Ana Gomes arrasada por “fazer pouco” de jotinha do CDS

European Committee of the Regions / Flickr

Ana Gomes, ex-eurodeputada do Partido Socialista

A ex-candidata presidencial Ana Gomes está no meio de uma polémica, depois de um comentário que deixou no Twitter a uma intervenção de um dirigente da Juventude Popular de Sintra, onde este falava de Mamadou Ba. Há quem a acuse de fazer cyberbullying, que “é crime”.

Em causa está uma reacção de Ana Gomes a uma publicação da Juventude Popular de Sintra protagonizada por João Sousa, secretário-geral dos jotinhas do CDS daquela concelhia.

O jovem fala da polémica em torno de Mamadou Ba e justifica o apelo feito pelo CDS para que o activista anti-racista seja afastado do grupo de trabalho contra o Racismo que foi criado pelo Governo.

O caso tem por base declarações feitas por Mamadou Ba, ex-dirigente do Bloco de Esquerda, sobre o tenente-coronel Marcelino da Mata que morreu na passada semana, vítima de covid-19.

Mamadou Ba falou do militar como “um criminoso de guerra” e o jovem do CDS diz que foi um “herói nacional da guerra colonial” que “salvou a vida a centenas de portugueses”.

Num vídeo publicado no Twitter, João Sousa nota ainda que o luso-senegalês insiste em “atacar a cultura e os símbolos nacionais do país que o acolheu”, lembrando algumas das suas declarações mais polémicas como quando falou da “bosta da bófia” ou da “morte do homem branco”.

Assim, o jotinha do CDS acusa Mamadou Ba de “incitamento ao ódio e à segregação racial”, considerando que “o racismo não é uma opinião, é um crime punido por Lei” no nosso país.

A terminar, João Sousa ainda questiona os seguidores da Juventude Popular de Sintra se acham que “é justo com os impostos dos contribuintes pagarmos a este homem para ele integrar um grupo de trabalho para um problema tão sério como o racismo”.

Num comentário a este vídeo, Ana Gomes refere-se ao jovem como “tadinho” e pergunta “Quem lhe enfiou aquele capacete prussiano?”.

https://twitter.com/PopularSintra/status/1361783954559422466

Ora, estas palavras provocaram indignação na rede social, com várias pessoas a acusarem a ex-eurodeputada de estar a “fazer pouco” do jovem centrista.

Gozo público, gratuito. Sem se tratar de qualquer opinião política. Chama-se cyberbulling“, acusa o utilizador do Twitter Daniel Monteiro, acrescentando que “para além de ficar muito mal a uma ex-eurodeputada ao Parlamento Europeu e candidata à Presidência da República, é crime“.

A advogada Maria Helene Evangelista fala em “bodyshaming” e o utilizador Francisccybero Simões acusa Ana Gomes de “fazer pouco da aparência de um miúdo”, notando ainda que Marcelino da Mata foi “torturado por militantes do MRPP, talvez à época ainda camaradas da dita ex-candidata” presidencial.

Já a utilizadora do Twitter Claudia Shandi refere-se ao “batom vermelho da hipocrisia“, realçando que “o jovem em questão podia ser neto” de Ana Gomes. “Está a atacar o próprio em vez do que ele defende?”, pergunta ainda, concluindo que “com a sua exposição mediática”, “isto pode fazer o jovem sentir-se muito mal”.

Numa espécie de resposta a Ana Gomes, a Juventude Popular de Sintra criou a hashtag #SomosTodosPrussianos.

Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

49 COMENTÁRIOS

  1. Ana Gomes fica muito mal nisto tudo. Já chega de descriminação racial mas também de descriminação pela aparência. Ao recorrer à falácia do ataque pessoal, perde toda a razão.

    Fiquei impressionado foi com a coragem que o zap teve em chamar também de “jotinhas” à junventude do cds. Nunca pensei tal! Não é que não tenha razão mas assim, tão declaradamente, ui!

