Pandemia fez mais 8 mortos e 457 infetados nas últimas 24 horas

Mário Cruz / Lusa

Portugal registou hoje oito mortes relacionadas com a covid-19, menos três do que na sexta-feira, e 457 novos casos de infeção com o novo coronavírus, menos 129 que na véspera, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica da DGS indica que o número de doentes internados em enfermaria baixou para 789, menos 39 do que na sexta-feira, representando o valor mais baixo desde 07 de outubro de 2020, quando estavam internadas 764 pessoas devido à covid-19.

Nas unidades de cuidados intensivos (UCI) estão 170 doentes hospitalizados, menos 12 do que na sexta-feira, o número mais baixo desde 20 de outubro, quando estavam internadas 176 pessoas.

Os dados de hoje indicam ainda que mais 754 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 766.924 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Os casos ativos em Portugal continuam a registar uma diminuição, com 33.394 contabilizados, menos 305 do que na sexta-feira.

Desde março de 2020, Portugal já registou 16.762 mortes associadas à covid-19 e 817.080 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2.

As autoridades de saúde têm em vigilância 14.734 contactos, menos 181 relativamente ao dia anterior, mantendo-se a tendência decrescente desde o dia 30 de janeiro.

Das oito mortes registadas nas últimas 24 horas, seis ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo e duas na região Centro.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas mais 182 novas infeções, contabilizando-se até agora 309.603 casos e 7.080 mortos.

A região Norte tem 137 novas infeções por SARS-CoV-2 e desde o início da pandemia já contabilizou 329.340 casos de infeção e 5.287 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 50 casos, acumulando-se 116.594 infeções e 2.985 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 24 casos, totalizando 28.873 infeções e 966 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem notificados 25 novos casos, somando 20.404 infeções e 351 mortos.

Na região Autónoma da Madeira foram registados 29 novos casos, contabilizando 8.321 infeções e 65 mortes.

Os Açores têm hoje 10 novos casos e contabilizam 3.945 casos desde o início da pandemia e 28 mortos.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal, pelo menos, 369.938 homens e 446.852 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 290 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Quanto às vítimas mortais registadas, 8.799 eram homens e 7.963 mulheres.

De acordo com os últimos dados da DGS, Portugal tem atualmente 1.280.409 pessoas vacinadas contra a covid-19: 875.490 com a primeira dose e 404.919 com a segunda dose.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …