Aliança defende aeroporto em Alverca (e não no Montijo)

António Cotrim / Lusa

O presidente do Aliança, Pedro Santana Lopes, defendeu esta terça-feira que o aeroporto complementar ao de Lisboa deve ficar situado em Alverca, apontando para “ganhos ambientais e socioeconómicos” para sustentar a posição.

“Não há nenhuma razão que torne o Montijo preferível do que esta solução óbvia que é Alverca. Alverca é a solução mais lógica e racional”, afirmou o líder da Aliança.

Pedro Santana Lopes, que falava esta tarde aos jornalistas no Heliporto de Oeiras, sublinhou que a base de Alverca, no concelho de Vila Franca de Xira, “sempre foi reconhecida como uma excelente localização para um aeroporto pela sua proximidade a Lisboa”.

“Está na margem com mais de 90% das origens e destinos, tem uma boa acessibilidade ferroviária e o custo para a dotar dessas condições não é superior aquilo que se prevê para o Montijo”, ressalvou.

O antigo primeiro-ministro admitiu que a hipótese Alverca já foi falada no passado e afastada, mas explicou que, agora, se introduz uma “solução inovadora” relativamente à nova pista a ser construída. “Construir uma nova pista cuja orientação enforme um par de pistas paralelas independentes é uma solução, nunca avaliada, que apresenta uma relação custo-benefício competitiva”, explicou, comparando a solução com aquela que existe no aeroporto britânico de Gatwick.

Relativamente aos benefícios ambientais, o líder da Aliança referiu que a implementação da nova pista em Alverca preserva a hidrodinâmica fluvial e reduz as emissões poluentes sobre a população.

“O desvio da maioria do tráfego aéreo para pistas de Alverca leva a que na vida da concessão se verifique à volta de menos sete milhões de voos sobre a população a baixa altitude, com os correspondentes benefícios a nível do ruído e redução da probabilidade de acidente aéreo”, sublinhou.

O líder da Aliança ressalvou que a intenção do partido não é fazer uma proposta, mas sim “um apelo ao Governo” para que reveja a opção Montijo. “Iremos agora procurar diligenciar junto do Governo, da Assembleia da República e do senhor Presidente da República este assunto para que se possa encontrar uma boa solução”, concluiu.

A ANA e o Estado assinaram a 8 de janeiro o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que prevê um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 e inclui a extensão da atual estrutura Humberto Delgado, em Lisboa, e a transformação da base aérea do Montijo.

No dia 4 de janeiro, o então ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou que serão cumpridas integralmente as eventuais medidas de mitigação que venham a ser definidas pelo estudo de impacto ambiental para o aeroporto complementar do Montijo.

O primeiro-ministro, António Costa, também já disse que apenas se aguarda o EIA para ser “irreversível” a solução aeroportuária Portela + Montijo, considerando haver consenso nacional sobre o projeto.

A 11 de janeiro, António Costa admitiu que “não há plano B” para a construção de um novo aeroporto complementar de Lisboa caso o estudo de impacto ambiental chumbe a localização no Montijo e voltou a garantir que “não haverá aeroporto no Montijo” se o estudo de impacte ambiental não o permitir.

A 8 de março, a associação ambientalista Zero anunciou que tinha interposto uma ação judicial contra a APA, para que seja efetuada uma Avaliação Ambiental Estratégica ao novo aeroporto do Montijo.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Se foi o Santana a fazer o “estudo”, tem tudo para estar completamente errado!!
    Também é engraçado só se lembrar agora…

  2. A base de Alverca também fica perto da reserva natural do estuário do Tejo tal como montijo levantando as mesmas questões ambientais… E Alverca não tem a mesma capacidade de crescimento que o Montijo

  3. Nem Montijo nem Alverca.
    Ambos os locais são maus por diferentes razões.
    Montijo não passa numas conclusões ambientais isentas, com uma das pistas a invadir o sapal protegido, perigo de colisão com aves e com corredores aéreos inter secantes com a Portela. Aeroporto sem possibilidade de crescer, enclausurado numa península.
    Alverca apresenta uma orografia desaconselhada, e uma densidade populacional obrigando a muitas alterações e indemnizações (se calhar muitos interessados). Acesso mau, congestionando ainda mais a A1.
    O aeroporto ficaria bem situado numa zona plana, desabitada, a meia distancia entre Samora Correia e Alcochete, ou perto de Rio Frio. Vejam no Google Maps.

  4. “redução da probabilidade de acidente aéreo” ????
    Este Santana é um iluminado… é só rir!

    Explica lá o Santana porque motivo é que Alverca reduz a probabilidade de acidente aéreo?
    É com cada energumeno!

  5. O Dr Pedro Santana Lopes é um visionário que tem o dom de raciocinar bem e saber defender com coragem aquela solução que se apresenta a melhor e nem sempre a que é mais popular.
    Não me lembro de nenhuma das suas obras, e o Dr. Pedro Santana Lopes tem obra que chegue para mostrar, que não seja hoje reconhecidamente oportuna e importante.
    Ficarei atenta.

  6. Eureka.
    Que tal fazer o novo aeroporto, onde de resto já se encontra feito, em beja.
    Dar-lhe a funcionalidade para que foi criado, pois não nasceu certamente para ser um museu, pelo dinheiro que custou aos contribuintes. é longe da capital? Sim é.
    Mas valorizar o interior, seria apenas investir seriamente numa excelente ligação de transportes de ligação. Afinal quando foi construído era igualmente longe, a distancia não encolheu, nem esticou, apenas os eruditos cérebros.

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …

Portugal com mais 19 mortos e 2.577 casos confirmados

Portugal contabiliza este domingo mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim este …

Espanha decreta novo estado de emergência. Durará seis meses e terá recolher obrigatório

O Governo de Espanha aprovou este domingo o estado de emergência sanitária que permitirá a instauração do recolher obrigatório em todo o país para travar a de casos do novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro. O estado …

CDS quer saber se proibição de deslocações entre concelhos exclui assistir a espetáculos

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou este sábado o Governo se a proibição de deslocações durante o fim de semana dos Fiéis Defuntos exclui deslocações para assistir a espetáculos culturais, querendo saber como justifica a …

Pandemia "roubou" dez anos à almofada financeira das reformas

O jornal Público escreve este domingo que dez meses de pandemia foram o suficiente para encurtar em uma década o prazo previsto até ao esgotamento do fundo que serve de almofada financeira para o sistema …

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …