Ana Gomes estranha silêncio de Marcelo sobre acordo entre Chega e PSD

Tiago Petinga / Lusa

A ex-eurodeputada Ana Gomes

A candidata presidencial Ana Gomes afirmou estranhar o silêncio do Presidente da República sobre o acordo parlamentar entre o Chega e o PSD nos Açores, defendendo que deveria ser divulgado o acordo entre os dois partidos.

“Estranho que ainda não tenhamos ouvido [Marcelo Rebelo de Sousa sobre o acordo parlamentar que viabiliza o governo nos Açores], mas não perco a esperança de que o possamos ouvir nos próximos dias sobre esta matéria, que é de tamanha importância para a saúde da democracia em Portugal”, disse esta quinta-feira Ana Gomes, que respondia a perguntas dos jornalistas após uma visita ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Questionada pela agência Lusa, a candidata presidencial considerou que o Presidente deveria instruir o Representante da República para os Açores, nomeado por Marcelo Rebelo de Sousa, para “fazer aquilo que é indispensável – tornar público o acordo escrito que deu origem a toda esta situação que é grave para os Açores e grave para a República”

Ana Gomes vê com “satisfação” o facto de haver “muita gente”, quer no PSD quer no CDS, a demarcar-se do acordo entre os sociais democratas e o Chega, mas salientou que não compreende o silêncio de Marcelo Rebelo de Sousa.

“Ouvimos frequentemente [o Presidente da República] opinar sobre todas as matérias, incluindo sobre aspetos do posicionamento do seu partido de origem, o PSD – ainda há pouco tempo o ouvimos falar sobre a posição que o PSD deveria ter em relação ao Orçamento do Estado. Pois, eu estou a aguardar ouvir o senhor Presidente da República sobre esse acordo”, acrescentou.

Segundo a candidata, é com “muita inquietação” que vê “um partido com sólidas credenciais democráticas como o PSD, com uma génese até social democrata, a abdicar daquilo que deveriam ser as linhas vermelhas e fazer um entendimento com um partido racista, xenófobo, anti-constituição, de extrema direita“, no sentido contrário do que fazem outros partidos da sua família europeia, que estabeleceram “uma linha de demarcação dessas formações de extrema direita”.

“Ao contrário do que se tem procurado dizer, de que é um acordo que está contido aos Açores, obviamente não está contido. Os Açores são território da República Portuguesa. Para além do mais, se um acordo deste tipo é feito nos Açores pode ser replicado no continente e isso ameaça a democracia”, frisou.

O acordo nos Açores

O líder do PSD/Açores, José Manuel Bolieiro, foi indigitado no sábado presidente do Governo Regional pelo representante da República para os Açores, Pedro Catarino.

O PS venceu as eleições legislativas regionais, no dia 25 de outubro, mas perdeu a maioria absoluta, que detinha há 20 anos, elegendo 25 deputados.

PSD, CDS-PP e PPM, que juntos representavam 26 deputados, anunciaram esta semana um acordo de governação, tendo alcançado acordos de incidência parlamentar com o Chega e o Iniciativa Liberal (IL).

Com o apoio dos dois deputados do Chega e do deputado único do IL, a coligação de direita soma 29 deputados na Assembleia Legislativa dos Açores, um número suficiente para atingir a maioria absoluta.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas o Chega não é um partido legal em Portugal? E não apreceram portugueses a votar DEMOCRÁTICAMENTE no Chega? Esta senhora o que fazia de melhor era ficar calada, em vez de querer dar lições ao Presidente da República, cargo que para o qual ela não tem qualquer aptidão!
    As eleições não foram fraudulentas, que se saiba, nos Açores e não cabe portanto ao Presidente pronunciar-se sobre políticas internas deste ou daquele partido! Não é essa a sua função!
    O mínimo que se poderia exigir a uma candidata à Presidência é que compreendesse quais as funções de um Presidente da República em Portugal! Aparentemente nem isso sabe, senão não viria com atoardas destas.

RESPONDER

Escavações revelam canibalismo azteca durante invasão espanhola

Centenas de invasores espanhóis capturados na localidade azteca de Tecoaque em 1520 terão sido sacrificados e devorados pelos indígenas, motivando um posterior massacre ordenado pelo "conquistador" Hernan Cortés. Um estudo publicado pelo Instituto Nacional de Antropologia …

A carrinha NV350 da Nissan inaugura uma nova forma de teletrabalho

O teletrabalho pode tornar-se menos aborrecido graças à Nissan. A fabricante japonesa apresentou a sua carrinha NV350 através do YouTube, na semana passada. A empresa destacou a principal caraterística deste veículo: pode ser formatado para …

Hospitais estão no limite. Modelos computacionais podem ajudar a manter as portas abertas

Modelos computacionais podem ser aplicados para ajudar a fazer uma melhor gestão das camas disponíveis para o internamento de doentes infetados com o novo coronavírus. A covid-19 está a causar pressão nos serviços de saúde em …

Guardas diabólicas. Mulheres comuns pertenceram à SS (e torturaram outras em campo de concentração)

Prosseguir, torturar e matar judeus não foi uma ação impulsionada apenas por homens. Na altura da Segunda Guerra Mundial foram muitas as mulheres que se juntaram à SS para fiscalizar e realizar tarefas nos campos …

Sp. Braga 2-1 Benfica | Braga bate Benfica no jogo aéreo e volta à final da Taça da Liga

O Sporting de Braga venceu esta quarta-feira o Benfica por 2-1, com dois golos de cabeça, e vai defender o título na Taça da Liga em futebol na final de sábado, frente ao Sporting, em …

EUA. Com medo da covid-19, homem esconde-se em aeroporto durante três meses

Com receio de ir para casa devido à covid-19, um homem de 36 anos ficou durante três meses no Aeroporto Internacional O'Hare, em Chicago, nos Estados Unidos (EUA), sem ser descoberto. De acordo com um artigo …

Congeladores em vez de assentos. Empresa remodela avião para transportar vacinas contra a covid-19

O transporte de vacinas contra a covid-19 acabou de se tornar mais fácil graças a uma empresa aeronáutica italiana que remodelou uma avião para o efeito. A empresa italiana Tecnam normalmente fabrica peças de aeronaves para fabricantes, além …

Netanyahu tem a seringa com que foi vacinado contra a covid-19 exposta no seu escritório

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, guardou a seringa com que foi vacinado contra a covid-19. O objeto está agora exposto no seu escritório no interior de uma caixa de vidro com uma base em …

Presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusado de 11 crimes

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande foi acusado de 11 crimes na sequência dos incêndios de junho de 2017, sete de homicídio por negligência e quatro de ofensa à integridade física por negligência. Numa informação …

"Uma bênção". Benfica comprou Everton ao Grémio (e acabou por salvar o Fortaleza)

O Benfica comprou Everton "Cebolinha" ao Grémio por 20 milhões de euros, mas acabou por salvar a situação económica do Fortaleza, clube brasileiro que fez parte da formação do jogador canarinho. O Fortaleza acabou por …