Pandit olha para as vacas como família e quer produzir “leite ético” para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir “leite ético” para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas.

Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só pelos próprios efeitos que pode ter na nossa saúde — uma questão que divide especialistas —, mas também pelo próprio bem-estar das vacas, que são altamente exploradas para satisfazer a procura do mercado.

Só em Nova Iorque, nos Estados Unidos, mais de 1.600 quintas produtoras de leite fecharam na última década. No entanto, a VICE conta a história de Nimai Pandit, um agricultor que quer trilhar um novo rumo no mercado do leite e produzir leite para vegans.



A empresa de Pandit, a Gopal Farm, conta com 36 hectares de terra, e tem como base o respeito e o carinho pelo animal. O negócio tem avançado a um bom ritmo e o agricultor natural da Índia — onde as vacas são consideradas divindades — espera que em junho de 2020 tenhas as condições necessárias para produzir aquilo que chama de “leite ético”.

“Comecei a pensar em comida como algo com que nos devemos preocupar: a qualidade, a origem e as razões éticas. Eu queria ter boa comida, não apenas o sabor, mas a qualidade dela”, explicou Pandit.

Pandit argumenta que hoje em dia as vacas são tratadas como máquinas, que “são usadas até se estragarem e depois são reparadas ou deitadas fora“.

O leite da sua empresa corresponde às necessidades dos veganismo, que consiste na prática de abster-se do uso de produtos de origem animal. Na quinta da Gopal Farm, as vacas pastam livremente até à velhice, as crias bebem da teta da mãe e os bezerros machos crescem e tornam-se fortes bois.

O empreendedor indiano acredita que as pessoas vão estar dispostas a pagar mais pelo seu leite, sabendo das preocupações éticas da marca e da qualidade que cunha no produto. Aliás, o preço tem obrigatoriamente de ser mais caro. Alimentação, albergue, custos de veterinários, ordenha, processamento e mão de obra são alguns dos custos inerentes, que se acentuam com a maior longevidade das vacas.

Pandit olha para as vacas como membros da sua própria família e, durante os seus anos na Índia aprendeu várias técnicas que aplica hoje na sua quinta. Usar urina de vaca para aprimorar o solo, esterco de vaca para preservar sementes e óleo de Neem para prevenir pragas.

Nos Estados Unidos, o consumo de leite tem caído abruptamente e Pandit quer oferecer uma alternativa às pessoas que estão a desistir de beber leite devido ao modelo atual com que as empresas funcionam.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto é sério?!… E porquê só para vegans?! Mas os vegans já bebem leite?!
    TODO O LEITE À VENDA DEVE SER ÉTICO!!!! Aliás, toda a carne, ovos, todos os animais que vão servir de alimento devem ser eticamente criados, sempre pensando no seu bem-estar!! Tudo aquilo pelo que o animal passa, ansiedades, maus tratos, nós vamos consumir o produto desse stress! Não comam muita carne, limitem muito o seu consumo, pois só assim teremos menos animais a serem criados em massa… comprem a produtores locais.
    Já agora, a quem se interessar, pesquisem a diferença entre A1 e a A2 beta-caseína.

RESPONDER

Um planeta do Sistema Solar pode guardar os segredos da misteriosa matéria escura

Uma equipa de investigadores revelou que o planeta gigante Júpiter pode ser a chave para encontrar a indescritível matéria escura.  A natureza da misteriosa matéria escura é um dos maiores mistérios da Física. Interage gravitacionalmente, uma …

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …