//

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência.

Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se high altitude long endurance (HALE) unmanned aerial system (UAS) e foi desenvolvido pela Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA.

A aeronave autónoma é movida a energia solar, pesa pouco mais de 80 kg e pode transportar, com segurança, até 7 kg de carga.

O Swift HALE UAS foi desenhado para voar a 70.000 pés (21.336 metros) e oferece 24 horas de operações persistentes e estáveis ​​na atmosfera superior para vigilância comercial e militar, monitorização, comunicações e aplicações de segurança.

“Desenvolvemos um sistema económico de energia a propulsão que pode suportar temperaturas severas, radiação e condições estratosféricas, fornecendo e armazenando energia suficiente para permitir voos de longa duração“, explicou Andrew Streett, vice-presidente de tecnologia da Swift Engineering, citado pelo In The Know.

Em julho, a empresa concluiu o primeiro voo de teste – no Spaceport America, no Novo México -, que permitiu aos engenheiros verificar que a aeronave cumpre todos os requisitos de segurança e design.

A tecnologia já recebeu duas patentes de tecnologia e certificações de aeronavegabilidade da NASA e um Certificado de Autorização da FAA (Administração de Aviação Federal), que dão autorização ao veículo para voar no espaço aéreo comercial.

“As aplicações desta tecnologia conduzirão a uma nova era de aceleração de dados. A Swift é capaz de oferecer o que nenhuma outra empresa do setor pode para o mercado dos Estados Unidos”, disse Rick Heise, presidente e CEO da Swift Engineering.

A Swift Engineering é uma empresa de inovação com uma história de 35 anos de design, engenharia e herança de construção em sistemas inteligentes e veículos avançados, incluindo sistemas autónomos, helicópteros, submarinos, naves espaciais, veículos terrestres, robótica e compostos avançados para defesa militar, saúde, agricultura e aplicações industriais.

Sediada em San Clemente, na Califórnia, a Swift é reconhecida mundialmente pela sua capacidade de trazer inovações disruptivas ao mercado.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.