/

Depois dos morangos, agulhas chegaram às maçãs e bananas na Austrália

1

As autoridades australianas estão a investigar mais de 100 casos por todo o país. Agora, para além dos morangos, as agulhas também já chegaram a fruta como maçãs, bananas e mangas.

A Austrália está a investigar uma série de casos misteriosos em que agulhas de costura foram encontradas dentro de morangos vendidos ao público, com diversas marcas a serem retiradas das prateleiras dos estabelecimentos comerciais no país. Pelo menos seis marcas foram afetadas: Berry Obsession, Berry Licious, Love Berry, Donnybrook Berries, Delightful Strawberries e Oasis.

Dado o alarme social provocado pelos primeiros casos, o consumo de morangos caiu drasticamente nos últimos dias, já foram destruídas várias toneladas do fruto e o preço de venda está abaixo do de produção. Vários produtores até já compraram detetores de metais, de forma a provar que a sua mercadoria é segura.

Agora, segundo o news.com.au, também já foram encontradas agulhas em frutas como maçãs, bananas e mangas. Esta terça-feira, a cadeia de supermercados Woolworths decidiu retirar também as agulhas de costura das prateleiras. “A segurança dos nossos clientes é a nossa principal prioridade”, disse um representante da marca.

De acordo com o mesmo portal, já estão a ser investigados mais de 100 casos por todo o país, muitos do quais se pensam ser reproduções ou brincadeiras de mau gosto.

Esta quarta-feira, uma rapariga de 12 anos admitiu à polícia que tinha colocado uma agulha dentro de um morango para fazer “uma partida” aos colegas de escola. Segundo a revista Visão, um rapaz também foi detido, em New South Wales, depois de admitir que tinha posto agulhas em morangos por brincadeira.

“Isto não é brincadeira que se tenha, nem tem piada. Estão a pôr em risco a vida das pessoas e de muito trabalho, estão a assustar as crianças. São uns cobardes e uns vermes” afirmou o primeiro-ministro, Scott Morrison, citado pela mesma revista.

“É importante que saibam que temos leis e penas de prisão para estes crimes”, acrescentou, fazendo referência a penas que podem ir até aos dez anos de prisão.

Países como a Nova Zelândia também já estão a suspender a venda de morangos de origem australiana. Estes casos estão a acontecer no pico de produção e já estão a ter efeitos negativos nas vendas de uma indústria que vale 130 milhões de dólares por ano.

  ZAP //

1 Comment

  1. Há-de haver um brincalhão de mau gosto que seria muito útil em apanhá-lo e depois pô-lo atrás das grades por largos anos sustentado apenas a fruta toda ela recheada de agulhas para que o malandro se divertisse diariamente a limpá-la.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.