Abel Matos Santos pede desculpa e diz-se alvo de ataques pessoais e políticos

Paulo Novais / Lusa

Abel Matos Santos

O dirigente do CDS-PP Abel Matos Santos fez um pedido de desculpas formal à comunidade israelita, garantindo ter o maior respeito e admiração pelo povo judeu.

A Comunidade Israelita de Lisboa (CIL) condenou as declarações de Abel Matos Santos, que chamou “agiota de judeus” a Aristides de Sousa Mendes numa publicação no Facebook em 2012. Esta sexta-feira, o dirigente nacional do CDS-PP apresentou um pedido de desculpa formal e sublinhou ter “o maior respeito e admiração pelo povo judeu”.

“Conheço o sofrimento que milhões de judeus sofreram ao longo da História, partilho genuínos sentimentos de solidariedade e honro a memória dolorosa do Holocausto, ainda recentemente celebrada no 75.º aniversário da libertação de Auschwitz”, referiu, citado pelo jornal Publico.

Além de ter qualificado as declarações de Matos Santos como uma “ofensa a todos os judeus”, a CIL considerou que o CDS, “um partido que pretende ser um pilar da democracia portuguesa, não pode estar conivente com declarações similares proferidas por um dos seus líderes”.

Perante a reação da CIL, Abel Matos Santos afirmou ter “o maior respeito e admiração pelo povo judeu em geral e, em especial, pelas comunidades judaicas em Portugal”.

“Abomino qualquer sombra que possa ameaçar o continente europeu de o fazer voltar ao horror e à tragédia de 1939/45”, garantiu, expressando “orgulho na matriz judaico-cristã” de Portugal e “no acolhimento e no trânsito amigo que muitos judeus encontraram” no país “aquando da fuga aos horrores do Holocausto”.

No pedido formal de desculpa, o dirigente acrescenta que não quis “ofender ninguém”.

Em resposta ao Publico, Matos Santos adiantou que as expressões utilizadas na rede social foram divulgadas “fora do seu tempo, retiradas do seu contexto e distorcidas no seu significado” com o objetivo de difamar o membro da direção do CDS. Além disso, adianta o matutino, Abel Matos Santos diz-se “objeto de ataques pessoais e políticos”.

O dirigente do CDS justificou que os comentários em causa tinham sido feitos em 2012 “a propósito de uma controvérsia surgida numa notícia dessa manhã”, e que, mesmo na “expressão descontextualizada que é citada para servir o propósito dos ataques” de que diz ser alvo, não é “possível encontrar um qualquer laivo, direto ou indireto, de antissemitismo”.

“Não é possível porque o não sou, nem fui. Não é possível acusarem-me de antissemita”, assegura.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Duas hipóteses : Ou estava com os copos e o (In Vino Veritas) falou mais alto; ou distraiu-se de forma lamentável !…. Em todo o caso, desculpas aceites……….Pode apresentar a sua demissão que será aceite !

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …