/

Mais 9 mortes e 1.190 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

1

Portugal registou esta segunda-feira 1.190 novos casos de infeção por covid-19 e mais nove mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal regista esta segunda-feira nove mortes atribuídas à covid-19, 1.190 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e um novo aumento nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos, segundo os dados oficiais.

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) estão hoje internadas 968 pessoas com covid-19, mais 45 em relação a domingo, 203 das quais em cuidados intensivos, mais três nas últimas 24 horas.

A área de Lisboa e Vale do Tejo com 444 casos e a região Norte com 420 têm 72,6% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

As nove mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (3), na região Norte (4) na região Centro (1)e na região Autónoma da Madeira (1).

No que respeita às faixas etárias, quatros das vítimas mortais tinham mais de 80 anos, duas entre os 70 e os 79, uma entre os 50 e os 59 e duas entre os 40 e os 49 anos.

Portugal desce em média de novos casos diários na UE

Portugal desceu esta semana de quinto para oitavo país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2, com uma média diária de 188 por milhão de habitantes nos últimos sete dias, segundo o site Our World in Data.

A média diária em Portugal desceu dos 316 casos verificados na semana passada. Entre os países da União, Chipre tem a maior média diária, com 724 casos, seguido de Espanha (509), França (324), Irlanda (262) e Grécia (260).

A média da União Europeia neste indicador subiu ligeiramente de 154 para 155, enquanto a média mundial subiu de 68 para 76.

A leste encontram-se os países com médias diárias de novos casos mais baixas: Polónia, com pouco mais de três casos, Hungria (cinco), Roménia (sete) e Eslováquia (nove).

No mundo, os países com mais de um milhão de habitantes com médias diárias de novos casos mais altas são Cuba (774), Chipre, Geórgia (695), Botswana (548) e Malásia (516).

Quanto à média de mortes diárias por milhão de habitantes nos últimos sete dias, Portugal desce de segundo para quarto país da União neste indicador, com uma média de 0,73, descendo de 1,19 na passada segunda-feira.

Chipre (3,34), Grécia (1,04) e Espanha (0,81) estão no topo desta lista, com a média da União Europeia em 0,37 e a mundial em 1,19.

A nível mundial, pior neste indicador estão a Tunísia (17,7), Namíbia (13,8), Botswana (11,7), Paraguai (7,79) e Myanmar (6,88).

Em números de sábado passado, Portugal tinha 55,76 por cento da população com vacinação contra a covid-19 completa, só atrás da Irlanda, uma décima acima, com a média da União Europeia nos 48,9%.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.227.765 mortos em todo o mundo, entre mais de 198,2 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.369 pessoas e foram registados 970.937 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

  ZAP // Lusa

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.