Acidente com Alfa Pendular podia ter sido evitado se recomendações fossem seguidas

Paulo Cunha / Lusa

O acidente que levou ao descarrilamento do Alfa Pendular em Soure, na sexta-feira, poderia ter sido evitado caso as recomendações tivessem seguidos.

Um Alfa Pendular descarrilou na tarde de sexta-feira em Soure, Coimbra. O acidente causou duas mortes e 43 feridos. O comboio embateu com uma máquina de trabalho, um veículo de conservação de catenária, que desrespeitou um sinal vermelho e entrou na via principal no momento em que o Alfa Pendular seguia a 190 quilómetros por hora.

O jornal Público escreve que havia antecedentes que não foram valorizados pela Infraestruturas de Portugal (IP) e que, caso contrário, poderia ter evitado o acidente. A 20 de janeiro de 2016, um veículo da IP também ultrapassou um sinal vermelho na estação de Roma-Areeiro, em Lisboa.

Numa investigação levada a cabo pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e Acidentes Ferroviários (GPIAAF), descobriu-se que esta era uma prática regular. Em seis anos, verificou-se esta situação 13 vezes. Mais duas durante o período de investigação.

Assim, o GPIAAF estabeleceu oito recomendações, das quais três não viriam a ter seguimento. O gabinete pedia mais formação aos condutores daqueles veículos de serviço e a instalação o “Convel” (Controlo de Velocidade) naquelas composições.

Como tal, o acidente de Soure foi causado por um desrespeito de recomendações, que se verificou várias vezes no passado, mas que nunca foi devidamente punido.

A IP anunciou estar atualmente a “colaborar com o GPIAAF no apuramento das causas e responsabilidades neste trágico acidente e agirá em conformidade com as suas conclusões”.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) apenas dispões de sete técnicos responsáveis pela segurança ferroviária. A falta de recursos humanos já levou a Comissão Europeia a notificar o Governo a resolver a situação.

“Esta carência de recursos humanos do IMT, transversal a toda a Administração Pública e, em especial, nesta área, já tinha sido identificada” e será “delineada uma estratégia conjunta para suprir as necessidades”, disse fonte oficial do Ministério das Infraestruturas ao Público, em maio do ano passado.

A 20 de abril, um Alfa Pendular embateu num camião numa passagem de nível, em Vale do Santarém. Uma situação semelhante já tinha acontecido em 2016. Na altura, após investigação, o GPIAAF também emitiu recomendações que não viriam a ser seguidas e que levaram ao acidente deste ano, que vitimou o ajudante do motorista.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Estão a tentar branquear a responsabilidade da seguradora da viatura. A conta é enorme e a vontade de pagar é ínfima.

  2. Caro António,
    Não sei a que seguradora se refere.
    Conforme decerto sabe, a maioria dos veículos do Estado não tem seguro.
    Neste caso, estando em causa um acidente de um veículo da IP (Estado) com um da CP (Estado), a conta vai cair sobre os do costume: os contribuintes!
    Se se refere à situação do pesado do acidente de Santarém, então também aí nada há a dizer: a responsabilidade é da IP que não seguiu as recomendações (e eu até conheço bem o local) e posso assegurar-lhe que o único erro do motorista foi não ter levado aquela porcaria toda à frente.
    Enfim, não queriam o TGV, cujo investimento principal reside na construção de uma linha nova e não no material circulante em si, não era? O resultado está à vista, quando se põe um comboio de velocidade elevada a circular na mesma infraestrutura dos que andam a passo de caracol e dos que param em todas as capelinhas….

  3. Agora a culpa é do maquinista, é a maneira mais prática de tirar o cu de fora…
    A responsabilidade é sim da Infraestruturas de Portugal e Governo.
    Estão a fazer de uma praceta um Autoestrada, é vergonhoso, essa linhas não são para circular a essa velocidade.
    E é tempo de fazerem um bloqueio caso o maquinista não veja o sinal..
    Agora como não há seguro como todos veículos do Estado não têm, PAGA CONTRIBUINTE…

    • O mesmo Jaime, mais disparates!…
      Não há qualquer problema na velocidade de circulação e a linha em questão aínda suporta mais velocidade!

  4. Vê-se que existe aqui muita irresponsabilidade e não caberá apenas ao maquinista da máquina que entrou indevidamente na linha, mas que já está livre de culpas, pois morreu, mas sobretudo à forma como o sistema funciona pelos vistos sem qualquer garantia de segurança, mas aí como isto já irá tocar altos cargos, tudo irá ficar como antes e ninguém será chamado à responsabilidade.

    • É…. o TGV (AVE) novo que descarrilou em Espanha e que causou 80 mortos, nem sequer tinha um sistema como Convel, usado pelo Alfa Pendular há mais de 20 anos (e pela maioria dos comboios portugueses)!…

  5. Quanto a mim a responsabilidade é das recomendações, se tivessem sido imposições talvez as consequências não fossem tão graves! Se já existiam 15 situações semelhantes,porque esperava o legislador para, em vez de recomendar, impôr? O governo recomendava e a IP(Infraestruturas de Portugal) ignorava, sem quaisquer problemas, e o resultado desta dança está à vista! Só quando um comboio descarrilasse a sério, é que se poriam trancas na linha, muito ao estilo português!!!

RESPONDER

Antártida tem quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador do que se pensava

Imagens de satélite revelam que há quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador na Antártida do que se pensava anteriormente, totalizando 61, divulgou esta quarta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA). Dados obtidos por dois satélites europeus …

De taxista a bombeiro. EHang lança drone para combater incêndios em arranha-céus

A chinesa EHang tem concentrado os seus esforços em serviços de táxi ou turismo aéreo. Agora, a empresa de mobilidade quer provar a versatilidade da sua plataforma de veículos autónomos com o lançamento de uma …

Netflix lidera mercado de streaming em Portugal e ranking do IMDb

A Netflix junta, neste momento, o melhor de dois mundos. Tem um catálogo maior, e por isso com mais produções bem cotadas no IMDb, e é também o serviço de streaming com maior número de …

"Estou cansada de ter medo". Candidata da oposição faz tremer presidenciais na Bielorrússia

Na Bielorrússia, Svetlana Tikhanovskaya, candidata da oposição de apenas 37 anos, está a fazer frente ao mais antigo líder da europa, na corrida as eleições presidenciais. Tikhanovskaya mantém-se firme na luta pelo poder contra o presidente …

Fauci revela que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas

Anthony Fauci, um dos principais peritos em doenças infecciosas da Casa Branca, revelou esta quarta-feira que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas por causa das suas declarações sobre a covid-19. "Receber …

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …