Altice pede afastamento do presidente da ANACOM para tecnologia 5G avançar

André Kosters / Lusa

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

O presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, pediu esta quarta-feira o afastamento do presidente da ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações, para que o 5G possa ser uma realidade em Portugal.

“É tempo de alguém que tenha responsabilidades naquilo que é o futuro e a gestão do país ter a coragem de tomar uma decisão que todos reclamam: afastar o presidente da autoridade reguladora e de uma vez por todas assumir a liderança do dossier, para que o 5G seja uma realidade”, disse.

Alexandre Fonseca falava aos jornalistas à margem da comemoração dos cinco anos da Altice Labs, em Aveiro, referindo que o leilão “leva já sete meses” e o processo está no ponto em que se encontrava em novembro de 2020.

“Portugal é hoje um dos dois países europeus, a par da Lituânia, que não tem 5G ativo e não há perspetivas, pelo que a pergunta de quando é que vamos ter 5G deve ser feita ao regulador”, salientou.

Questionado pelos jornalistas sobre o SIRESP, o presidente da Altice disse estar preocupado por o tempo começar a escassear, dado faltarem 20 dias para o fim do contrato e permanecerem indefinições.

“Esperamos que nos próximos dias seja assinado um contrato, mas esse contrato vai ter que passar pelo Tribunal de Contas”, sublinhou Alexandre Fonseca.

O responsável da Altice diz não perceber porque não avança a prorrogação do contrato atual para operar o SIRESP por um período de 18 meses, até ser apreciada pelo Tribunal de Contas uma proposta de novo contrato, para que não haja impacto na operacionalidade da rede.

Alexandre Fonseca revela ter pedido uma audiência, com caráter de urgência, ao ministro Administração Interna, para manifestar a preocupação e vai avisando que, “se não houver um enquadramento jurídico ou contratual, a Altice Portugal não poderá operar a rede depois de 30 de junho”.

Os ativos da rede SIRESP que não são da Altice já são do Estado desde o dia 1 de dezembro de 2019 e eu não posso, mesmo que queira, por muito interesse público que esteja em cima da mesa, operar algo que não é meu”, declarou.

Alexandre Fonseca falava à margem da cerimónia que assinalou o quinto aniversário da Altice Labs, o “quartel-general” da inovação do Grupo Altice, com sede em Aveiro e vários polos em Viseu, Olhão, Oeiras, Madeira e Açores.

“Continuamos a investir em investigação e inovação enquanto líderes, e acreditando que Portugal tem potencialidades humanas à altura para se continuar a evidenciar no mundo da inovação”, afirmou no seu discurso.

O presidente executivo da Altice Portugal referiu-se à efeméride dizendo que “são cinco anos de criação de valor por via da inovação, com o trabalho de mais de 700 pessoas e uma rede de parceiros de referência”.

De acordo com informações da empresa, a Altice Labs marca presença no mercado global com produtos e soluções utilizadas por mais de 300 milhões de pessoas em 60 países.

A cerimónia foi marcada ainda pela assinatura de protocolos de colaboração da Altice com a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), a Universidade Nova de Lisboa e o Porto de Aveiro.

Com esses acordos de parceria para a transformação digital, aquelas entidades assumiram o compromisso de conjugar esforços, “no sentido de identificar iniciativas e projetos que contribuam, de forma positiva, para o progresso das áreas em que atuam”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Hahahaaaa… é só rir com estas atoadas da Aitce…
    Tal como os outros bandidos, não gostam da “polícia” e por isso pedem o seu afastamento…

RESPONDER

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …