soares e o traidor ao ALGARVEcavaco desmantelaram viva o ALGARVE independente o ALGARVE para os Algarvios fora toda a escumalha exploradora

    • Olhe que esses dois que enumera passavam muito tempo por aí. O segundo até é daí e todos nós tivemos de levar com ele. Mais valia ter ficado aí… em boliqueime a atestar carros…

  7. Sempre haverá idiotas em qualquer lado e em qualquer função, e outros idiotas que lhes dão visibilidade. Tudo isso é tão credivel como o Principado da Pontinha, em que um idiota comprou uma rocha e diz ser independente de Portugal .

  8. O Alentejo formará a sua própria República Independente do Alentejo (R.I.A.) mas sem Espanhóis (serão admitidas algumas Espanholas seleccionadas).

    • Apoio incondicionalmente!
      Viva as Berlengas Livres! Fora a opressão!

      Está desde já criado o MEB – Movimento de Emancipação das Berlengas. Mas apenas da Berlenga Grande porque o resto não alinha… têm outros objetivos em mente.

    • A península de Setúbal pertence de facto à Estremadura portuguesa mas, se a base do movimento deles são os povos, então teremos uma grande fatia de alentejanos a viver nessa zona, o que seria mau se votassem num referendo a favor do “GIANA”. Lembrem-se do que aconteceu ao Kosovo, que fazia parte da Sérvia mas em que a maioria da população era de origem albanesa e lutou pela independência. Todavia, como aquela “Declaração de independência” é virtual não nos devemos preocupar. A propósito, como foi o nosso rei D. Afonso III que ajudou o então rei de Castela a conquistar o sul da Península Ibérica aos mouros, que tal reivindicarmos parte do sul de Espanha para nós, o que incluiria a zona oeste do “Bajo Guadalquivir”? É melhor não…

  9. Acho muito bem! Desde que o Algarve e o Alentejo estejam de acordo (não me parece)… Caso contrário… vão bardam…a!

  10. Se o Sr Altamirano conhecesse minimamente o povo Português talvez pensasse duas vezes na anexação idiota.
    Estes comunas cobardolas não desistem em arranjar território para escravizar quem aí viva.
    O Sr proferiu uma atoarda contra a nossa Constituição, e claro apadrinhado por um ignorante programa de rádio ou televisão.
    Estes mierdas ganham tempo de antena com os amigos esquerdonços instalados nos nossos media.
    A ser verdade que estes media foram os veículos das atoardas desse espanhol andaluz, não é liberdade de expressão o que a TSF ou a TVi fizeram, é traição. À conta destes idiotas com tempo de antena, D Afonso Henriques deve andar às voltas no túmulo.
    O Sr Procurador deve investigar e levar a tribunal os engraçados que desrespeitaram a Constituição.

RESPONDER

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …

Hungria quer proibir conteúdos sobre homossexualidade a menores de 18

O Governo conservador húngaro preparou nova legislação que proíbe a exibição de material pornográfico de qualquer tipo e de quaisquer conteúdos que encorajem a mudança de género ou a homossexualidade a menores de 18 anos. O …

Boris "não hesitará" em suspender acordo por causa da Irlanda do Norte

O primeiro-ministro britânico afirmou, este sábado, que "não hesitará" em suspender o acordo do Brexit se a União Europeia (UE) não mostrar flexibilidade e aceitar aplicá-lo de forma "sensata". "Se o protocolo continua a ser aplicado …

País de Gales 1-1 Suíça | Desperdício helvético com preço alto

Dois golos nascidos em pontapés de canto ditaram, este sábado, um empate 1-1 entre um País de Gales aguerrido e uma Suíça penalizada pela ineficácia ofensiva, num embate da primeira jornada do grupo A do …

Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, …

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …