Abusos sexuais marcam visita do Papa Francisco à Irlanda

Mazur / Catholic News

O Papa Francisco iniciou, este sábado, uma viagem de dois dias à Irlanda para participar no Encontro Mundial das Famílias, em Dublin, onde irá abordar, entre outros temas, os abusos sexuais contra menores e mulheres cometidos pelo clero.

O avião da Alitália que levou o Papa Francisco à Irlanda desembarcou às 09h26 locais no aeroporto de Dublin, de onde será transferido para a residência do Presidente irlandês, Michael D. Higgins, para a cerimónia oficial de boas-vindas.

A primeira e única visita de um Papa à Irlanda até hoje foi feita por João Paulo II em 1979. Francisco chega a um país diferente, no qual a Igreja Católica perdeu influência e apoio devido aos milhares de casos de abusos cometidos há décadas por religiosos contra menores e mulheres.

Esta é a 24ª viagem ao exterior do Papa Francisco, que ocorre num momento que está a abalar a Igreja Católica, com revelações, na semana passada, de antigos abusos sexuais perpetrados pelo clero nos Estados Unidos.

Segundo indicou na terça-feira o porta-voz do Vaticano, Greg Burke, o Papa Francisco vai encontrar-se com vítimas de abusos sexuais durante a viagem à Irlanda.

O diretor do gabinete de imprensa do Vaticano reconheceu que o escândalo dos abusos cometidos no passado por eclesiásticos na Irlanda é um tema incontornável na deslocação.

Oficialmente, o Papa vai encerrar em Dublin o IX Encontro Mundial das Famílias, que começou na terça-feira.

“Qualquer viagem à Irlanda não seria apenas sobre a família“, admitiu Greg Burke, acrescentando, no entanto, que o Papa vai falar sobre a família.

O enorme escândalo de pedofilia, revelado na semana passada no seio do clero católico dos EUA, levou na segunda-feira o Papa Francisco a dirigir uma carta ao “Povo de Deus”.

“Reconhecemos que não estivemos lá, onde devíamos, que não agimos em tempo útil ao reconhecer a amplitude da gravidade dos danos infligidos a tantas vidas. Negligenciámos e abandonámos as crianças“, escreveu na missiva.

Uma investigação dos serviços da procuradoria da Pensilvânia divulgada na semana passada revelou os abusos sexuais, encobertos pela igreja católica daquele estado norte-americano e perpetrados por mais de 300 “padres predadores”, de que foram vítimas, pelo menos, mil crianças.

O Encontro Mundial das Famílias – organizado a cada três anos e que alia celebrações a mesas redondas temáticas – termina na presença do Papa com um “festival de famílias” no sábado e uma missa solene no domingo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Libertadores. Jesus veta acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino

Escreve a imprensa brasileira que Jorge Jesus vetou o acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino que antecede o jogo com o Grémio para a Libertadores, que vai decidir um dos finalistas da competição. …

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …