Aldeia de Montesinho 100% iluminada a LEDs

MiguelVieira / Flickr

-

A aldeia de Montesinho, em Bragança, tornou-se esta terça-feira a primeira da região norte a ter iluminação púbica exclusivamente iluminada a LED, o que vai possibilitar uma poupança anual na ordem dos €1.500 e uma redução no consumo de energia, de acordo com a Lusa.

Esta medida tem como pano de fundo o plano do município de Bragança para a eficiência energética, sendo que a autarquia investiu €2.400 euros na substituição das 48 lâmpadas de iluminação pública pela nova tecnologia LED, que não necessita de manutenção durante 15 anos.

“Isto é uma aposta clara do município que vem na senda daquilo que o próprio município defende enquanto eco-cidade”, explicou, em declarações à Lusa, o presidente da câmara Hernâni Dias, adiantando que a intenção da autarquia é alargar este projecto a mais aldeias.

Num futuro próximo, a câmara pretende adquirir entre 1.200 e 1.500 lâmpadas para instalar noutras aldeias brigantinas.

Situada no parque natural de Montesinho, a aldeia tem apenas 25 habitantes mas é uma das mais emblemáticas localidades do concelho, sendo a única da região, até agora, a beneficiar da novidade.

Na cidade de Bragança, esta tecnologia já foi instalada numa rua junto aos Paços do Concelho e no túnel da Av. Sá Carneiro, onde se registou uma redução de 85% nos consumos energéticos.

Anualmente, a autarquia brigantina gasta €1,5 milhões em iluminação pública. O desejo da câmara é conseguir ter lâmpadas LED em todo o concelho, mas, por se tratar de equipamento caro, com um custo que ronda os €300 por unidade, tal ainda não é possível.

A introdução da iluminação pública LED é uma das medidas inseridas num plano municipal que tem como metas a redução de consumos em 65% nos combustíveis dos transportes públicos, 47% nos edifícios e equipamentos municipais e 44% na iluminação, entre outras.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Realmente fica carissimo , mas é assim Portugal sendo um país pobre quer ser rico , não vejo interesse nenhum nisso , comprei uma pequena lampada led para a mesa de cabeceira custou 5,50 euros. Portugal não se pode dar a estes luxos, a começar pelas autarquias que gastam dinheiro mal gasto . Li uma noticia que a C. M. de Vila Pouca de Aguiar , uma coisa pequena tinha adquirido 13 viaturas todo o terreno , e tenho muito mais casos que aqui poderia contar. O que é poupar 1.500 euros /ano se cada led custa 300 euros.
    Meus senhores leiam as noticias e não desbaratem o dinheiro antes que o BCE feche a torneira, que a troyca nos mande lixar e depois comemos Leds com batatas.
    Melhores Cumprimentos
    Pedro Malheiros Rodrigues

    • “O que é poupar 1.500 euros /ano se cada led custa 300 euros.”?
      Bem… estavas tão bem “caladinho”…
      Para a próxima, tenta lá pensar um bocadinho nos custos da energia e depois já ficas a saber onde se poupa!!
      Mas, já diz o proverbio popular; “O ignorante é pouco tolerante”!!

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …