Ambulância do INEM (acabada de reparar) incendeia-se no hospital

Estela Silva / Lusa

No final da manhã deste domingo, uma ambulância incendiou-se dentro do hospital Rainha Santa Isabel, em Torres Novas.

Uma ambulância do Instituo Nacional de Emergência Médica (INEM) incendiou-se, este domingo, quando estava estacionada na base, o hospital de Torres Novas.

Segundo o Expresso, nenhum dos tripulantes da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), um técnico de emergência pré-hospitalar e um enfermeiro, ficaram feridos. A ambulância não tinha nenhum paciente a bordo.

Embora não haja nenhuma informação oficial sobre o sucedido, fontes contactadas pelo jornal falam de veículos envelhecidos. Segundo fonte do INEM, a ambulância realizou, no domingo, um serviço de emergência médica pré-hospitalar às 8h14 que terminou às 11h00.

“O incidente ocorreu às 11h48 com a ambulância parada, parqueada nas urgências do Hospital”, conta. O INEM acionou os Bombeiros Voluntários de Torres Novas e a PSP. Pelas 13h30 “o INEM colocou uma ambulância SIV ao serviço, em substituição da acidentada”.

A viatura em questão “beneficiou de uma grande reparação no mês de dezembro de 2017, tendo sido colocado um motor novo, com dois anos de garantia, num investimento de mais de 10.000 euros”, esclareceu a fonte.

A ambulância, que entrou ao serviço como SIV de Torres Novas no dia 21 de maio, tinha 157.083 km, e o motor (novo) tinha menos de 10.000 km de funcionamento. “A última intervenção ocorreu no dia 10 de maio com a colocação de um novo conversor”, refere a fonte do INEM ao mesmo jornal.

Incidentes como este mostram as falhas do sistema. A reportagem do Expresso “INEM em estado crítico” evidencia uma situação de bases degradadas, viaturas sem manutenção, equipamentos desadequados, fármacos em falta ou escassez de profissionais.

“As ambulâncias SIV, com técnico e enfermeiro, na sua maioria, não passariam na inspeção. Os pneus estão gastos, a direção tem folgas, os amortecedores estão totalmente danificados e, mesmo assim, temos de fazer uma condução a grande velocidade”, denunciou um técnico de emergência pré-hospitalar da região de Lisboa.

Já um enfermeiro do Norte referiu que “nas ambulâncias SIV que não estão integradas numa unidade de saúde, a reposição dos stocks é muito difícil e optamos por pedir aos colegas da Urgência para dispensarem material”. “Chegamos a pedir seringas, sistemas de soros ou medicamentos”, confessa.

Ao instituto são apontadas falhas em todas as áreas. O Expresso frisa que quem critica diz-se prejudicado, razão pela qual todos os testemunhos foram feitos sob anonimato.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Loja de telemóveis apanhada a vender álcool gel com lucro até 400%

Os inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram, em Lisboa, uma loja de reparação e venda de acessórios para telemóveis a vender frascos de gel desinfetante de 500 ml a 24,95 euros …

Em Portimão, uma sirene toca quando alguém sai de casa sem justificação

A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém sair de casa e andar na rua sem justificação. O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de Portimão em comunicado. De …

Short Selling - ou como vender ações emprestadas para ganhar muito dinheiro

Vender ações da bolsa que não são suas é uma forma de ganhar bastante dinheiro. Esta forma de negociação, denominada short selling, é muito lucrativa mas implica algum risco, pelo que é prudente aconselhar-se junto …

"Nem mais um abuso". Grupo no Whatsapp servia para planear ataques à polícia em Espanha

Dois homens de 25 e 30 anos, os dois criadores de um grupo de Whatsapp que servia para planear ataques à polícia espanhola, foram detidos esta terça-feira. De acordo com o jornal espanhol El País, o …

Trabalhadores independentes que reduziram descontos da Segurança Social terão apoio mais baixo

Os trabalhadores independentes que optaram por reduzir em 25%, de forma fictícia, o rendimento sobre o qual incidem as contribuições, e que por isso descontaram menos, verão refletida essa diminuição no apoio que podem receber …

Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o …

Pandemia pode criar mais 520 milhões de pobres

Um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) conclui que a pandemia do novo coronavírus poderá deixar mais 520 milhões de pessoas a viver com rendimentos inferiores a cinco euros por dia, num cenário de …

Cerca de 20% dos eleitores de Bolsonaro estão arrependidos da escolha

De acordo com uma sondagem divulgada esta quarta-feira, 83% dos inquiridos garantiram não estar arrependidos de terem votado em Jair Bolsonaro e 39% consideram "ruim ou péssima" a gestão do Presidente brasileiro face à crise …

Cascais comprou 850 mil máscaras à China. Vão ser vendidas à população a 70 cêntimos

A Câmara Municipal de Cascais investiu cinco milhões de euros na compra de equipamento médico e material de proteção individual. Com as pistas cheias de aeronaves paradas, o aeroporto de Lisboa viu aterrar mais um avião …

Tribunal dos Estados Unidos confirma 18 anos de prisão para familiares de Maduro

Um tribunal de apelação de Nova Iorque ratificou a condenação a 18 anos de prisão de dois familiares do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por conspiração para enviar droga para os Estados Unidos. "Fica ordenado, julgado …