Altice pede afastamento do presidente da ANACOM para tecnologia 5G avançar

André Kosters / Lusa

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

O presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, pediu esta quarta-feira o afastamento do presidente da ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações, para que o 5G possa ser uma realidade em Portugal.

“É tempo de alguém que tenha responsabilidades naquilo que é o futuro e a gestão do país ter a coragem de tomar uma decisão que todos reclamam: afastar o presidente da autoridade reguladora e de uma vez por todas assumir a liderança do dossier, para que o 5G seja uma realidade”, disse.

Alexandre Fonseca falava aos jornalistas à margem da comemoração dos cinco anos da Altice Labs, em Aveiro, referindo que o leilão “leva já sete meses” e o processo está no ponto em que se encontrava em novembro de 2020.

“Portugal é hoje um dos dois países europeus, a par da Lituânia, que não tem 5G ativo e não há perspetivas, pelo que a pergunta de quando é que vamos ter 5G deve ser feita ao regulador”, salientou.

Questionado pelos jornalistas sobre o SIRESP, o presidente da Altice disse estar preocupado por o tempo começar a escassear, dado faltarem 20 dias para o fim do contrato e permanecerem indefinições.

“Esperamos que nos próximos dias seja assinado um contrato, mas esse contrato vai ter que passar pelo Tribunal de Contas”, sublinhou Alexandre Fonseca.

O responsável da Altice diz não perceber porque não avança a prorrogação do contrato atual para operar o SIRESP por um período de 18 meses, até ser apreciada pelo Tribunal de Contas uma proposta de novo contrato, para que não haja impacto na operacionalidade da rede.

Alexandre Fonseca revela ter pedido uma audiência, com caráter de urgência, ao ministro Administração Interna, para manifestar a preocupação e vai avisando que, “se não houver um enquadramento jurídico ou contratual, a Altice Portugal não poderá operar a rede depois de 30 de junho”.

Os ativos da rede SIRESP que não são da Altice já são do Estado desde o dia 1 de dezembro de 2019 e eu não posso, mesmo que queira, por muito interesse público que esteja em cima da mesa, operar algo que não é meu”, declarou.

Alexandre Fonseca falava à margem da cerimónia que assinalou o quinto aniversário da Altice Labs, o “quartel-general” da inovação do Grupo Altice, com sede em Aveiro e vários polos em Viseu, Olhão, Oeiras, Madeira e Açores.

“Continuamos a investir em investigação e inovação enquanto líderes, e acreditando que Portugal tem potencialidades humanas à altura para se continuar a evidenciar no mundo da inovação”, afirmou no seu discurso.

O presidente executivo da Altice Portugal referiu-se à efeméride dizendo que “são cinco anos de criação de valor por via da inovação, com o trabalho de mais de 700 pessoas e uma rede de parceiros de referência”.

De acordo com informações da empresa, a Altice Labs marca presença no mercado global com produtos e soluções utilizadas por mais de 300 milhões de pessoas em 60 países.

A cerimónia foi marcada ainda pela assinatura de protocolos de colaboração da Altice com a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), a Universidade Nova de Lisboa e o Porto de Aveiro.

Com esses acordos de parceria para a transformação digital, aquelas entidades assumiram o compromisso de conjugar esforços, “no sentido de identificar iniciativas e projetos que contribuam, de forma positiva, para o progresso das áreas em que atuam”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Hahahaaaa… é só rir com estas atoadas da Aitce…
    Tal como os outros bandidos, não gostam da “polícia” e por isso pedem o seu afastamento…

RESPONDER

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …