Aliados davam anfetaminas às suas tropas após terem visto os nazis fazê-lo

Era comum as tropas nazis tomarem metanfetaminas e cocaína que alegadamente melhorariam a sua performance. Agora, sabe-se que também os Aliados, depois de saberem que o exército Nazi o fazia, decidiram eles próprios tomar anfetaminas.

Um novo documentário sugere que após as Forças Aliadas terem descoberto que os nazis tomavam drogas para melhorar a sua performance, também os soldados britânicos e americanos optaram por tomar cocaína e Benzedrina, uma anfetamina que permite aguentar várias horas de desgaste físico.

Secrets of the Dead: World War Speed é o novo documentário da americana PBS, que estreou esta terça-feira e alerta para esta ideia. E não era só a exaustão física que levava as tropas a tomarem estas drogas. Também o cansaço e o choque psicológico eram fatores cruciais para o seu uso durante a Segunda Guerra Mundial.

O consumo destas substâncias químicas tinham alguns efeitos secundários, que poderiam deixar os soldados incapazes de funcionar ou até mesmo inconscientes. O Governo aprovava o uso destas drogas, de acordo com o All That’s Interesting, mas manteve em segredo até muito depois do fim da guerra.

A estimativa é que cerca de 35 milhões de comprimidos de Pervitina, um medicamento que continha metanfetamina e cujo usado é frequentemente associado a Hitler, tenham sido distribuídos a 3 milhões de soldados, marinheiros e pilotos alemães entre abril e junho de 1940.

Estas drogas permitiram aos soldados alemães combater durante dez dias seguidos em Dunkirk e caminhar, em média, cerca de 35 quilómetros por dia. E foi depois de encontrarem tabletes de comprimidos num avião germânico despenhado, que os britânicos retiraram a ideia de fazer o mesmo — apenas com uma droga diferente: a Benzedrina.

“A droga impede que você durma, mas não o impede de se sentir cansado“, explicou o historiador e consultor do documentário, James Holland. “O seu corpo não tem chance de recuperar do cansaço e chega um momento em sai do efeito da droga e acaba por colapsar”, acrescentou.

Isto foi o que aconteceu a um em cada três soldados das Forças Aliadas. Apesar de a droga ser eficaz a curto prazo, a longo prazo mostrou-se ser um grave problema para soldados de ambos os lados. Até hoje, os efeitos de melhoria de performance da Benzedrina ainda não foram cientificamente provados.

“Até o final da Segunda Guerra Mundial, o conhecimento sobre os efeitos colaterais destas drogas foram aumentando”, disse Holland. O historiador realçou ainda que muitos se tornaram viciados nestas drogas. “No final da guerra, pouca ajuda foi oferecidas àqueles que se tornaram viciados”, rematou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …