Administração Trump podia ter evitado 40% das mortes por covid-19 nos Estados Unidos

Michael Reynolds / EPA

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Um novo relatório, publicado na The Lancet, uma das revistas científicas mais prestigiadas do mundo, tentou quantificar o custo humano da gestão da pandemia de covid-19 pela Administração Trump.

“O tempo do Presidente Trump no cargo trouxe infortúnio para os Estados Unidos e para o planeta”, lê-se na introdução do artigo científico, que refere que, entre as mais de 450 mil mortes por covid-19 no país, cerca de 40% poderiam ter sido evitadas.

O relatório, publicado no dia 10 de fevereiro na The Lancet, critica a minimização da doença por parte do então Presidente dos Estados Unidos, o aumento de tratamentos não comprovados como a hidroxicloroquina e a redução da ênfase da Administração Trump na saúde pública, que inclui a eliminação de uma unidade pandémica do Conselho de Segurança Nacional em 2018, menos de dois anos antes da pandemia atingir o país.

A Vice escreve que a falha em responder com eficácia à pandemia afetou desproporcionalmente as pessoas de cor, aumentando a diferença da expectativa de vida entre negros e brancos em mais de 50%. As taxas de mortalidade por covid-19 são 3,6 vezes maiores para pessoas de cor do que para brancos não hispânicos, segundo o estudo.

A difícil implementação do plano de vacinação também consta na lista de críticas apontadas no artigo, com os especialistas a afirmarem que o planeamento teria evitado o “desperdício” e a “confusão”.

O relatório publicado na The Lancet alega ainda que o impacto de Donald Trump na saúde pública foi desastroso mesmo antes da pandemia: 22.000 mortes extras relacionadas com fatores ambientais e ocupacionais em 2019, em comparação com o último ano da presidência de Barack Obama.

No entanto, o problema vai muito além de Donald Trump. Steffie Woolhandler, uma das autoras do estudo, disse à Vice que os investigadores chegaram à conclusão “que se passaram quatro décadas de falhas constantes do Governo em relação ao apoio de políticas de saúde”.

Desta forma, sugerem uma reforma na infraestrutura de saúde pública do país para resolver o problema. Além de dar ao CDC (Centers for Disease Control and Prevention) mais ferramentas para combater o racismo sistémico, os investigadores recomendam a transição para um sistema Medicare for All, como o defendido pelo senador Bernie Sanders.

“Precisamos, no mínimo, de um programa de saúde universal”, disse David Himmelstein, outro autor do artigo científico.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Na Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, ao leme do comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. …

Governo aperta regras. Passageiros do Brasil ou Reino Unido têm de ter teste negativo e cumprir isolamento

Os passageiros provenientes do Brasil e do Reino Unido vão ser obrigados a apresentar um teste negativo e a cumprir 14 dias de isolamento profilático. A partir deste domingo, os passageiros provenientes do Brasil e do …

O primeiro hotel espacial mudou de nome (e deverá abrir em 2027)

Fechado em casa a sonhar com a próxima viagem? Esqueça as praias paradisíacas ou as grandes metrópoles. As férias do futuro podem vir a ser no Espaço. Tudo começou em 2019, quando a empresa californiana Gateway …