O “aeroporto do amanhã” está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o “aeroporto do amanhã”, um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no meio do nada.

Tudo o que resta de Everglades Jetport é uma grande pista solitária no meio de um pântano norte-americano, uma triste relíquia daquele que era suposto ter sido o maior aeroporto do mundo.

O projeto do Everglades Jetport, terminado no ano de 1968, viu a luz do dia no final da Idade de Ouro das viagens aéreas: as cabines dos aviões enchiam-se de charutos e refeições gourmet, o Concorde estava prestes a fazer o seu primeiro voo e a Boeing trabalhava no 2707, um avião de passageiros supersónico ainda maior e mais rápido.

Um dos problemas que ainda incomodava os fabricantes era o “estrondo sónico” que acontece quando uma aeronave rompe a barreira do som. Os rígidos regulamentos significavam que era difícil encontrar locais apropriados onde pudessem ser construídos aeroportos para acomodar este tipo de aviões.

O melhor lugar seria um pântano no sul da Flórida, suficientemente longe das cidades, mas perto do oceano. O plano para construir o Everglades Jetport era ambicioso: um aeroporto cinco vezes maior do que o Aeroporto JFK em Nova Iorque, com mais de 100 quilómetros quadrados e seis pistas.

Segundo a CNN, o plano incluía também a construção de conexões ferroviárias de alta velocidade para Miami e Costa Leste, novas estradas e hotéis.

A construção arrancou em 1968 e a pista gigante de 3,2 quilómetros foi concluída rapidamente. Depois disso, o plano falhou.

A cadeia televisiva norte-americana conta que os ambientalistas protestaram contra o efeito que o aeroporto teria a nível ambiental na reserva Big Cypress Swamp e no Parque Nacional Everglades – que abrigam animais selvagens.

Foi então que se realizou o primeiro relatório de impacto ecológico no estado da Flórida, que decretou a paralisação da construção do Everglades Jetport em 1970. Pouco depois, a Boeing decidiu desistir do 2707 e o apelo das viagens supersónicas em massa diminuiu drasticamente.

O projeto do Everglades Jetport foi, assim, abandonado, mas não foi o fim do aeroporto – apesar de ainda estar em uso, os planos são dramaticamente diferentes dos iniciais.

Hoje chama-se Aeroporto de Transição e Treino Dade-Collier, é administrado pelo Departamento de Aviação de Miami-Dade e, além da pista, há apenas um trailer com um escritório e quatro funcionários que cuidam da manutenção e segurança. No passado, foi usado como um centro de treino para pilotos e também para eventos de automóveis de alta velocidade.

Apesar das aparências, o aeroporto não está totalmente abandonado. Pelo menos é o que sublinha Lonny Craven, que administra o campo de aviação, adiantando que as aterragens estão agora restritas a emergências: “Devido às restrições, só abrimos das 8h às 20h30.”

Depois dos grandes planos, do falhanço e da operacionalização a meio gás, há ainda muitos rumores sobre o que ainda pode acontecer àquele que era suposto ser o “aeroporto do amanhã”.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …