“ADSE não é privilégio nenhum da função pública”

Manuel De Almeida / EPA

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão culpa o Governo e o Conselho Diretivo da ADSE por uma “paralisia inaceitável” provocada com “vetos de gaveta” por parte do Ministério das Finanças.

O presidente do Conselho Geral e Supervisão (CGS) da ADSE, João Proença, considerou esta segunda-feira que o subsistema de saúde “não é privilégio nenhum da função pública”, sublinhando que são os beneficiários que o financiam na totalidade desde 2016. João Proença falava numa conferência sobre “O futuro da ADSE”, em Lisboa, organizado pela SEDES – Associação para o Desenvolvimento Económico e Social.

A ADSE, que há mais de dois anos passou de direção-geral a instituto público de gestão participada, “desde 2016 que é paga a 100% pelos beneficiários”, afirmou o antigo líder da UGT, que agora preside ao CGS.

Segundo lembrou João Proença, em 2014 os beneficiários titulares da ADSE passaram a pagar por mês 3,5% do seu salário ou pensão para o sistema de proteção e assistência na doença da função pública, um desconto decidido pelo Governo de coligação PSD/CDS-PP, em pleno programa de ajustamento financeiro, mas que foi “além da troika”.

O presidente do CGS reafirmou ainda que a ADSE “é financeiramente sustentável”, embora tenha de enfrentar vários “desafios”, entre eles, o facto de existirem 57 mil beneficiários pensionistas que estão isentos de descontos por receberem uma pensão inferior ao valor do salário mínimo, este ano de 600 euros.

“Estes beneficiários isentos, que são 57 mil, custam à ADSE cerca de 40 milhões de euros” e, com a atualização do salário mínimo no próximo ano (para 635 euros) vão aumentar e, “a partir de janeiro, serão mais de 60 mil”, disse João Proença.

Para o antigo secretário-geral da UGT, cabe ao Governo financiar estes beneficiários através do Orçamento do Estado, uma ideia também já defendida pelo Tribunal de Contas, lembrou. “Se [as isenções] são uma política social do Governo, por que é que não são financiadas pelo Estado?”, questionou.

João Proença defendeu ainda que o alargamento da ADSE aos cerca de 100 mil contratos individuais da administração pública “é fundamental” e “urgente”, criticando a “paralisia” do Conselho Diretivo do instituto e do Governo, nomeadamente do Ministério das Finanças, que tem tido uma atitude de “veto de gaveta” sobre as questões da ADSE.

O presidente do CGS disse que outro dos problemas a resolver é o facto de a inscrição na ADSE ser voluntária, sendo dado um prazo de seis meses para a adesão, ao fim dos quais a renúncia torna-se definitiva.

Além disso, nos últimos anos “dezenas de milhares de cônjuges dos beneficiários saíram da ADSE” porque só podem beneficiar do sistema de saúde da função pública “se não tiverem qualquer ligação à Segurança Social”.

Proença defendeu ainda, em resposta ao líder da Federação Sindical da Função Pública (Fesap), José Abraão, que assistia à conferência na SEDES, que as entidades empregadoras, ou seja, os organismos públicos deviam contribuir “simbolicamente” para o sistema, com um desconto de 0,5% por beneficiário.

De acordo com os dados apresentados por João Proença, a ADSE conta com quase 1,2 milhões de beneficiários, dos quais 843 mil são funcionários públicos no ativo e quase 350 mil aposentados.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Juventus: FC Porto deverá ter Dybala pela frente (durante 30 minutos)

Uma das figuras do campeão italiano pode reduzir a lista longa de lesionados no plantel. E o regresso deverá acontecer contra o campeão português. Paulo Dybala continua fora dos jogos da Juventus mas há uma data …

A Via Láctea pode estar cheia de "Terras" (com oceanos e continentes)

Uma equipa de investigadores da Universidade da Dinamarca acredita que a Via Láctea pode estar cheia de planetas semelhantes à Terra, com oceanos e continentes. Há muito tempo que os astrónomos vasculham o vasto Universo na …

Podem as leis da Física refutar a existência de Deus?

Se existe um Deus que criou todo o universo e todas as leis da Física, Deus segue as suas próprias leis? Ou pode Deus substituir as suas leis, como viajar mais rápido do que a …

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …