Acidente com Alfa Pendular podia ter sido evitado se recomendações fossem seguidas

Paulo Cunha / Lusa

O acidente que levou ao descarrilamento do Alfa Pendular em Soure, na sexta-feira, poderia ter sido evitado caso as recomendações tivessem seguidos.

Um Alfa Pendular descarrilou na tarde de sexta-feira em Soure, Coimbra. O acidente causou duas mortes e 43 feridos. O comboio embateu com uma máquina de trabalho, um veículo de conservação de catenária, que desrespeitou um sinal vermelho e entrou na via principal no momento em que o Alfa Pendular seguia a 190 quilómetros por hora.

O jornal Público escreve que havia antecedentes que não foram valorizados pela Infraestruturas de Portugal (IP) e que, caso contrário, poderia ter evitado o acidente. A 20 de janeiro de 2016, um veículo da IP também ultrapassou um sinal vermelho na estação de Roma-Areeiro, em Lisboa.

Numa investigação levada a cabo pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e Acidentes Ferroviários (GPIAAF), descobriu-se que esta era uma prática regular. Em seis anos, verificou-se esta situação 13 vezes. Mais duas durante o período de investigação.

Assim, o GPIAAF estabeleceu oito recomendações, das quais três não viriam a ter seguimento. O gabinete pedia mais formação aos condutores daqueles veículos de serviço e a instalação o “Convel” (Controlo de Velocidade) naquelas composições.

Como tal, o acidente de Soure foi causado por um desrespeito de recomendações, que se verificou várias vezes no passado, mas que nunca foi devidamente punido.

A IP anunciou estar atualmente a “colaborar com o GPIAAF no apuramento das causas e responsabilidades neste trágico acidente e agirá em conformidade com as suas conclusões”.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) apenas dispões de sete técnicos responsáveis pela segurança ferroviária. A falta de recursos humanos já levou a Comissão Europeia a notificar o Governo a resolver a situação.

“Esta carência de recursos humanos do IMT, transversal a toda a Administração Pública e, em especial, nesta área, já tinha sido identificada” e será “delineada uma estratégia conjunta para suprir as necessidades”, disse fonte oficial do Ministério das Infraestruturas ao Público, em maio do ano passado.

A 20 de abril, um Alfa Pendular embateu num camião numa passagem de nível, em Vale do Santarém. Uma situação semelhante já tinha acontecido em 2016. Na altura, após investigação, o GPIAAF também emitiu recomendações que não viriam a ser seguidas e que levaram ao acidente deste ano, que vitimou o ajudante do motorista.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Estão a tentar branquear a responsabilidade da seguradora da viatura. A conta é enorme e a vontade de pagar é ínfima.

  2. Caro António,
    Não sei a que seguradora se refere.
    Conforme decerto sabe, a maioria dos veículos do Estado não tem seguro.
    Neste caso, estando em causa um acidente de um veículo da IP (Estado) com um da CP (Estado), a conta vai cair sobre os do costume: os contribuintes!
    Se se refere à situação do pesado do acidente de Santarém, então também aí nada há a dizer: a responsabilidade é da IP que não seguiu as recomendações (e eu até conheço bem o local) e posso assegurar-lhe que o único erro do motorista foi não ter levado aquela porcaria toda à frente.
    Enfim, não queriam o TGV, cujo investimento principal reside na construção de uma linha nova e não no material circulante em si, não era? O resultado está à vista, quando se põe um comboio de velocidade elevada a circular na mesma infraestrutura dos que andam a passo de caracol e dos que param em todas as capelinhas….

  3. Agora a culpa é do maquinista, é a maneira mais prática de tirar o cu de fora…
    A responsabilidade é sim da Infraestruturas de Portugal e Governo.
    Estão a fazer de uma praceta um Autoestrada, é vergonhoso, essa linhas não são para circular a essa velocidade.
    E é tempo de fazerem um bloqueio caso o maquinista não veja o sinal..
    Agora como não há seguro como todos veículos do Estado não têm, PAGA CONTRIBUINTE…

    • O mesmo Jaime, mais disparates!…
      Não há qualquer problema na velocidade de circulação e a linha em questão aínda suporta mais velocidade!

  4. Vê-se que existe aqui muita irresponsabilidade e não caberá apenas ao maquinista da máquina que entrou indevidamente na linha, mas que já está livre de culpas, pois morreu, mas sobretudo à forma como o sistema funciona pelos vistos sem qualquer garantia de segurança, mas aí como isto já irá tocar altos cargos, tudo irá ficar como antes e ninguém será chamado à responsabilidade.

    • É…. o TGV (AVE) novo que descarrilou em Espanha e que causou 80 mortos, nem sequer tinha um sistema como Convel, usado pelo Alfa Pendular há mais de 20 anos (e pela maioria dos comboios portugueses)!…

  5. Quanto a mim a responsabilidade é das recomendações, se tivessem sido imposições talvez as consequências não fossem tão graves! Se já existiam 15 situações semelhantes,porque esperava o legislador para, em vez de recomendar, impôr? O governo recomendava e a IP(Infraestruturas de Portugal) ignorava, sem quaisquer problemas, e o resultado desta dança está à vista! Só quando um comboio descarrilasse a sério, é que se poriam trancas na linha, muito ao estilo português!!!

  6. O comboio, a meu ver, ainda está atrasado na sua forma de locomoção sobre carris, parece-me já ter havido tentativas de outras formas mais seguras em países asiáticos, por cá, no entanto, para além desse risco ainda estamos com métodos primitivos, quer em sistemas, quer em mentalidades e este acidente mais parece numa pista de comboios das crianças brincarem tal a forma irresponsável como meteram a máquina na linha.

RESPONDER

Encontrado o primeiro planeta que sobreviveu à morte da sua estrela

Uma equipa internacional de astrónomos relatou o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado a orbitar uma anã branca, as densas sobras de uma estrela semelhante ao Sol, apenas 40% maior do que Terra. O …

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …