Ai Fen, a médica que alertou a China para a pandemia, está desaparecida

Massimo Percossi / EPA

Ai Fen, a médica da província de Wuhan que alertou para a propagação do novo coronavírus, está desaparecida. Na China, há rumores de que a profissional de saúde poderá ter sido detida.

Assim que o novo coronavírus surgiu, as autoridades de segurança pública chinesas puniram oito pessoas por “espalharem boatos” sobre a doença. No mês passado, Ai Fen juntou-se a outros profissionais de saúde para denunciar as condições de saúde pública na cidade, depois de vários colegas terem falecido e de ter criticado as autoridades por tentarem impedir alertas precoces do surto.

“Se eu soubesse o que iria acontecer, não me teria importado com a repreensão. Teria discutido isto com quem quer que fosse, onde pudesse”, disse.

Estas denúncias foram feitas numa entrevista à revista Renwu, que foi rapidamente eliminada das redes sociais pelas autoridades chinesas. De acordo com o El Español, a entrevista foi replicada em código morse e até através de emojis em inúmeras plataformas online, numa tentativa de contornar a censura do Governo chinês.

Ai Fen descobriu a 30 de dezembro o primeiro caso de Covid-19, depois de ver vários doentes com sintomas de gripe que resistiam aos tratamentos de uma gripe normal.

Na altura, a médica foi alertada pelo hospital onde trabalhava de que não deveria divulgar a informação para evitar o pânico, mas aconselhou os colegas a usarem material de proteção, mesmo contra as indicações dos superiores.

Ai Fen não desistiu e, depois de tentar alertar o mundo para a propagação do novo coronavírus, a médica terá desaparecido sem deixar rasto. Segundo o diário espanhol, há rumores de que tenha sido detida pelo Governo chinês.

No início do surto, as autoridades puniram pessoas por “espalhar boatos”. Agora que a pandemia progride incontrolavelmente em todo o mundo, uma médica que tentou alertar para a gravidade da situação desapareceu sem deixar rasto.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito interessante da parte dos chineses
    Ainda agora continuam a mentir ao mundo . Mas lá como cá , uma coisa é igual , tem mascara , mas não podem usar , idêntico ao caso do psp de serviço no hospital de faro .
    Mais um desaparecido , para juntar a outros, de que não sabemos, nem nunca saberemos .
    O habitual , nos países totalitários , sempre foi assim , quando uma mentira é contada inúmeras vezes , passa a ser verdade .
    Cuidem-se

RESPONDER

Afastado juiz que disse que "fechar as pernas" impedia agressão sexual

Um juiz de Nova Jersey, nos Estados Unidos (EUA), que disse que fechar as pernas poderia evitar uma agressão sexual foi impedido de presidir um tribunal, tendo sido afastado da Suprema Corte do Estado. Segundo noticiou …

"Tofu nunca causou uma pandemia", publica PETA em outdoors

A organização de direitos dos animais PETA está a incentivar os norte-americanos a experimentar tofu, através de anúncios em 'outdoors' nos Estados Unidos (EUA) onde defendem que o produto de soja "nunca causou uma pandemia". A …

Portugueses estão menos preocupados com a pandemia, mas apreensivos com a economia

O grau de preocupação com a pandemia diminuiu de 80,9% durante o estado de emergência para 76,2% no estado de calamidade, mas os portugueses estão mais alerta quanto ao impacto na economia, conclui um inquérito …

Nova morte, saqueamentos e protestos. Minneapolis vive caos após homicídio de George Floyd

Um homem foi encontrado morto a tiro, na madrugada de hoje, suspeito de ter sido vítima dos protestos, em Minneapolis, contra a morte de um homem negro sob custódia policial. Durante a noite de quarta-feira, milhares …

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …