Alterações climáticas podem expor base militar secreta da Guerra Fria

A base Camp Century foi construída por baixo da camada de gelo, na Gronelândia, pelos EUA, durante a época da Guerra Fria. Hoje o aquecimento global pode fazê-la aflorar e pôr em risco a população circundante devido aos perigosos e contaminantes componentes.

No ponto mais árido da Guerra Fria, há aproximadamente 60 anos, os EUA desenharam uma rede de lugares móveis parra o lançamento de mísseis nucleares por baixo da camada de gelo da Gronelândia.

O objetivo era preparar uma possível guerra com a União Soviética. Um destes sítios era Camp Century do projeto Iceworm. Para o local, foram dispensados uns quantos soldados que lá viviam com o único propósito de prevenir que a base fosse completamente coberta pela neve, cita a RT.

Quando o projeto Iceworm foi dado como terminado, em 1967, a base de Camp Century foi encerrada e abandonada. Os militares encarregues daquele projeto assumiram que o material perigoso da base – como combustíveis e materiais radioativos – se manteriam enterrados debaixo da espessa camada de gelo na Gronelândia para sempre.

No entanto, as temperaturas têm aumentado devido às alterações climáticas e os contaminantes perigosos ameaçam “renascer” do gelo, pondo em risco os habitantes da Gronelândia e arredores.

De acordo com um relatório publicado pelo Pentágono este ano, e citado pelo Motherboard, Camp Century não é a única instalação militar dos EUA no exterior ameaçada pelas alterações climáticas: mais de metade das bases militares de Washington por todo o mundo poderiam estar em risco.

No entanto, o projeto Iceworm pode ser um caso de estudo útil, segundo Jeff Colgan, professor associado de Ciências Políticas e Estudos Internacionais da Universidade de Brown.

Para o especialista, a pergunta quem deveria ser responsabilizado pelo destino de Camp Century transformou-se numa “batata quente” política, uma vez que não é claro de quem é a responsabilidade de limpar a zona.

Colgan avaliou o impacto das alterações climáticas nas bases militares como um problema político e diplomático, retirando o peso ambiental da questão.

Como Camp Century foi resultado de um tratado internacional entre a Dinamarca e os EUA, já que na altura a Gronelândia era uma colónia dinamarquesa, o projeto Iceworm mostra o quão complexas podem ser situações como estas.

“Não é uma questão prioritária. Na verdade, até é pouco falado em Washington. As únicas pessoas realmente preocupadas com esta questão estão na Gronelândia”, remata.

O Serviço Geológico da Dinamarca e Gronelândia, uma instituição de investigação independente na órbita do Ministério da Energia da Dinamarca, tem monitorizado as camadas de gelo da Gronelândia há anos e agora está especificamente a observar Camp Century.

Entretanto, os responsáveis políticos terão que determinar as medidas a tomar em relação a esta ameaça das alterações climáticas sobre as instalações militares. Das centenas de bases dos EUA espalhadas pelo mundo, “não é claro quantas enfrentam uma ameaça pelas alterações climáticas, como a da Gronelândia”, afirmou Colgan.

Outros lugares, como ilhas no Pacífico, também poderiam sofrer com o impacto das alterações climáticas, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Leipzig 2-1 Atlético | Alemães ganham asas e passam às “meias”

O 2.º semi-finalista desta edição da Liga dos Campeões está encontrado. Na noite desta quinta-feira em Alvalade, o Leipzig venceu o Atlético de Madrid por 2-1 e assegurou uma presença inédita nas meias-finais da prova …

EUA apreendem 1,6 milhões de euros em criptomoedas de organizações terroristas

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos apreendeu 2 milhões de dólares (1,6 milhões de euros) em contas de criptomoedas que vários grupos, incluindo a Al-Qaida e o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), utilizavam para …

"Janelas de Vinho". Itália ressuscita tradição do tempo da peste

Centenas de bares e restaurantes italianos "ressuscitaram" a tradição antiga das chamadas "Janelas de Vinho" durante a pandemia de covid-19, tentando assim servir os seus clientes com o mínimo contacto pessoal. A tradição remonta aos …

Um dos maiores telescópios do mundo ficou gravemente danificado devido a um cabo partido

O radiotelescópio de Arecibo, um ícone da busca para entender o Universo, sofreu graves danos como resultado do rompimento de um cabo. A causa da quebra e quanto tempo o telescópio demorará a ser consertado …

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …