África conta com 85 mortes e mais de 3.200 casos de covid-19

Kim Ludbrook / EPA

O número de mortes causadas pela covid-19 em África subiu hoje para 85 com os casos acumulados a ultrapassarem os 3.200 em 46 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia.

De acordo com Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) da União Africana, que reporta dados registados até 09:30 de Adis Abeba (06:30 horas de Lisboa), estão contabilizados 3.243 casos de infeção e 83 mortes em 46 países do continente.

A estas somam-se as duas primeiras mortes de doentes de covid-19 registadas na África do Sul, país que ultrapassou hoje a barreira dos 1.000 casos confirmados da doença.

O África CDC regista mortes pela covid-19 em 17 países africanos: Argélia, Burkina Faso, Camarões, República Democrática do Congo, Egito, Gabão, Gâmbia, Gana, Maurícias, Marrocos, Nigéria, Sudão, Tunísia, Zimbabué, Cabo Verde, Níger, Quénia.

De acordo com a mesma fonte, o continente conta ainda com 254 doentes recuperados, números que baixam o total de infeções ativas para 2.989.

O norte de África é a região com registo de mais casos e mortes associadas à doença, contabilizando 1.249 infeções, 60 mortes e 216 doentes recuperados.

Nesta região, Egito (495 casos confirmados) e Argélia (302 casos confirmados) contabilizam 24 e 21 mortes, respetivamente, concentrando os maiores números de casos fatais em todo o continente.

Segue-se o sul de África, onde se localizam Angola e Moçambique, com 1.045 casos, na sua grande maioria concentrados na África do Sul (mais de 1.000) e duas mortes. A África Ocidental, onde estão Cabo Verde e a Guiné-Bissau, regista 605 casos e 11 mortes.

A região com menos casos é a África Central, que contabiliza 170 casos e sete mortes por covid-19. Os países da zona oriental africana somam 247 casos e quatro mortes.

A África do Sul continua como o país com o maior número de casos acumulados de infeção em África (mais de 1.000), e duas mortes. Marrocos (275) Tunísia (173), Burkina Faso (152) Senegal (105) e Nigéria (65) são outros países com números significativos de infeções.

Nos países lusófonos, Angola tem quatro casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, Cabo Verde regista cinco e uma morte, Moçambique confirmou sete e a Guiné-Bissau dois. Na Guiné Equatorial, que integra a Comunidade de Países de Língua Portuguesa, o governo confirmou 11 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus.

Globalmente, os dados indicam o registo de cerca de 500 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e mais 12 mortes.

A população infetada em África é maioritariamente masculina (65%), tem, em média, 45 anos e a deteção dos doentes, através do histórico de viagens, demorou em média 5,6 dias.

O Africa CDC indicou hoje que dos 55 países e territórios membros da União Africana, 24 decretaram o encerramento total das fronteiras, 10 suspenderam os voos internacionais e 14 impuseram restrições a viagens ou à entrada de estrangeiros provenientes de determinados países.

A maioria dos estados-membros decretou quarentena obrigatória para os viajantes oriundos de países de risco.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 540 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 25 mil. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …