Advogado de Sócrates diz que procurador enganou o juiz

cv TVI / YouTube

João Araújo, advogado do ex-primeiro-ministro José Sócrates

João Araújo, advogado do ex-primeiro-ministro José Sócrates

A defesa de José Sócrates acusou o Ministério Público (MP) de ter alterado o período temporal da alegada prática dos crimes de que o ex-primeiro-ministro foi indiciado, antes de o processo ter sido entregue ao juiz de instrução.

O advogado João Araújo, que tem a defesa do ex-primeiro-ministro, referiu esta quarta-feira que o procurador Jorge Rosário Teixeira, do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), “enganou deliberadamente” o juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal Carlos Alexandre.

Numa conferência de imprensa realizada em Lisboa para esclarecer os fundamentos do pedido de libertação imediata de José Sócrates, o advogado disse que a intenção foi a de ser Carlos Alexandre a decidir a prisão preventiva do ex-primeiro-ministro.

O advogado Pedro Delille, que também faz parte da defesa, reiterou que o Supremo é o tribunal competente para investigar o ex-primeiro-ministro e não o DCIAP e teceu igualmente críticas ao MP, por ter detido José Sócrates, “com base numa justificação que teria praticado crimes do tempo em que foi primeiro-ministro”, de março de 2005 a junho de 2011.

“Os fatos imputados a José Sócrates estavam delimitados temporariamente entre 2000 e 2005, quando, mais tarde, a defesa teve conhecimento de que o período era de 2005 a 2011, altura em que esteve em exercício das funções de primeiro-ministro”, acentuou Delille.

Deste modo, frisou João Araújo, “o MP induziu deliberadamente em erro a defesa, a Procuradoria-Geral da República e o juiz de instrução” sobre o período em que, alegadamente, José Sócrates terá cometido os crimes de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal.

João Araújo apontou ainda “o erro” do procurador Jorge Rosário Teixeira ao não ter expresso que o crime de corrupção era na forma ativa ou passiva, estranhando que a defesa apenas tenha tido conhecimento de que era “corrupção ativa, quando Sócrates era primeiro-ministro”.

O advogado, que acusou o MP de ter “violado o dever de comunicação dos fatos em que a prisão preventiva se podia fundamentar“, afirmou que a “manipulação” inviabilizou que a competência para investigar o ex-primeiro-ministro e decretar as medidas de coação pertencesse ao Supremo Tribunal de Justiça e não ao DCIAP.

A escolha do juiz do tribunal de instrução criminal, “porventura, foi por considerar que era o mais favorável à tese do interrogatório”, sustentou o advogado que justificou o habeas corpus, apresentado no Supremo Tribunal de Justiça, que será decidido pelo juiz conselheiro Santos Cabral, diretor da Polícia Judiciária entre 2004 e 2006 e que foi demitido por Sócrates.

A este propósito, João Araújo referiu que não há “qualquer risco de parcialidade do juiz conselheiro”, porque, a acontecer, a defesa ter-se-ia manifestado junto do Supremo.

Por considerar ilegal a prisão preventiva de José Sócrates, Pedro Delille afirmou que o fundamento do pedido de libertação imediata é válido, porque “há uma série de ilegalidades”, a que João Araújo se referiu como “omissão deliberada”.

“O juiz de instrução não informou a defesa para, em prazo de 10 dias, se pronunciar sobre fatos novos”, notou, acrescentando que “José Sócrates está preso não pelos pressupostos da lei, mas para que os advogados se pronunciem”.

Além do habeas corpus apresentado pela defesa de Sócrates, o Supremo vai analisar um outro, pedido por um cidadão, Alfredo Lopes Pinto.

Ao todo, o Supremo recebeu seis pedidos de habeas corpus de José Sócrates, tendo apenas dois sido apreciados e rejeitados.

/Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

    • O Cão Danado continua sem açaime mas a trela está presa ao amigo Passos!! Ele agradece-lhe o apoio, Arranja-lhe um ‘tacho’ na Tecnoforma!!

  1. Gostaria de saber se: o procurador Rosário Teixeira e o juiz Carlos Alexandre são malucos, incompetentes ou movidos por algum tipo de vingança pessoal?

  2. Ao ser questionado sobre achava normal alguém ter um ”amigo” que além de lhe dar quase meio milhão de euros em dinheiro, lhe comprava imóveis de familiares e emprestava-lhe uma casa em Paris, ao que respondeu : também tive um amigo como Santos Silva, diz o advogado de Sócrates. Eu sou mesmo AZARADO. Nunca tive ”AMIGOS” parecidos, quanto mais ASSIM.

  3. É imperdoável roubar dinheiro ao povo português. Quem o fizer, e há grandes indícios neste caso, deve ficar durante muitos anos atrás das grades e ser obrigado repor em dobro tudo o que roubou.
    E continua a usar todos os esquemas possíveis e impossíveis, desta vez para sair da gaiola. Deve ter que arranjar um advogado melhor, pois com este não se safa, o pobrezito já não sabe o que fazer, senão inventar recursos.

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …