Ainda em perigo de vida, Schumacher regista ligeira melhoria

exit 1979 / Flickr

Michael Schumacher

Michael Schumacher

O estado de saúde do ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher apresentou leve melhora após uma segunda operação para aliviar a pressão no cérebro, informaram os médicos que cuidam do alemão.

Uma nova ultra-sonografia realizada esta terça-feira indicou que Schumacher, de 44 anos, está “melhor do que ontem”, mas ainda não está fora de perigo e continua em coma induzido.

No domingo, o heptacampeão de Fórmula 1 sofreu um acidente de esqui nos Alpes Franceses. Schumacher bateu com a cabeça numa rocha enquanto esquiava com o filho de 14 anos no resort de Méribel.

Segundo os médicos, um exame realizado na noite de segunda-feira mostrou que a situação tinha melhorado, abrindo “uma janela de oportunidade” para a segunda operação.

A família, então, teria tomado a “difícil decisão” de dar consentimento para cirurgia, que durou duas horas. A ultra-sonografia que se seguiu teria apontado “uma leve melhora” no quadro de saúde do ex-piloto.

“Não podemos dizer que ele está fora de perigo, mas ganhámos tempo”, disse o médico Jean-François Payen, cirurguião do Hospital Universitário de Grenoble, citado pela BBC, acrescentando que “as próximas horas serão cruciais”.

“Mas a família está consciente de que seu estado de saúde ainda é muito delicado e qualquer coisa pode acontecer”.

Schumacher foi socorrido por dois patrulhas do resort, que chamaram um helicóptero para transportar Schumacher ao hospital mais próximo, na cidade de Moutiers. Em estado grave,  foi transferido para o Hospital Universitário de Grenoble.

Segundo o neurocirurgião Stephan Chabardes, o ex-piloto chegou a Grenoble num estado agitado, com contorções incontroláveis, e piorou rapidamente.

Schumacher foi operado com urgência e ficou em estado crítico.

 

Capacete de Schumacher partiu-se em dois devido a impacto

O capacete de proteção que Michael Schumacher usava na altura do acidente na pista de esqui de Maribel, em França, partiu-se em dois devido ao violento impacto com uma rocha, noticia hoje o jornal alemão Bild.

Fonte da equipa de resgate, citada pelo Bild, adiantou que, quando os socorristas chegaram ao lugar do acidente, “o capacete estava partido e via-se muito sangue”.

 

O piloto alemão ganhou sete títulos na Fórmula 1 e garantiu 91 vitórias ao longo dos 19 anos de carreira. Foi piloto da Benetton e Ferrari, equipa na qual conquistou a maior parte das suas vitórias.

Aposentou-se em 2006, mas voltou a competir três anos depois pela equipe Mercedes.

Após três temporadas, em que subiu ao pódio apenas uma vez, o alemão deixou as pistas definitivamente o ano passado.

ZAP/BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Consumidores estão a gastar mais. Televisões e smartphones foram os mais vendidos em 2018

Em 2018 as vendas a retalho cresceram 3,4%, para quase 21 mil milhões de euros. O sector não alimentar foi o que mais contribuiu. São dados do barómetro de vendas da Associação Portuguesa de Empresas de …

Obesidade infantil continua a aumentar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto concluiu que, aos 4 anos, 22% das crianças têm excesso de peso. Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que …

"O louco do Sanders" ou "o sonolento do Biden"? As apostas de Trump para a corrida eleitoral de 2020

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, previu que o seu rival democrata nas eleições de 2020 para a Casa Branca deverá ser ou o ex-vice-presidente Joe Biden ou o senador de esquerda Bernie Sanders. "Eu …

"Breaking Bad": professor japonês incentiva alunos a produzir ecstasy

Um professor universitário japonês pode apanhar até dez anos de prisão depois de, alegadamente, incentivar os alunos a produzir ecstasy, num eco à série televisiva norte-americana "Breaking Bad", informaram as autoridades na passada quarta-feira. Segundo o …

União Europeia lança programa-piloto de “Erasmus para artistas”

A Comissão Europeia já lançou o i-Portunus, um projeto-piloto que possibilita a artistas residentes nos Estados-membros da União Europeia trabalhar entre 15 e 85 dias noutro país. A primeira edição da iniciativa abriu com 500 vagas …

Seleção de género pode ter impedido 23 milhões de meninas de nascer

Uma análise dos dados da população mundial sugere que os abortos baseados em seleção sexual interromperam o nascimento de, pelo menos, 23 milhões de meninas. A maior parte dessas raparigas "em falta" estariam na China …

Ministra brasileira diz que as mulheres devem ser submissas ao homem no casamento

Uma nova declaração da ministra brasileira da Mulher, Damares Alves, gerou mais uma polémica. Desta vez, a chefe do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos disse que "dentro da sua conceção cristã" as mulheres …

Marinha procura barco desaparecido desde quarta-feira. Sete a nove pessoas a bordo

A Marinha Portuguesa está a realizar buscas a 518 quilómetros de Peniche para detetar uma embarcação que lançou um alerta às 23:50 de quarta-feira (hora de Lisboa), disse à Lusa o porta-voz daquela força armada. A …

Liberdade de imprensa em risco: "ódio aos jornalistas transformou-se em violência"

A liberdade de imprensa continua a deteriorar-se em muitos países, "onde o ódio aos jornalistas se transformou em violência", de acordo com a advertência dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF). "O número de países onde os jornalistas …

Matemática do canibalismo prova benefícios de comer os próprios filhos

O canibalismo filial é o ato de comer as próprias crias. Por chocante que pareça, cientistas descobriram um possível benefício para esta horrenda prática, que já foi documentada em várias espécies de animais. Um estudo publicado …