  2. Eheheheee… o betinho do CDS foi vítima de ciberbulliyng por parte da Ana Gomes…
    Coitadinho do menino…
    .
    O Marcelinho da Mata andava de mão dada com o PNR, mas são os saudosistas do CDS (e seus descendentes – como esta amostra de gente) que mais falam dele… curioso…

  3. Vergonha!
    É assim que se percebe a laia desta gente e os seus verdadeiros valores (ou falta deles).
    Também podia dizer que o Ana Gomes tem cara de homem, chamar-lhe macha, mas não vou seguir o triste exemplo que esta criatura deu…

  4. Mulher que é valente é assim! Não tem medo de meninos com a idade de ser neto dela e vai disso ataca-lhe o cabelo, em vez de rebater as ideias do menino. Ficava-lhe bem um pedido de desculpas pois todos nós erramos e reconhecê-lo é um acto de honestidade intelectual!
    Já agora, os tais do MRPP que alegadamente terão torturado o Marcelino, serão amigos desta senhora?

  5. Admiro os políticos que para combaterem aquilo que chamam de ideologia de direita fascista e radicais, utilizam a argumentação e os métodos que dizem condenar?
    Estou farto duma classe política que luta contra moinhos e fantasmas do passado e que pouco ou nada se preocupa com o presente e o futuro.
    Esta classe política empurra com a pança cheia uma dívida colossal para os meus netos pagarem, mesmo que voltem a ser escravos!
    Portugal é, democraticamente, um país adiado!
    Ainda ninguém respondeu porque Salgueiro Maia, foi o único herói que regressou ao quartel de Santarém, sem condecoração, ou promoção. Em 86 falei com ele e apenas encolheu os ombros.
    Há homens que não são mensuráveis pela grandeza que são!
    Hoje….Muitos vendem-se, e são comprados por promessas e cargos e alimentam a corrupção ideológica e social dum país liderado por meios-homens, sem palavra e com a mentira como virtude!
    Vivemos um país adiado! Acorda, Camões!

    • Por acaso Salgueiro Maia foi condecorado a título póstumo. Tarde mas foi.
      Isso não invalida o que disse dele.
      Conheco-o bem. Foi meu comandante de esquadrão e depois cruzei-me com ele na Guiné.
      Era o que eu chamo de um homem de esquerda às direitas.
      Nunca esqueci o 2cavalos amarelo que ele próprio andava a recuperar.

  6. Ana Gomes sob a capa de anti-fascista revela que na realidade é mais fascista, mais manipuladora, mais anti-democrática do que aqueles que ela acusa de serem anti-democraticos. É uma triste amostra de politica, que foi quase escorraçada da seu partido, que não se dá bem com ninguém, nem com os do seu partido nem com ninguém. Felizmente estará dotada ao esquecimento pois politicamente nada vale.

  7. Quando é a direita a usar algum vernáculo menos próprio é o verdadeiro fim do mundo. A esquerdalha pinta os lábios e contorce-se de indignação. Quando é a esquerda… a direita tem de aceitar calada. Boa conceção de democracia tem esta esquerda.

  8. Não houve tanto escândalo quando foi a bastonária dos enfermeiros a ofender tanta gente. Será porque ela pode, de acordo com a sua ideologia política, e os outros não!

    • Está a falar do quê?
      De quando a bastonária chamou gorda fura-filas à autoproclamada gorda que furou filas?
      Se sim, o facto de pôr tudo ao mesmo nível, comparando uma gorda que fura-filas, que roubou uma vacina a quem dela precisava e que até pode ter provocado a morte de alguém, com alguém que é covardemente atacado apenas porque tem uma opinião, diz muito de si e de quem você apoia.

    • Aparentemente só os grunhos apoiantes da seita do Ventura (ou equivalentes) tem o direito a insultar tudo e todos!…
      Já se for uma “taberneira” como a Ana Gomes a gozar com um rapazinho com cara de “consanguinidade” (e que mal deve saber para que lado é o norte!); é CRIME!!
      .
      Já que não tem muito jeito para a politica, espero que a Ana Gomes continue assim desbocada para nos fazer rir!…

  9. Acredito que ele fez esse comentário não tanto para “falar mal do cabelo” mais para perguntar quem o pos ali, em frente a camara a dizer aquelas coisas

  10. Essa gaja não para de fazer trampa. É discurso de ódio, é importação ilegal de vacinas e agora também é cyberbully. Tudo a procura de protagonismo populista.

    • Ainda vai pousar nua numa qualquer revista, a bem da liberdade dos direitos das mulheres e a ver se arranja mais uns votos. Embora me pareça que vai perder eleitorado com essa iniciativa.

  11. Já estou como o Perestrelo, mas o que é que é isto oh meu! Mete-se cedinho na política e depois grita pela mãezinha?! Não há político que não seja desancado de alto a baixo aqui nas caixas de comentários e agora que o betinho levou a primeira esfregadela cai o carmo e a trindade? Oh balhame deus! Se não tem estofo para isso que se dedique a outra coisa. Sim eu seu que está difícil de arranjar emprego.

  12. Portanto, além de termos de combater estes racistas acidificados disfarçados de activistas, temos também de combater a soberba destes políticos.
    Lá vai o Chega ganhar mais votos … É pena é estes votos não se deverem ao programa eleitoral e serem apenas por reacção aos arrogantes, pretenciosos e incompetentes que nos governam

      • E tu, és o quê? Já paraste para pensar bem em TUDO AQUILO QUE ESCREVES?

        Ponto número um: para que serve a tua arrogância?
        Ponto número dois: Trump FOI presidente dos Estados Unidos da América.
        Ponto número dois, cinco: Estados Unidos da América e Portugal dois países DISTINTOS, ou o senhor “Eu!” não tinha conhecimento disso?
        Ponto número três: Ventura foi um candidato a presidente.
        Ponto número três, cinco: não compare um presidente com um candidato, ainda por cima, de outra região do mundo.
        Ponto número quatro: a Ana Gomes NÃO É uma pessoa. É uma desvairada que quer acabar com os seus partidos, e tentar caçar votos, mas já lhe tiraram a caçadeira (UFA…)!

  13. Votei na Ana Gomes para Presidente da República, e não foi por ser monárquico e me querer “vingar” da república… ; ) Mas receio que ela ainda não tenha aprendido a necessidade de respeitar os outros, mesmo os que não pensam como ela…

RESPONDER

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco, assente em quatro níveis. Portugal não …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …

Gabriel foi afastado do plantel e pode ser reforço de Rui Vitória

Jorge Jesus não conta com Gabriel para a próxima temporada e já colocou o médio a treinar à parte do plantel, acompanhado por um preparador físico. O Benfica está a trabalhar com o representante do jogador …

Governo quer reduzir para três o número de testemunhas em processos civis

O Governo quer reduzir para três o número máximo de testemunhas por cada facto que se queira ver provado em tribunal no âmbito de um processo, visando aumentar a celeridade e estabelecer um critério de …

Myanmar. Junta militar anula resultados das eleições de 2020

Militares entendem que a votação não foi "livre e justa". Anúncio da anulação das eleições de 2020 não foi acompanhado de uma data para a realização de um novo ato eleitoral — tal como seria …

Contas públicas agravam-se face a 2020. Receita fiscal volta a crescer

Ministério de João Leão atribui incumprimento à terceira vaga da economia, que significou novas restrições à circulação e nos horários dos estabelecimentos. A receita fiscal e contributiva cresceu, um sinal animador para uma recuperação económica …

Ugarte está a caminho de Alvalade, mas Amorim quer mais três reforços

O Sporting já terá garantido a contratação de Manuel Ugarte, mas Rúben Amorim ainda quer trazer mais um avançado, um extremo e um defesa-central. Depois de várias rondas de negociações, o Sporting finalmente chegou a acordo …

Marcelo começou a receber partidos. "Recuperação socioeconómica" é preocupação comum

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, começou a receber os partidos políticos com assento parlamentar esta segunda-feira. À saída do encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, João Cotrim de Figueiredo disse que levou até …

"Não consigo aceitar": português chora depois de perder nos Jogos Olímpicos

Anri Egutidze ficou claramente desiludido por ter perdido logo no seu primeiro combate no torneio masculino de judo: "Vim para ganhar, mesmo". Anri Egutidze chegou aos Jogos Olímpicos para lutar por uma medalha no judo, categoria …