Agência literária de Saramago durante 28 anos afastada por herdeiras

Fundação José Saramago / Flickr

O prémio Nobel da Literatura, José Saramago

O prémio Nobel da Literatura, José Saramago

A diretora da Agência Literária Mertin, durante 28 anos representante dos direitos internacionais da obra de José Saramago, lamentou hoje a decisão das herdeiras de prescindirem dos seus serviços, com os quais o escritor sempre se mostrou satisfeito.

“Foi com grande surpresa que no dia 30 de dezembro de 2014 recebemos um breve ‘e-mail’ das herdeiras dos direitos de autor da obra de José Saramago comunicando que entregariam com efeito imediato a representação desses direitos à Agência Wylie”, escreveu Nicole Witt, em comunicado enviado à Lusa.

Com sede em Frankfurt, onde anualmente se realiza a maior feira mundial do setor editorial, a agência literária Mertin “representou durante quase três décadas os direitos de autor internacionais da obra de José Saramago” – datando o primeiro contrato para publicação na Alemanha de 1986, frisou.

“Muito antes da sua consagração com o prémio Nobel da Literatura, em 1998, já a agência tinha conseguido uma lista significativa de traduções da obra de Saramago, primeiro, sob a direção de Ray-Güde Mertin, que durante muitos anos também foi a tradutora para alemão da obra do autor, e depois do falecimento dela, em janeiro de 2007, sob a minha direção”, sublinhou a responsável, filha de Ray-Güde Mertin.

Com a equipa da agência, descreveu Nicole Witt, “sempre nos entregámos com dedicação, atenção pessoal, convicção, profissionalismo, ética e integridade moral à nossa tarefa de divulgação da obra de José Saramago pelo mundo fora”.

“Não tenho dúvidas de que esta postura foi especialmente apreciada pelo autor”, comentou.

“Quando me despedi de José Saramago, em junho de 2010, em Lanzarote, pouco antes do seu falecimento, senti que ele confiava no nosso trabalho e que estava satisfeito com os resultados obtidos: uma divulgação da sua obra em mais de 60 países, em editoras excelentes, fazendo parte da melhor literatura mundial”, observou.

Na nota enviada à Lusa, escrita em português, a agente elogiou ainda a lealdade manifestada pelo escritor em diversas ocasiões, como após a morte da mãe, Ray-Güde Mertin.

“Nessa altura, foi o próprio José Saramago que decidiu dar-me a sua confiança como nova diretora e proprietária da agência” e “quando um grupo editorial europeu mostrou interesse em comprar a agência, foi mais uma vez o próprio José quem nos apoiou, apostando claramente para que mantivéssemos a nossa independência”, relatou.

Por todas estas razões, Nicole Witt não entende a decisão das herdeiras do Nobel da Literatura, uma vez que a agência que dirige trabalhou “com algumas das melhores editoras para a obra de Saramago, como a Harvill Secker, na Grã-Bretanha, a Harcourt, nos Estados Unidos, a Alfaguara, para a língua espanhola, a Feltrinelli, em Itália, a Le Seuil, em França, e a Hoffmann & Campe, na Alemanha”, entre outras, e que é uma agência “respeitada no mundo editorial a nível internacional”.

“A última prova disso foi a minha distinção como uma das três melhores agentes do ano 2014 por parte da Associação de Editores Britânicos e da Feira do Livro de Londres”, referiu.

Fundada em 1982, a Agência Literária Mertin, especializada em literatura de língua portuguesa e espanhola, conta entre os seus autores nomes como Lídia Jorge, Mia Couto, Gonçalo M. Tavares, Dulce Maria Cardoso, José Eduardo Agualusa, Pepetela, Ondjaki, José Luís Peixoto, Luis Sepúlveda, Adriana Lisboa, Moacyr Scliar, Luis Fernando Veríssimo, Andréa del Fuego, Patrícia Melo e Paulo Lins.

Há um ano, as herdeiras do escritor – a filha Violante Saramago de Matos e a viúva, Pilar del Río – tinham já decidido trocar a Caminho, editora de sempre de José Saramago para a língua portuguesa, pela Porto Editora.

ZAP / Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …