Administração Trump podia ter evitado 40% das mortes por covid-19 nos Estados Unidos

Michael Reynolds / EPA

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Um novo relatório, publicado na The Lancet, uma das revistas científicas mais prestigiadas do mundo, tentou quantificar o custo humano da gestão da pandemia de covid-19 pela Administração Trump.

“O tempo do Presidente Trump no cargo trouxe infortúnio para os Estados Unidos e para o planeta”, lê-se na introdução do artigo científico, que refere que, entre as mais de 450 mil mortes por covid-19 no país, cerca de 40% poderiam ter sido evitadas.

O relatório, publicado no dia 10 de fevereiro na The Lancet, critica a minimização da doença por parte do então Presidente dos Estados Unidos, o aumento de tratamentos não comprovados como a hidroxicloroquina e a redução da ênfase da Administração Trump na saúde pública, que inclui a eliminação de uma unidade pandémica do Conselho de Segurança Nacional em 2018, menos de dois anos antes da pandemia atingir o país.

A Vice escreve que a falha em responder com eficácia à pandemia afetou desproporcionalmente as pessoas de cor, aumentando a diferença da expectativa de vida entre negros e brancos em mais de 50%. As taxas de mortalidade por covid-19 são 3,6 vezes maiores para pessoas de cor do que para brancos não hispânicos, segundo o estudo.

A difícil implementação do plano de vacinação também consta na lista de críticas apontadas no artigo, com os especialistas a afirmarem que o planeamento teria evitado o “desperdício” e a “confusão”.

O relatório publicado na The Lancet alega ainda que o impacto de Donald Trump na saúde pública foi desastroso mesmo antes da pandemia: 22.000 mortes extras relacionadas com fatores ambientais e ocupacionais em 2019, em comparação com o último ano da presidência de Barack Obama.

No entanto, o problema vai muito além de Donald Trump. Steffie Woolhandler, uma das autoras do estudo, disse à Vice que os investigadores chegaram à conclusão “que se passaram quatro décadas de falhas constantes do Governo em relação ao apoio de políticas de saúde”.

Desta forma, sugerem uma reforma na infraestrutura de saúde pública do país para resolver o problema. Além de dar ao CDC (Centers for Disease Control and Prevention) mais ferramentas para combater o racismo sistémico, os investigadores recomendam a transição para um sistema Medicare for All, como o defendido pelo senador Bernie Sanders.

“Precisamos, no mínimo, de um programa de saúde universal”, disse David Himmelstein, outro autor do artigo científico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …