Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Peter Rae / EPA

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o co-fundador do WikiLeaks.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, detalhes da suposta operação de espionagem contra Julian Assange e qualquer pessoa que o visitava na embaixada foram apresentados na quarta-feira no seu caso de extradição por um ex-funcionário de uma empresa de segurança espanhola, UC Global.

Ambas as testemunhas trabalhavam para a UC Global, uma empreiteira privada com sede em Espanha que prestava serviços de segurança à embaixada do Equador em Londres, onde o jornalista esteve asilado durante sete anos. A empresa, que tem um contrato com o Equador desde 2015, foi repetidamente acusada de ser a principal ferramenta numa campanha de vigilância orquestrada por Washington em Assange.

As testemunhas afirmaram que o chefe da UC Global, David Morales, ordenou pessoalmente ao pessoal de segurança que montasse um equipamento de escuta para espiar Assange após um pedido de “amigos” americanos.

Segundo o mesmo jornal, foram escondidos microfones para monitorizar as reuniões de Assange com os advogados, a sua impressão digital foi obtida de um vidro e houve até um plano para obter uma fralda de um bebé que tinha sido trazido em visitas regulares à embaixada, segundo a testemunha.

“Numa ocasião, por volta de dezembro de 2017, Morales disse que os americanos estavam desesperados e propôs medidas mais radicais para acabar com a situação, sugerindo que a porta da embaixada ficasse aberta para permitir que outros o sequestrassem de fora, e até a possibilidade de envenená-lo [foi discutida]”, disse uma das testemunhas. “Todas essas opções estavam a ser consideradas pelos contactos dos Estados Unidos.”

Em 2016, Morales viajou para Las Vegas, onde fez uma apresentação na UC Global e fechou um “contrato notável” com um sócio rico de Trump, alegou uma das testemunhas. Mais tarde, anunciou ao escritório: “Vamos jogar na grande liga”.

O chefe da UC Global teria recebido 234 mil dólares por mês por espiar Assange dos seus contatos nos Estados Unidos, acrescentaram as testemunhas.

 

O anonimato das testemunhas foi concedido na terça-feira após terem informado a audiência que temiam que Morales, ou outras pessoas ligadas a ele nos Estados Unidos, pudesse tentar prejudicá-los.

Assange, de 47 anos, está atualmente detido e enfrenta um processo de extradição para os EUA após ter sido condenado em maio a 50 semanas de prisão por um juiz britânico por ter desrespeitado em 2012 as condições da sua liberdade condicional, ao optar por se refugiar na embaixada do Equador.

O ativista foi preso em abril de 2019, depois de ter estado sete anos asilado na embaixada do Equador em Londres, onde se refugiou após ter violado as condições de fiança, enfrentando agora a possibilidade de extradição para os Estados Unidos.

O jornalista tinha-se refugiado nesta embaixada para evitar a sua extradição em direção à Suécia, que dois anos antes pediu que fosse entregue com o objetivo de esclarecer alegados delitos sexuais, em particular um caso de violação, que Assange sempre negou.

O informático receava que caso fosse entregue à justiça sueca, acabaria por ser extraditado para os Estados Unidos, onde considera que enfrentará um julgamento injusto pela difusão em 2010 de informações diplomáticas confidenciais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ir à escola, viajar e assistir a espetáculos. As exceções à proibição de circulação entre concelhos

No final do último Conselho de Ministros, na semana passada, o Governo anunciou a proibição de circulação entre concelhos entre as 0h de 30 de outubro e as 6h de 3 de novembro, englobando o …

País Basco em confinamento, Bélgica quer transferir doentes para os Países Baixos e França "perdeu o controlo"

Numa altura em que a Europa volta a ser epicentro da pandemia de covid-19, o País Basco decretou o confinamento da população e França considera impor a mesma medida. Com falta de camas, Bélgica pediu …

"Dia histórico". Senado confirma nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos EUA

O Senado norte-americano confirmou segunda-feira à noite a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o que representa uma vitória política para o Presidente Donald Trump a poucos dias das eleições …

Os olhos das corujas podem ter uma "lente" que melhora a visão noturna

As corujas capturam as suas presas durante a noite. Uma nova investigação sugere que há algo de especial na forma como as moléculas de ADN nos olhos das corujas estão acondicionadas, uma característica que lhes …

Os extraterrestres podem estar a observar-nos à distância (em mais de 1.000 estrelas diferentes)

Da mesma forma que nós, da Terra, já detetámos vários milhares de planetas ao redor de outras estrelas, uma hipotética civilização alienígena poderia ter detetado a nossa presença. Mas de que posições no Espaço isso seria …

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …