Procuradores acusam Ivo Rosa de “minar” Operação Marquês

Manuel de Almeida / Lusa

O juiz Ivo Rosa

Os procuradores da Operação Marquês fizeram uma reclamação ao Tribunal da Relação de Lisboa porque entendem que o juiz Ivo Rosa está a reter os recursos interpostos pelo Ministério Público junto do Tribunal da Relação.

De acordo com a edição deste sábado do jornal Público, os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Rosário Teixeira e Vitor Pinto, acusam o juiz Ivo Rosa de “relegar a subida dos recursos (do Ministério Público) para o que se interpuser da decisão final, acabando por violar objetivamente a lei e deixar o processo seguir para o julgamento completamente ‘minado'”, no âmbito do debate instrutório da Operação Marquês, em que o principal arguido é José Sócrates.

A acusação é feita pelos dois procuradores numa reclamação enviada para o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) a 20 de setembro, na qual contestam a decisão do juiz acerca do momento em que devem ser enviados para a Relação os recursos interpostos pelo Ministério Público.

Em junho deste ano, o juiz considerou que as declarações prestadas por arguidos no âmbito de outros processos não podem ser usadas no inquérito nem no julgamento.

Neste seguimento, Ivo Rosa retirou da Operação Marquês os depoimentos de Ricardo Salgado no processo Monte Branco, bem como no caso Espírito Santo, além de ter retirado ainda as declarações feitas por Hélder Bataglia, que discorreu sobre a sua relação com um primo de Sócrates e com o Grupo Espírito Santo através da sua empresa, a Escom, no âmbito do processo Monte Branco.

Os procuradores recorreram agora de ambas as decisões, mas os recursos não foram enviados de imediato para o Tribunal da Relação para apreciação, mas “empurrados” para o fim da fase instrutória.

“O que se constata é que meritíssimo juiz de instrução criminal vem decidindo oficiosamente nestes autos, a pouco e pouco, tipo ‘conta-gotas’, pela invalidade ou pela impossibilidade de utilização de provas deste tipo, em vez de guardar essa decisão para o momento oportuno ou adequado, que é o da decisão instrutória”, pode ler-se na reclamação enviada pelos procuradores, citada pela mesma fonte.

Os procuradores alegam que se Ivo Rosa decidisse sobre a inclusão de provas apenas no final da instrução, o eventual recurso que o Ministério Público então poderia fazer, seguia imediatamente para a instância superior.

Segundo consta na reclamação, ao não proceder assim, “ou seja decidindo quando lhe apraz, ao longo da Instrução”, o juiz Ivo Rosa “dispensa-se de o fazer de novo na decisão instrutória, e consegue, assim, relegar a subida dos recursos [do MP] para o que se interpuser da decisão final, acabando por violar objetivamente a lei, e deixar o processo seguir para o julgamento completamente ‘minado’.”

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. O que esperavam? Com o Costa a roubar a cadeira de PM a justiça .. já era – queriam que um mentiroso corrupto e seus amigos criminosos deixassem a justiça trabalhar????

    • Quem??? Se ele foi posto lá para isso mesmo… que mais se pode fazer??? Ou os procuradores públicos são muito bons e arranjam boas e fiáveis testemunhas ou este farsante de juiz vai livrar toda a gente como já começou a fazer.

  2. Os procuradores usaram todas as artimanhas e mais uma durante a investigação e usaram e abusaram do juiz Carlos Alexandre e da PGR. Agora não podem com quem cumpre a lei.

RESPONDER

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …

Entre uma "história de recusas" e uma “opção clara” pelos interesses do grande capital

A líder do BE disse hoje que a legislatura do Partido Socialista tem sido a “história das recusas” tanto sobre um acordo no final das eleições 2019, seja na recusa dum Orçamento Suplementar para lá …

Homem morre nos Estados Unidos depois de receber mais de 50 choques taser na sua detenção

Dos agentes da polícia da cidade de Wilson, no estado norte-americano do Oklahoma, foram nesta quarta-feira acusados de homicídio em segundo grau pela morte de um homem durante a sua detenção. De acordo com o …

TESS fornece novas ideias sobre um mundo ultra-quente

Medições do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA permitiram aos astrónomos melhorar bastante a sua compreensão do ambiente bizarro de KELT-9b, um dos planetas mais quentes conhecidos. "O factor de estranheza de KELT-9b é alto," …

Bill Gates elenca quatro pilares-chave para combater a pandemia

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, elencou quatro pilares que a sua fundação considera essenciais para combater a pandemia de covid-19, que já matou mais de 520 mil pessoas em todo o mundo. Segundo o norte-americano, …

Tesla já vale mais do que a Toyota, Disney e Coca-Cola

As ações da Tesla chegaram esta quarta-feira a um preço recorde de 1.120 dólares por ação, levando a empresa de Elon Musk a superar a cotação de mercado de grandes empresas como a Coca-Cola ou …