Portugal em planalto: mais 9 mortes e 187 casos

António Cotrim / Lusa

Portugal regista, esta quinta-feira, 1.184 mortes (mais 9 do que no dia anterior) relacionadas com a covid-19 e 28.319 infetados.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta quinta-feira, Portugal regista mais nove mortes por covid-19, um aumento de 0,8 % que eleva para 1.184 o total de vítimas mortais. Há mais 187 casos em relação a quarta-feira, o que corresponde a uma taxa de crescimento de 0,7%.

O boletim revela ainda que há, atualmente, 680 pessoas internadas (um decréscimo percentual de 1,7%), das quais 108 estão nos cuidados intensivos – mais cinco do que na quarta-feira (+4,9). Foram ainda dadas como recuperadas mais 16 pessoas, subindo assim para 3.198 o número total de curados no país.

O número de casos suspeitos registou um aumento de 1,2% (mais 3.324, num total de 286.285) e o número de casos não confirmados subiu 1,2% (mais 3.147, num total de 255.290).

O Norte continua a ser a região com o maior número de casos, mas Lisboa e Vale do Tejo voltou a ter um aumento maior: mais 120 casos num total de 7.767, uma subida percentual de 1,6%. Isto significa que 64,2% dos novos casos nas últimas 24 horas foram nessa região. O Norte teve mais 54 casos, um aumento de 0,3% num total de 16.166.

Houve ainda subidas em mais duas regiões: mais dez casos no Centro (0,3%, num total de 3.569) e mais três no Sul (0,9%, num total de 354). Alentejo, Açores e Madeira não registaram novos casos.

Na habitual conferencia de imprensa desta quinta-feira, António Lacerda Sales informou que a taxa de letalidade global é de 4,2%, enquanto que a taxa de letalidade acima dos 70 anos é de 15,4%. “As pessoas em tratamento no domicílio são 82,1% dos casos e a percentagem em internamento 2,4%, sendo que 0,4% em unidade de cuidados intensivos e 2% em enfermaria”, adiantou ainda o secretário de Estado da Saúde.

Desconfinamento não teve impacto na curva

“Passaram mais de 10 dias sobre as medidas de desconfinamento e não se refletiu ainda, não quer dizer que não venha refletir-se, qualquer influência nessa curva. Tudo indica que, apesar de termos desconfinado e retomado a atividade, que os portugueses mantêm as medidas de segurança”, disse a diretora-geral da Saúde.

Graça Freitas frisou que “é expectável que todos os dias surjam 200 a 300 novos casos”, uma vez que em algumas regiões do país o vírus “ainda circula bastante e podem surgir pequenos surtos”.

“Basta um surto numa fábrica, numa creche e basta que pessoas sejam apanhadas num rastreio como positivas que aumenta de facto o número de casos. Estamos dentro do que é normal e expectável para a evolução da epidemia” em Portugal, acrescentou.

Graça Freitas afirmou que “há um forte dispositivo assistencial do Serviço Nacional de Saúde” que tem funcionado e permitido que “a curva se mantenha dentro do que é expectável” para Portugal, destacando a capacidade de detetar casos de covid-19, bem como isolá-los e rastrear os contactos.

“No entanto ainda não acabou, vamos ter casos todos os dias e temos de continuar a fazer força sob a mola e contrariar essa tendência”, precisou.

Por sua vez, o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, sublinhou que “a confiança não deve ser excessiva”, apesar da curva estar estabilizada. “Queremos que os portugueses tenham confiança, mas com a salvaguarda de segurança”, disse, apelando mais uma vez aos portugueses para que não facilitem.

A diretora-geral da Saúde falou também do R (número médio de contágios causados por cada pessoa infetada), referindo que em Portugal “o R está à volta de um”.

Graça Freitas ressalvou que este parâmetro “é apenas um dos indicadores para perceber como está a epidemia”, existindo outros como os novos casos diários e os números de internamentos e de internamentos em cuidados de intensivos.

“O R nacional anda à volta de um, mas há pequenas assimetrias regionais. Neste momento, Lisboa Vale do Tejo tem um R ligeiramente acima ao resto do país, porque é a região que tem registado mais casos nos últimos dias, mas não é um número elevado”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …